Posts arquivados em Tag: Editora Seguinte

28 mar, 2017

Resenha A Escolha Kiera Cass

A escolha traz a continuação dos dias que America Singer vive no palácio durante a seleção da futura esposa do principie Maxon, neste terceiro livro nossa protagonista enfrenta algumas situações dentro e fora da seleção, porém Mary vai apreender a lidar melhor com sua nova vida

Sinopse:Quando foi sorteada para participar da Seleção, America não imaginava que chegaria tão perto da coroa – nem do coração do príncipe Maxon. Com o fim do concurso cada vez mais próximo, e as ameaças rebeldes ao palácio ainda mais devastadoras, ela se dá conta de tudo o que está em risco e do quanto precisará lutar para alcançar o futuro que deseja.

America já fez sua escolha, mas ainda há muitas outras em jogo… Aspen, seu antigo namorado, terá de encarar um futuro longe dela. E Maxon precisa ter certeza dos sentimentos da garota antes de tomar a grande decisão, ou acabará escolhendo outra concorrente.
A jovem está cada vez mais próxima de Maxon, e suas dúvidas vividas nos livros anteriores começam a ficar cada vez menores em relação ao que sente pelo príncipe, o mesmo vale para ele que está cada vez mais apaixonado por essa cinco tão teimosa, mais como nem tudo são flores eles continuam tendo muitas discussões e desavenças diante de muitos acontecimentos, os ataques ao reino continuam a todo vapor e o medo fica explicito entre as últimas participantes da seleção.

Os detalhes dos personagens neste terceiro livro cria um elo com o leitor e faz com que fiquemos mais íntimos de cada um deles, passamos a conhecer melhor a parte inferior desse mundo onde America vive e como eles são tratados, o que nos faz dar cada vez mais o valor merecido a vida e oportunidades que temos.

O rei deixa claro a America que não a quer como esposa para seu filho e que ela precisa se comporta caso contrário será expulsa da competição, ele faz várias tentativas de constrange-la e mostrar que ela não serve como princesa, porém todos os tiros do rei saem pela culatra tornando America popular e amada pelo seu país, principalmente pelos de menor casta que são a maioria, nessa fase resta apenas quatro candidatas e uma delas terá um grande segredo revelado e este segredo é descoberto pela protagonista desta história.

É evidente para o leitor o amor crescendo entre esses jovens e será esse amor que os sustentaram diante de tantas percas que iram sofrer, America terá que lidar com o luto não só dela mais das pessoas que ama e isso a deixará mais forte e determinada para assumir seus sentimentos a Maxon e lutar pelo seu lugar ao lado dele.

Maxon terá que lutar contra um sentimento de traição mais ao ver que a vida de America estava comprometida seu amor fala mais alto e ele se arrisca para salva-la, neste momento da leitura você se entrega as emoções que os fortes acontecimentos proporcionam ao leitor, uma narrativa cheia de adrenalina, e ação, e ao mesmo tempo romance e paixão, esse foi o livro da série que mais me emocionou até agora e simplesmente amei.
Título: A Escolha | Páginas: 260 | Skoob | Editora Seguinte
 Compare & Compre: Submarino •
Saraiva •Amazon| Classificação: 4/5
 
19 nov, 2016

Resenha A Elite Kiera Cass

Minha experiência lendo a “A Seleção” foi muito positiva, gostei muito da escrita, cenários e personagens que a autora construiu, e resolvi dar continuidade as leituras que compõem a história, mais uma vez Kiera Cass me fisgou para o mundo de “A Elite”, segundo livro da série, espero muito que gostem da resenha.

Sinopse: A Seleção começou com 35 garotas. Agora restam apenas seis, e a competição para ganhar o coração do príncipe Maxon está acirrada como nunca. Quanto mais America se aproxima da coroa, mais se sente confusa. Os momentos que passa com Maxon parecem um conto de fadas. Mas sempre que vê seu ex-namorado Aspen no palácio, trabalhando como guarda, ela sente que é nele que está o seu conforto. Porém, enquanto ela está às voltas com o seu futuro, o resto da Elite sabe exatamente o que quer — e ela está prestes a perder sua chance de escolher.

America Singer continua no castelo, e continua na competição para se casar com Maxon o príncipe de Illéa, o que a jovem irá descobrir nessa competição é a força de seus sentimentos e como ela pode ficar confusa diante de tantas decisões, nesta segunda leitura Meri fica cada vez mais próxima de Maxon e o mesmo demonstrar um afeto e sentimentos muito nítidos por ela.

