Posts marcados na categoria Favoritos

02 jan, 2019

Leituras Favoritas De 2018

Quando comecei a separar as leituras que mais gostei do ano, fiquei tão preocupada e confesso me desapontei muito comigo mesma, foi um ano turbulento e triste, não falei abertamente aqui sobre tudo que rolou mais cá entre nós quem não passou momentos tensos esse ano? Acho que quase todo mundo viveu de forma turbulenta em 2018.
Mas voltando as leituras favoritas, fiquei triste porque eu gostaria de ter lido muito mais do que fiz e me comprometi novamente a aumentar essa lista de leituras durante 2019, quero ler tanto quanto eu puder, seja conto, poesia, artigos, livros maiores ou menores não importa, e além de ler mais livros, quero muito sair da minha zona de conforto, adoro livros clássicos e fico encantada quando vejo resenhas sobre eles, meu objetivo é conhece-los melhor e espero muito que isso aconteça!

Enfim, vamos falar de leituras que me marcaram neste ano, o primeiro livro que quero comentar aqui foi tão emocionante e difícil porque aborda questões tão tristes e ao mesmo tempo valiosas a nossa existência, a humanidade, a leitura de “O Menino Da Lista De Schindler” foi uma enxurrada  de lições tão significativas que ele foi o primeiro favorito deste ano.
“Leon vivia com sua mãe e irmãos em Narewka uma pequena cidade na Polônia, lá ele viu seu pai trabalhar muito para mante-los e aprendeu desde cedo o quanto o trabalho era importante, seu pai era inteligente sabia muitas coisas e devido a isso conseguiu um emprego melhor em outra cidade Cracóvia, lá ele trabalhou mais e guardou cada centavo para que um dia pudesse trazer Leon e o restante de sua família para junto dele, isso demorou um pouco pra acontecer mais por fim estavam todos juntos e felizes em Cracóvia” Confira a resenha completa AQUI.
Um do momentos mais marcantes deste ano sem dúvida foi a eleições e neste período me recordei da leitura que realizei “O Conto Da Aia” um livro forte, marcante e intenso de se ler, meu segundo favorito do ano.

“O Conto Da Aia” apresenta um ficção escrita de forma conquistadora onde após a guerra é criado uma nova sociedade em um lugar chamado Gilead conhecido como antigo Estados Unidos, nessa nova sociedade são impostas regras e leis de convívio altamente cumpridas pelos moradores do local, esses que por sua vez foram divididos, a mulheres foram classificadas como Esposas, essas são mulheres dos comandantes locais, temos as Marthas que ficaram responsáveis pela limpeza e organização das casas das Esposas, as Econoesposas que são esposas econômicas de homens sem patente que faziam todo o trabalho reservado a elas, conhecemos as Tias, mulheres severas que se responsabilizaram pelo treinamento e controle absoluto das Aias, as Aias eram mulheres que ainda tinham fertilidade e foram destinadas a reprodução local. Confira a resenha completa AQUI.

Uma das coisas que mais queria em 2018 era conhecer melhor o trabalho do Cortella, vi algumas de suas palestras e vídeos e achei o cara sensacional, quando iniciei minha graduação em letras fiquei fascinada com o conteúdo que ele tinha produzido, queria muito ler seus livros e tive a oportunidade, “Porque Fazemos O Que Fazemos” foi uma das obras mais importantes ja lidas por mim.

Citando pensadores como Karl Marx o autor nos direciona por toda a obra em questões que temos dificuldade em resolver como por exemplo o descontentamento com nosso trabalho, com o que fazemos e o porque fazemos determinada atividade, para que fim realizamos tais coisas, ou seja perceber qual o motivo praticarmos determinada atividade ou situação. O objetivo de Cortella é fazer com que raciocinamos onde queremos chegar, o que estamos fazendo para se chegar nesse determinado lugar ou conquistar tal posição em nossas vidas. Confira a resenha completa AQUI.

