Posts arquivados em Tag: Jovem Adulto

18 dez, 2018

[Resenha] Boa Noite – Pam Gonçalves

A leitura é algo que me proporciona muito aprendizado, por isso gosto tanto de pratica-la, este ano li poucos livros nacionais e gostaria de ter feito mais isso, por esse motivo resolvi ler um e-book nacional, e escolhi uma autora que como escritora começou abordando assuntos muito bons, Pam Gonçalves é uma das inspirações que me levaram a criar meu próprio blog, adoro ver seus vídeos, não cheguei a conhecer seu blog mais sei que deveria ser tão bom quanto, adorei sua escrita e a força que a leitura nos proporciona como mulheres, espero muito que gostem da resenha!

Sinopse:Alina quer deixar seu passado para trás. Boa aluna, boa filha, boa menina. Não que tudo isso seja ruim, mas também não faz dela a mais popular da escola. Agora, na universidade, ela quer finalmente ser legal, pertencer, começar de novo. O curso de Engenharia da Computação – em uma turma repleta de garotos que não acreditam que mulheres podem entender de números -, a vida em uma república e novos amigos parecem oferecer tudo que Alina quer. Ela só não contava que os desafios estariam muito além da sua vida social. Quando Alina decide deixar de vez o rótulo de nerd esquisitona para trás, tudo se complica. Além de festas, bebida e azaração, uma página de fofocas é criada na internet, e mensagens sobre abusos e drogas começam a pipocar. Alina não tinha como prever que seria tragada para o meio de tudo aquilo nem que teria a chance de fazer alguma diferença. De uma hora para outra, parece que o que ela mais quer é voltar para casa.

“Boa Noite” é um livro sobre autopreservação, sobre lutas diárias, uma história de superação no universo feminino que aborda diversas questões importantes, como o abuso sexual, o preconceito, crimes cometidos contra a mulher e a luta que nós travamos todos os dias contra tudo isso.
Conhecemos “Alina” nossa protagonista e desde do inicio como leitora já tenho uma sensação muito forte a respeito dessa jovem, ela está embarcando em uma nova fase de sua vida, irá iniciar a faculdade e terá que se mudar, no local onde irá viver nos próximos meses ela conhece seus novos colegas.
“Manu” é uma jovem muito extrovertida, diferente, faladeira e com um enorme coração ela irá recepcionar Alina na república, lá moram também o casal “Talita e Bernado” ele são muito apaixonados e muito unidos, uma paixão ardente habita entre os dois. Por fim ela é apresentada ao dono da república e morador “Gustavo” é jovem, bonito e estuda medicina, logo de cara percebe-se um mistério muito atraente no rapaz.
Quando começaram a aulas Alina já imaginou o que estava por vir, ela escolheu fazer engenharia da computação um curso que em sua maioria era realizado por homens, na sala de aula a jovem se uniu as poucas mulheres da turma e logo de cara sentiu os olhares e ouviu os cochichos preconceituosos, o que ela não imaginava é o quanto aquele machismo ficaria agressivo com o passar dos dias.
“Alina” ainda não tinha ideia do quanto as coisas na faculdade iriam ficar complicadas, mais já estava vivendo um pouco dos problemas locais, no inicio foi a algumas festas e lá conheceu pessoas que aos poucos descobriu não ser bem o que ela pensava, em uma luta constante com seu grupo de estudo a novata traça um caminho para enfrentar diversas questões durante o ano letivo e graças a um projeto que desenvolveram elas conseguem combater essas questões,  em sua maioria crimes cometidos contra as estudantes do campus.
“Pela primeira vez em muito tempo desejo ser a Alina do passado de novo. Tentar ser diferente não está sendo uma boa experiência” Pág. 153
 