‘Seis garotas e uma coroa’

Meri percebe que precisa tomar uma decisão e como descobriu que seu namorado Aspen está trabalhando como soldado no reino acaba se aproximando dele novamente o que dificulta ainda mais decidir se está pronta ou não para ser uma princesa e se ama ou não o príncipe, percebemos a  protagonista caminhando para um lugar sem volta, ela está perdida em decisões e tarefas sem contar os ataques dos rebeldes ao palácio, eles querem a todo custo acabar com a seleção.
Com a aproximação de Maxon eles ficam mais íntimos e ele a deseja cada vez mais, disposto a qualquer coisa para ver America feliz o jovem príncipe lhe mostra segredos do reino que ninguém jamais viu antes, sabendo que Meri é muito curiosa ele lhe dá um famoso diário que conta a história de seu país, mais o que príncipe não sabe é que o conteúdo deste diário pode causar grandes estragos no que ele via como um futuro casamento com America Singer.
O segundo livro é tão envolvente quanto o primeiro, em meio a tantos conflitos nasce um sentimento entre o príncipe e a protagonista, entretanto amore passados se envolvem no dilema dos dois, e ambos precisam decidir no que acreditam de fato. Além de toda a questão problemática da competição o reino sofre ataques dos rebeldes o que dificulta ainda mais a coisas para os personagens.
Nesta obra a autora utilizou uma mistura de sentimentos e acontecimentos em que Meri está envolvida, a trama se torna cada vez mais empolgante e o o leitor começa a escolher os lados em que acredita serem dignos de vitória, Aspen ou Maxom?
Espero muito que tenham gostado, um grande beijo e até a próxima!
Título Original: A Elite|Gênero: Jovem Adulto|Páginas:354|
Editora: Seguinte|Minha Avaliação: 4/5
28 jun, 2016

Resenha A Seleção Kiera Cass

Estava louca para ler uma obra de Kiera Cass, e depois do meu primeiro contato com o livro “A Seleção” eu finalmente entendi o porque a autora possui tantos fãs, uma escrita incrível que desperta a curiosidade do leitor foi essa característica que ela usou, espero que gostem!

Sinopse: Nem todas as garotas querem ser princesas. America Singer, por exemplo, tem uma vida perfeitamente razoável, e se pudesse mudar alguma coisa nela desejaria ter um pouquinho mais de dinheiro e poder revelar seu namoro secreto. Um dia, America topa se inscrever na Seleção só para agradar a mãe, certa de que não será sorteada para participar da competição em que o príncipe escolherá sua futura esposa.  Mas é claro que seu nome aparece na lista das Selecionadas, e depois disso sua vida nunca mais será a mesma…

A seleção é o primeiro livro da série que recebi no mês passado, publicado em 2012, conta a história de América Singer uma jovem artista que vive em um mundo dividido por castas quanto maior sua casta mais pobre é e menos chances você tem.
America é uma cinco, e se tornará uma um mesmo contra sua vontade. Ela vive com seus pais também artistas, sua irmã e um irmão mais novo, ela também tem mais irmãos já casados, sua vida sempre foi de muita luta, e poucas regalias, a comida era escassa e nem sempre era possível comer coisas boas, a jovem era muito esperta e apaixonada por seu namorado um seis seu nome Aspen, um garoto da classe operária, mais baixa que a de América, a mãe dela sempre a alertou sobre namorar com alguém de casta mais baixa que a sua, e o relacionamento que América mantinha com Aspen era secreto, estavam completamente apaixonados um pelo outro, quando a jovem recebeu uma carta muito importante da realeza, nesta carta estava escrito informações sobre o acontecimento mais aguardado por todas as moças de Illéa, A seleção, o jovem príncipe Maxom iria escolher dentre 35 jovens sua futura esposa.

” Não queria ser da realeza, não queria ser um, não queria nem tentar”

América nunca quis e não quer participar desta seleção, o que ela realmente quer é ficar com seu amado e viver em paz, mais pela necessidade de sobreviver, pelo dinheiro que poderia ganhar, por até mesmo o próprio Aspen te-la convencido que seria melhor assim decidi se inscrever e para sua surpresa é selecionada, antes de partir para o palácio ela tem um briga feia com seu namorado que resulta no término dos dois, no dia de sua partida ela o vê com outra garota e seu coração parte em pedaços e desgosto.