Tem leitura que causam um quentinho em nosso coração, e Para Todos Os Garotos Que Já Amei é um desses livros, quanta fofura e amorzinho em um a história só, adorei a obra e o filme ficou tão bom quanto, e com toda certeza ele se tornou um favorito.

Lara Jean é a filha do meio e possui uma relação de amizade e parceria com suas irmãs, Margot é a mais velha é a que cuida da família de uma forma especial e com a responsabilidade que assumiu quando a mãe morreu, sempre muito correta e com muita coragem Margot enfrentou todos os desafios para ajudar seu pai a criar suas irmãs e para manter a organização da casa. Kitty é a irmã mais nova, porém as vezes parece ser a mais sábia das três em muitas questões, muito determinada Kitty possui uma característica muito forte quando se trata de conseguir o que quer. Confira a resenha completa AQUI.

Como mencionei no incio do post eu tenho uma paião por clássicos e decidi conhecer uma autora muito comentado em 2018 , de inicio achei a obra toda confusa e quase desisti, mais percebi nas palavras da autora o que ela de fato estava transmitindo, e foi sensacional, “Mrs Dalloway” foi meu quinto e último favorito de 2018, desejo reler ele em 2019 pois a escrita merece.

Clarissa Dalloway é um mulher na casa do cinquenta anos, casada, pertence a classe média alta da sociedade onde vive, e irá dar uma festa, ela percorre as ruas de Londres em busca de flores e dos preparativos para o evento que irá realizar logo mais a noite, durante sua caminhada e compras acontece diversos encontros e reflexões que o leitor vai acompanhando durante a leitura. Confira a resenha completa AQUI.

Estes foram meus livros favoritos de 2018, que 2019 seja lindo para todos nós e cheio de boas leituras, um grande beijo e até a próxima!
02 jan, 2018

Leituras Favoritas 2017

Olá pessoal, e hoje eu vim conta pra vocês sobre minhas leituras favoritas de 2017, tem livro pra todos os gostos, espero que gostem!

1- Tudo e Todas as Coisas

Autora- Nicola Yoon Jovem Adulto
Sinopse:”Minha doença é tão rara quanto famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo. Qualquer coisa pode desencadear uma série de alergias. Não saio de casa. Nunca saí em toda minha vida. As únicas pessoas que já vi foram minha mãe e minha enfermeira, Carla. Eu estava acostumada com minha vida até o dia que ele chegou. Olho pela minha janela para o caminhão de mudança, e então o vejo. Ele é alto, magro e está vestindo preto da cabeça aos pés. Seus olhos são de um azul como o oceano. Ele me pega olhando-o e me encara. Olho de volta. Descubro que seu nome é Olly. Talvez eu não possa prever o futuro, mas posso prever algumas coisas. Por exemplo, estou certa de que vou me apaixonar por Olly. E é quase certo que será um desastre.”
 
