Posts arquivados em Dia: 5 de fevereiro de 2019

05 fev, 2019

[Resenha] Mitologia Nórdica – Neil Gaiman @intrínseca

“Prepare-se para uma jornada que o levará da origem do universo até o fim do mundo”
 
Minha primeira experiência com Neil Gaiman não poderia ter sido mais significativa, uma leitura leve, descontraída, sobre um conteúdo curioso e diferente de tudo que ja tinha lido até o momento. Mitologia é algo que desconhecia profundamente, me lembrava vagamente do termo apenas isso, e neste livro magnifico me surpreendi e me apaixonei pela coisa toda logo de inicio. Espero que apreciem a resenha assim como eu apreciei cada pedacinho dessa leitura.

“Antes do princípio não havia nada – nem terra, nem paraíso, nem estrelas, nem céu – existia apenas o mundo feito de névoa, sem forma nem contorno, e o mundo feio de fogo, eternamente em chamas.” Pág 27.

 
Sinopse: Neil Gaiman tem sido inspirado pela mitologia antiga na criação dos reinos fantásticos de sua ficção. Agora ele volta sua atenção para a fonte, apresentando uma versão bravura das grandes histórias do norte. Na mitologia nórdica, Gaiman permanece fiel aos mitos ao prever o maior panteão dos deuses nórdicos: Odin, o mais alto dos altos, sábios, ousados ​​e astutos; Thor, filho de Odin, incrivelmente forte, mas não o mais sábio dos deuses; E Loki-filho de um irmão de sangue gigante para Odin e um malandro e insuperável manipulador. Gaiman modela essas histórias primitivas em um arco romântico que começa com a gênese dos nove mundos lendários e mergulha nas façanhas de deidades, anões e gigantes. Uma vez, quando o martelo de Thor é roubado, Thor deve disfarçar-se como uma mulher – difícil com sua barba e enorme apetite – para roubá-lo de volta. Mais pungente é o conto em que o sangue de Kvasir – o mais sagaz dos deuses – se transforma em um hidromel que infunde bebedores com poesia. O trabalho culmina em Ragnarok, o crepúsculo dos deuses e o renascimento de um novo tempo e de pessoas. Através da prosa hábil e espirituosa de Gaiman surgem esses deuses com suas naturezas ferozmente competitivas, sua susceptibilidade a ser enganados e enganar os outros e sua tendência a deixar a paixão inflamar suas ações, fazendo com que esses mitos há muito tempo respirem uma vida pungente novamente. Skoob
Ao iniciarmos a leitura temos uma breve explicação do autor sobre o assunto de seu livro, ele nos fornece algumas características específicas de seu trabalho, fala um pouco com o leitor sobre os motivos que o levaram a escrever sobre mitologia, e nos mostra alguns detalhes muito importantes e interessantes sobre os personagens que irá compor os contos. Foi uma introdução que no meu caso se tornou fundamental para o melhor entendimento do que eu iria ler.
Neil Gaiman fala nesta introdução sobre três personagens que ao longo da leitura se tornaram os mais citados e ao meu ver os mais importantes, Thor, Loki e Odin, são estes três que passamos a acompanhar junto de cenários e situações das mais inusitadas possíveis. O autor mescla acontecimentos cômicos e tensos ao mesmo tempo e aos poucos conhecemos a história de cada deus, seus defeitos e qualidades são visíveis para o leitor.

“Enquanto recontava esses mitos, tentei me imaginar muito tempo atrás, nas terras onde essas histórias foram contadas pela primeira vez, durante as longas noites de inverno, quem sabe sob o brilho da aurora, ou então sentado ao ar livre durante a madrugada, ainda acordado sob a luz interminável no auge do verão cercado de pessoas que queria saber o que Thor fez, o que era o arco-íris, como levar a própria vida e de onde vem a poesia ruim.”Pág 13

“Mitologia Nórdica” é um livro composto por 15 contos, através deles temos o conhecimento do inicio dos tempos até o seu fim, uma escrita estimulante e que cativa o leitor foi a que Neil Gaiman usou em sua obra, em cada conto me via mergulhada no mundo dos deuses e suas vivências, gigantes, tomaram conta dos meus dias de leitura, vi Loki inúmeras vezes com suas tramoias e trapassas em meus sonhos a noite, há muito tempo não me sentia tão conectada com uma leitura como me senti com está.
O autor se dedicou muito ao escrever o livro, ele foi fruto de uma pesquisa e bastante estudo e no final foi feita a reprodução desses contos de forma impecável. A leitura se torna tão gostosa e natural, muitas vezes engraçada com o fatos que Thor vivência que fica difícil não bajular o autor por isso.
Mesmo que eu não tenha lido muitos livros sobre mitologia e não conhecendo esse mundo paralelo nunca me passou pela cabeça que com uma obra tão bem elaborada eu já fosse me tornar fã do assunto, é claro que dei uma pesquisada a mais sobre tudo que li aqui, entretanto acredito que ainda preciso de mais livros como este para entender esse universo Nórdico.

“Ele viaja para todos os cantos sob disfarce, querendo ver o mundo como as pessoas comuns. Quando caminha entre nós, é na forma de um homem alto usando manto e chapéu”.Pág 20

A edição do livro está linda demais, a editora caprichou muito, e entre está capa das fotos que vocês podem ver por aqui e a outra meio azulada eu ainda prefiro esta preta com dourado e um toque de rose gold no final do martelo de Thor, a esse cabo tem história que rende uma noite, rs entendedores entenderão.Ainda sobre a obra, fiquei apaixonada pelos contos e agora percebo que gosto desse tipo de conteúdo, graças a escrita fluída e dedicada do autor me tornei fã desse trabalho que ele realizou e já adquiri outras obras do mesmo para ter mais contato com sua escrita, realmente iniciei 2019 com uma leitura digna.

Um das coisas que gostei no livro é divisão de capítulos curtos e que de certa forma deixam um gostinho de quero mais, quando estava quase acabando de ler um conto pensava nossa ele podia estender um pouquinho mais aqui eita história boa.
Por fim só queria deixar registrado o quanto gostei da leitura e da escrita do autor, os personagens mais marcantes deste livro sem dúvida é Thor e Loki pelo menos na minha opinião foram eles que tornaram a obra tão interessante, estou louca para ler os próximos livros dele, já separei alguns e em breve volto aqui para contar tudo a vocês.

Neil Gaiman nasceu em Hampshire, Inglaterra, e hoje vive perto de Minneapolis, nos Estados Unidos. Descobriu seu amor pelos livros na infância e devorava as histórias de C.S. Lewis, J.R.R. Tolkien, James Branch Cabell e Edgar Alan Poe, entre outros autores. Começou a carreira como jornalista, mas logo o talento para construir tramas e universos únicos o levou para o mundo dos quadrinhos, com a aclamada série Sandman, e depois para a ficção adulta e infantojuvenil. Suas obras receberam inúmeros prêmios e medalhas e foram adaptadas em bem-sucedidas versões para cinema, televisão e até ópera.

 
Título Original: Norse Mythology| Páginas: 288| Editora Intrínseca| Compre: Amazon|
Avaliação: 5/5