América vê o príncipe como uma pessoa mesquinha, através das noticias que assisti ela tira a conclusão de que nunca poderia se apaixonar por ele, sua vida muda completamente ao chegar junto as demais candidatas ela se vê em um mundo completamente paralelo ao seu, onde a fartura e riqueza se esbanjavam, fez uma amiga por lá alguém que sentiu que pudesse confiar, era tudo muito novo, as roupas, as criadas, a comida farta, as câmeras o tempo todo a seguindo por onde fosse, isso tudo foi assustador, em uma noite América se vê perdida em seus pensamentos deitada em seu quarto no palácio se sente sufocada e decide sair, correndo pelos corredores do palácio ela se detêm em frente aos portões do jardim onde os guardas solicitam que volte ao seu quarto, já desesperada para ficar sozinha.

A jovem escuta um grito de ordem, quando se vira vê Maxom que ordena aos guardas que a deixem passar, chorando América corre jardim a dentro e Maxom acompanha a moça, ali tudo muda, tudo se transforma, eles se conhecem, começam a conversar e mais tarde se tornam amigos, dessa amizade surgirá algo que só o leitor entenderá, a jovem e determinada América uma cinco se torna a melhor amiga do príncipe Maxom, um jovem que não sabe lidar com garotas que choram!

A escrita de Kiera é a mais encantadora possível, ela tornou um simples romance em algo incrível e cativante, um livro que merece adaptação, uma das coisas que apreciei na obra é o fato da autora abordar assuntos como diferença de classe, preconceito e isolamento social, bem condizente com nossa realidade que infelizmente age da mesma forma em algumas situações.

Espero em breve voltar aqui no blog e falar com vocês sobre os demais livros que compõem essa história, beijos e até a próxima!

Título: A Seleção|Páginas: 368|Livro-1|Editora Seguinte|Minha Avaliação: 4/5
17 set, 2015

Resenha A Rainha Vermelha Victoria Aveyard

Imaginem uma leitura que irar tirar seu fôlego, uma leitura da qual você se sentirá parte, foi assim que me senti lendo “A Rainha Vermelha” uma aventura, com momentos eletrizantes onde a autora trabalhou tão bem que me senti dentro do livro.

Uma sociedades dividida pelo sangue, um jogo definido pelo poder!

Sinopse: O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses. Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho? Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe – e Mare contra seu próprio coração

Mare é uma jovem de 18 anos e ela rouba das pessoas para sobreviver, ela vive em Palafitas em um lugar chamado Norta, um dia em suas andanças pelo local ela acaba encontrando uma rapaz que lhe oferece um emprego no palácio do rei.

O lugar onde Mare vive é dividido por pessoas vermelhas e os nobre prateados, teoricamente os prateados possuem poderes, algum tipo de força na maioria das vezes ligada a natureza, já os vermelhos não possuem e são considerados uma classe inferior, os trabalhadores no caso. Entretanto no dia em em a jovem começa seus trabalhos no palácio essa visão muda completamente.

Mare se envolve em problemas em seu primeiro dias como empregada, e no meio dessa confusão descobre possuir poderes mesmo sendo uma vermelha e isso acontece no meio de muitos prateados o que gera um alarde gigantesco. Para disfarçar toda a confusão o rei se pronuncia dizendo que Mare é filha de um nobre, mentindo para a população.

Um grande conflito se inicia na vida da jovem, e ela terá que lidar com manipulações, intrigas e terá que lutar pelo seu povo os vermelhos com toda sua força e poder.

“A Rainha Vermelha” é um livro eletrizante que te pega do inicio ao fim, uma leitura fluída e rápida repleta de acontecimentos, e que na minha opinião merecia adaptações para o cinema. Uma aventura em que a autora trabalha cenários e acontecimentos rápidos até, mais que tornam o livro único e cumpre muito bem seu propósito.

O livro é contado através da visão da protagonista e se torna cada vez mais empolgante a cada capítulo, cheio de situações que tiram nosso fôlego a obra é ótima para quem esta em busca de uma leitura rápida e chamativa.

Espero muito que tenham gostado, e em breve trago resenha da continuação dessa história, beijos!

Título Original: A Rainha Vermelha|Gênero: Fantasia|Páginas:422|
Editora: Seguinte|Minha Avaliação: 5/5