2- Harry Potter e a Câmera Secreta
Autora- JK Rowling Fantasia
Sinopse: Os Dursley estavam tão anti-sociais naquele verão, que tudo o que Harry queria era voltar às aulas da Escola de Bruxarias de Hogwarts. No entanto, quando já terminava de fazer suas malas, Harry recebe um aviso de um estranho chamado Dobby, que diz que um desastre acontecerá caso Potter decida voltar à Hogwarts. Harry não liga para aquela mensagem e o desastre realmente acontece. Naquele segundo ano estudando em Hogwarts, novos horrores surgem para atormentar Harry, incluindo o novo professor Gilderoy Lockhart e um espírito chamado Moaning Myrtle, que assombra o banheiro feminino, além de olhares indesejados da irmã mais nova de Ron Weasley, Ginny. Todos esses problemas, no entanto, parecem menores quando o verdadeiro problema começa e algo transforma os alunos de Hogwarts em pedra. Dentre os suspeitos: o próprio Harry. Descubra o fim desta aventura emocionante
Confira a resenha
3-Fale
Autora-Laurie Halse Anderson Drama
Sinopse: “Fale sobre você… Queremos saber o que tem a dizer.” Desde o primeiro momento, quando começou a estudar no colégio Merryweather, Melinda sabia que isso não passava de uma mentira deslavada, uma típica farsa encenada para os calouros. Os poucos amigos que tinha, ela perdeu ou vai perder, acabou isolada e jogada para escanteio. O que não é de admirar, afinal, a garota ligou para a polícia, destruiu a tradicional festinha que os veteranos promovem para comemorar a chegada das férias e, de quebra, mandou vários colegas para a cadeia.E agora ninguém mais quer saber dela, nem ao menos lhe dirigem a palavra – insultos e deboches, sim – ou lhe dedicam alguns minutos de atenção, com duvidosas exceções. Com o passar dos dias, Melinda vai murchando como uma planta sem água e emudece. Está tão só e tão fragilizada que não tem mais forças para reagir.Finalmente encontra abrigo nas aulas de arte, e será por meio de seu projeto artístico que tentará retomar a vida e enfrentar seus demônios: o que, de fato, ocorreu naquela maldita festa?
Confira a resenha
4-Rastros De Sangue
Autora-Val McDermid Policial
Sinopse:Livro que deu origem ao seriado Wire in the Blood. Garotas estão desaparecendo por todo o país, e, aparentemente, não há qualquer ligação entre os desaparecimentos. Cabe à recém-formada equipe de análise do Dr. Tony Hill ir atrás de pistas que estabeleçam padrões ou conexões. Mas, após um subordinado surgir com uma hipótese, um dos membros da equipe aparece morto, e a questão se torna pessoal. Agora, acompanhado de sua colega Carol Jordan, Hill embarca em uma campanha de terror psicológico onde os papéis de caça e caçador podem se confundir com facilidade. Depois de tantos anos investigando as mentes de homicidas insanos, a dupla está prestes a descobrir que homens sãos também matam.
Confira a resenha
5- O Primo Basílio
Autor- Eça De Queiroz Romance
Sinopse:Primeiro grande êxito literário de Eça de Queirós, este romance é marcado por uma análise minuciosa da sociedade de seu tempo. O autor usou da ironia, da linguagem coloquial e direta e, principalmente, do olhar atento sobre o cotidiano para revelar a intimidade da vida burguesa. Luísa é casada com Jorge e leva uma vidinha tão segura quanto entediada. O sonho, o romantismo e o desejo são despertados pela chegada do primo Basílio a Lisboa. Ao optar pelo adultério como tema central, a intenção do autor era provocar a discussão. Eça é o grande mestre do romance português moderno e certamente o mais popular entre os escritores do século XIX em Portugal e no Brasil.
Confira a resenha
6- O Monge e a Coruja
Autor- Thiago Brado Fábula
Sinopse: Quando o coração sente é Deus quem fala. Numa noite de inverno, enquanto o monge Joseph se preparava para dormir, um ruído misterioso na torre leste chamou sua atenção. Caminhou lentamente pelo mosteiro em busca de respostas e quando chegou à torre o silêncio se misturou com a escuridão. “Tem alguém aí? ”, perguntou o monge, mas não obteve resposta. Sentindo um vento suave próximo aos seus pés, indagou: “Notei que tem asas”. “Preciso delas para voar alto! ”, respondeu uma voz… Thiago Brado, uma das mentes mais criativas e geniais da nova geração de compositores, cria uma fábula inspiradora sobre perdão, fé e amor. Um encontro improvável, num mosteiro esquecido, entre o monge e a coruja, irá tocar seu coração e encher sua vida de esperança