 
O livro traz uma abordagem muito atual contra o abuso sexual, o preconceito, o bullyng  e a impunidade, a autora mostra a luta de jovens estudantes contra todas estas questões e enfatiza a importância do respeito, da amizade, do companheirismo e do amor entre as pessoas.
“Várias garotas sofrem abuso sexual todos os dias na nossa universidade, na nossa cidade, no nosso estado, no país, no mundo inteiro. E a maioria não denuncia e não pede ajuda.[…] Sabem por quê? Porque a maioria vai ser culpada por vocês. Por nós. Porque, para a nossa sociedade, é normal assediar. Porque se ela não quisesse, não sairia de roupa curta. Porque, se ela não quisesse, não andaria sozinha. Porque, se ela não quisesse, não estaria bebendo. Porque, se ela não quisesse, não estaria VIVENDO.” Pág. 212
Com uma escrita envolvente Pam Gonçalves nos transporta para o mundo de Alina e nos faz refletir sobre situações tão reais vividas pela personagem, a leitura nos mostra a importância de não nos deixarmos calar diante de alguma injustiça cometida contra as mulheres ou qualquer outra pessoa, de forma sutil também através da leitura é possível perceber as formas de racismo tão presentes ainda nos dias em que vivemos. Através da história de Alina é passado uma mensagem de que acima de tudo somos todos iguais.
Foi um imenso prazer ter a oportunidade de ler está obra e espero que vocês tenham gostado da resenha, um grande beijo e até a próxima!
Conheça o  novo conto da autora, disponível em: Bom Ano
Jovem Adulto • Editora Galera • 240 Páginas • Classificação: 5/5
Skoob • Compre: Amazon
19 jul, 2017

Resenha Fale Laurie Halse Anderson

Olá pessoal, a resenha de hoje é sobre uma leitura que me emocionou muito, um drama da autora Laurie Halse Anderson, que nos apresenta de uma forma sutil um acontecimento na vida de uma jovem, acredito que muitas pessoas já conheçam o livro, mais se você que está lendo esta resenha não sabe do que se trata eu o convido a ler e entender melhor essa história!

Sinopse:“Fale sobre você… Queremos saber o que tem a dizer.” Desde o primeiro momento, quando começou a estudar no colégio Merryweather, Melinda sabia que isso não passava de uma mentira deslavada, uma típica farsa encenada para os calouros. Os poucos amigos que tinha, ela perdeu ou vai perder, acabou isolada e jogada para escanteio. O que não é de admirar, afinal, a garota ligou para a polícia, destruiu a tradicional festinha que os veteranos promovem para comemorar a chegada das férias e, de quebra, mandou vários colegas para a cadeia.E agora ninguém mais quer saber dela, nem ao menos lhe dirigem a palavra – insultos e deboches, sim – ou lhe dedicam alguns minutos de atenção, com duvidosas exceções. Com o passar dos dias, Melinda vai murchando como uma planta sem água e emudece. Está tão só e tão fragilizada que não tem mais forças para reagir.Finalmente encontra abrigo nas aulas de arte, e será por meio de seu projeto artístico que tentará retomar a vida e enfrentar seus demônios: o que, de fato, ocorreu naquela maldita festa?

Melinda tinha apenas 13 anos quando o troço entrou em sua vida e a destroçou em mil pedaços, era jovem estava iniciando o ensino médio, tinha amigas e planos, porém em agosto daquele ano muitas coisas mudaram, ela se viu sem amigos, a família dividida por desentendimentos entre seu pai e mãe, que não os levaram a separação de fato, mais era como se fosse. Ela se calou diante do mundo, na verdade para ela não existia um mundo mais em que se encaixava, não conversa a respeito do que aconteceu com ninguém e se viu passar de vitima para a garota problemática que todos odiavam. Suas notas despencaram, e por mais que se esforçasse Melinda passou por muitas coisas que a impediam de progredir, a afetavam e a torturavam dia após dia. Depressiva e sozinha ela construiu seu próprio universo paralelo e viveu nele durante meses.

“Fale” é um livro extremamente forte onde a autora relata através dos olhos da protagonista toda dor e agonia que a mesma sentiu e viveu, depois de ter sido violentada friamente, uma leitura que serve de alerta, que retrata muitas histórias parecidas em nosso meio e que mostrará como os jovens se comportam diante desses acontecimentos, o ensino médio é um período de provações sem dúvida para todos, só quem já passou por ele sabe como é difícil, no caso da nossa Mellie foi ainda pior porque precisou provar a si mesma de que era capaz de seguir em frente pois ela havia sobrevivido.
A leitura flui muito bem apesar de seu forte conteúdo a escrita da autora e a forma como ela escolheu narrar a história facilitam muito para o leitor, já conhecia outro livro de Laurie que ao me ver tem um dom de abordar assuntos tão difíceis envolvendo adolescentes. Recomendo a leitura de Fale para todo jovem e adulto, dei cinco estrelas para a obra e espero muito que tenham gostado, um grande beijo e até a próxima!
Drama | 248 Páginas | Skoob | Compare & Compre: SubmarinoSaraivaAmazon
Classificação: 5/5
15 jul, 2017