Confira a resenha
7- Meia Noite Em Pequim
Autor-Paul French Suspense
Sinopse: Pequim, 1937 Na manhã fria de 8 de janeiro, o corpo da jovem Pamela Werner, filha de Edward Werner – ex-cônsul britânico e personalidade respeitada pela comunidade local –, é encontrado em um terreno baldio. Mutilada e com marcas de espancamento, a vítima teve todo seu sangue drenado e seu coração arrancado. Um cenário cruel que levou medo às ruas decadentes de Pequim e ao Bairro das Embaixadas, morada de ricos estrangeiros e de poderosos diplomatas que criavam suas próprias leis. Um maníaco, vingança ou apenas azar? Motivação política ou retaliação do inimigo japonês? Quem seria capaz dessa barbárie e por quê? A ocupação da China pelas tropas japonesas é inevitável e o governo de Pequim, instável e corrupto, está prestes a abandonar sua população à própria sorte. É apenas uma questão de tempo até que esse inebriante mundo de regalias, escândalos, superstições, clubes de elite e casas de ópio desmorone, arrastando chineses e estrangeiros. E nesse período conturbado, onde os senhores das guerras agem em benefício próprio e as incertezas tomam conta de todos, os detetives Han, da polícia chinesa, e Richard Dennis, ex-membro da Scotland Yard, correm contra o tempo para juntar as pistas e solucionar o caso de Pamela antes da temida invasão. Setenta e cinco anos após esses acontecimentos, o pesquisador Paul French reconstitui uma história verídica e desvenda os mistérios por trás desse assassinato brutal enquanto retrata com riqueza de detalhes os últimos momentos da Pequim colonial.
Confira a resenha
8- O Ano Em Que Disse Sim
Autora-Shonda Rhimes Autobiografia
Sinopse: Um livro motivador da aclamada e premiada criadora e produtora executiva dos sucessos televisivos Grey’s Anatomy, Private Practice e Scandal, e produtora executiva de How to Get Away with Murder. Você nunca diz sim para nada. Foram essas seis palavras, ditas pela irmã de Shonda durante uma ceia de Ação de Graças, que levaram a autora a repensar a maneira como estava levando sua vida. Apesar da timidez e introversão, Shonda decidiu encarar o desafio de passar um ano dizendo “sim” para as oportunidades que surgiam. Os “sins” iam desde cuidar melhor de sua saúde até aceitar convites para participar de talk shows e discursos em público. Além disso, Shonda deu um difícil passo: dizer sim ao amor próprio e ao seu empoderamento. Em O Ano em que disse sim, Shonda Rhimes relata, com muito bom humor, os detalhes sobre sua vida pessoal, profissional e como mergulhar de cabeça no “Ano do Sim” transformou ambas e oferece ao leitor a motivação necessária para fazer o mesmo em sua vida.
Confira a resenha
9- Os Meninos Que Enganavam Nazistas
Autor- Joseph Joffo Não Ficção
Sinopse:Paris, 1941. O país é ocupado pelo exército nazista e o medo invade as casas e as ruas francesas. O poder de Hitler se mostra absoluto e brutal na França… É durante um dos períodos mais turbulentos da História que a emocionante narrativa de Joseph e Maurice se desenrola. Irmãos judeus de 10 e 12 anos de idade, eles perambulam sozinhos pelas estradas, vivendo experiências surpreendentes, tentando escapar da morte e em busca da zona livre para ganhar a liberdade.
Essa é uma história real, autobiográfica, cuja espontaneidade, ternura e humor comprovam o triunfo da humanidade e da empatia nos momentos mais sombrios, quando o perigo está sempre à espreita… Os meninos que enganavam nazistas conta a fantástica e emocionante epopeia de duas crianças judias durante a ocupação, narrada por Joseph, o mais jovem.
Confira a resenha
Esses foram os livros que mais gostei de ler durante o ano, é claro que teve muitos outros bons também, mais precisava escolher os melhores da minha lista, espero que tenham gostado um grande beijos e aproveitem as dicas! Até a próxima!