Resenha Fallen Lauren Kate

Simplesmente fiquei surpresa com essa leitura, um livro que mistura situações reais com fantasia, como uma escrita fluída e curiosa a autora vai trabalhando seus personagens em um cenário escolar singular, espero que gostem da resenha!

Sinopse:Algo parece estranhamente familiar em relação a Daniel Grigori. Solitário e enigmático, ele chama a atenção de Luce logo no seu primeiro dia de aula no internato. A mudança de escola foi difícil para a jovem, mas encontrar Daniel parece aliviar o peso das sombras que atormentam seu passado: um incêndio misterioso levou Luce até ali. Irremediavelmente atraída por Daniel, ela quer descobrir qual é o segredo que ele precisa tanto esconder… mesmo que isso a aproxime da morte.

Luce foi transferida para um reformatório pouco depois do acidente com Travor seu suposto namorado, que resultou em sua morte, na “Sword & Cross” as coisas funcionam de um jeito diferente para os alunos, que na maioria das vezes são problemáticos ou taxados de loucos, longe de casa e de sua melhor amiga a jovem se vê em um ambiente que mais lembra uma prisão do que uma escola de verdade, em seu primeiro dia ela é  obrigada a deixar seu celular o único meio de comunicação, em uma caixa, durante todo o tempo no reformatório ela teria que seguir a regras do local que eram extremas e  as vezes até abusivas, ela conhece vários outros alunos Ariane é a primeira a se comunicar com Luce, uma garota animada mais que possui fortes traços de problemas de cabeça, e que no inicio assustava a jovem em vários aspectos, Luce não sabe se pode confiar nela plenamente devido ao seu comportamento excessivo, mais dá uma chance a garota.

Molly uma aluna cruel e briguenta logo de cara arruma uma confusão danada com Luce e Ariane, a novata tem a chance de conhecer Penn, que está no reformatório pois o pai o zelava, ele acabou morrendo e sendo enterrado ali ( sim, existe um cemitério dentro da escola) e por isso e outros motivos mais burocráticos Penn ficou por lá até o presente momento. A nova amiga de Luce é inteligente e a ajuda em muitos aspectos, é o tipo de garota que se pode confiar, e elas criam um laço de afinidade e cumplicidade ali dentro daquele lugar sombrio, tão sombrio quanto as sombras que Luce vê desde de pequena e de certa forma a levaram até aquele lugar.

Existe dois garotos na  “Sword & Cross” Cam e Daniel, Luce se envolverá com os dois de formas diferentes e misteriosas ao mesmo tempo, o que deixa o leitor intrigado, Daniel é o cara que Luce acredita estar apaixonada e Cam o que a deixa confortável e faz se sentir bem, mais será que é isso mesmo? Nossa jovem protagonista enfrenta muitos desafios, e ainda terá que lidar com conflitos internos de um passado sombrio que irá se  revelar a qualquer custo.

A autora criou uma mistura de adolescentes rebeldes, com anjos caídos e um romance juvenil que irá conduzir toda a leitura, achei interessante sua proposta criando personagens tão diferentes e se baseando em passagens da bíblia.

O livro foi de certa forma intenso, o mistério criado em torno dos personagens deixa a história interessante e ao mesmo tempo devagar, não posso dizer que a leitura fluí fácil, pois foi exatamente o contrário, entretanto fiquei muito satisfeita com a construção da história de forma geral e quero muito ler os próximos livros que a completam. Espero que tenham gostado, um grande beijo e até a próxima!

Jovem Adulto| 406 Páginas Editora Galera Record|Compare & Compre: SubmarinoSaraivaAmazon| Classificação: 4/5| Skoob
01 maio, 2017

[Resenha] Harry Potter e Câmera Secreta

Continuo amando minhas leituras da série, com uma linguagem simples e cativante J.K Rowling conquista muitos leitores e esse segundo livro foi tão bom quanto o primeiro! Aqui tive a oportunidade de conhecer mais do universo de Potter e seus amigos queridos, adorei!

Sinopse:Os Dursley estavam tão anti-sociais naquele verão, que tudo o que Harry queria era voltar às aulas da Escola de Bruxarias de Hogwarts. No entanto, quando já terminava de fazer suas malas, Harry recebe um aviso de um estranho chamado Dobby, que diz que um desastre acontecerá caso Potter decida voltar à Hogwarts. Harry não liga para aquela mensagem e o desastre realmente acontece. Naquele segundo ano estudando em Hogwarts, novos horrores surgem para atormentar Harry, incluindo o novo professor Gilderoy Lockhart e um espírito chamado Moaning Myrtle, que assombra o banheiro feminino, além de olhares indesejados da irmã mais nova de Ron Weasley, Ginny. Todos esses problemas, no entanto, parecem menores quando o verdadeiro problema começa e algo transforma os alunos de Hogwarts em pedra. Dentre os suspeitos: o próprio Harry. Descubra o fim desta aventura emocionante.Harry está passando as férias de verão com seus tios e primo trouxas os Dursley, e eles estão tratando o jovem bruxo com ainda mais desprezo do que antes, Harry não vê a hora de voltar para Hogwarts e rever seus amigos e estranhamente não se lembraram de enviar ao menos uma carta pra ele, isso o deixa confuso e triste. Não é novidade para ninguém que seus tios e primo não gosta de Harry mais dessa vez eles estão passando dos limites, trancaram o jovem bruxo em seu quarto e o deixaram passar fome, quando Harry já havia perdido as esperanças de férias melhores algo o surpreende.

“O livro continua cheio de magia e fiquei fascinada com a construção de cada personagem, a autora trabalha de um forma minuciosa e detalhista o que chama a atenção na leitura e gostei muito da maneira como a narrativa do livro acontece, me fez sentir parte da história.”

Ainda na casa dos tios Harry recebe uma estranha visita de uma criatura muito diferente de tudo que ele já tinha visto, Dobby, um pequeno ser que resolveu tentar manter Harry fora de Hogwarts alegando que ele estava em perigo, porém esta criatura não obtêm sucesso e Harry tem mais uma surpresa, seu amigo Rony veio resgata-lo no meio da noite e de uma maneira bem diferente, Rony e seus irmãos pegaram o carro encantado do pai para resgatar Harry que estava preso na casa dos tios.
A leitura deixa muito claro ao leitor sobre o valor das amizades, de uma família e coisas simples que passam despercebidos no dia a dia, e que as vezes não damos tanta importância até que nos fazem falta, ler Harry Potter nos abre os olhos e a mente para pequenas coisas da vida e isso é maravilhoso.

A viagem para Hogwarts teve uma parada na casa do Ron Weasley, lá o garoto ficou encantado com tudo que uma vida em família e pessoas queridas pode oferecer, já na escola de bruxos com seus amigos Hermione e Rony, juntos os três iniciam sua jornada de aventura e mistérios, neste segundo anos coisas horríveis acontecem a Harry, coisas que Dobby tentou lhe alertar e ele não se importou, umas das coisas ruins foi um novo professor que era uma farsa, no entanto junto de seus amigos o bruxinho está disposto a resolver tudo para que paz volte a Hogwarts.

Adorei ler este segundo, em breve volto aqui pra contar a vocês mais sobre está história maravilhosa de magia, amizade e coragem, espero que tenham gostado um grande beijo e até a próxima!

28 mar, 2017

Resenha A Escolha Kiera Cass

A escolha traz a continuação dos dias que America Singer vive no palácio durante a seleção da futura esposa do principie Maxon, neste terceiro livro nossa protagonista enfrenta algumas situações dentro e fora da seleção, porém Mary vai apreender a lidar melhor com sua nova vida

Sinopse:Quando foi sorteada para participar da Seleção, America não imaginava que chegaria tão perto da coroa – nem do coração do príncipe Maxon. Com o fim do concurso cada vez mais próximo, e as ameaças rebeldes ao palácio ainda mais devastadoras, ela se dá conta de tudo o que está em risco e do quanto precisará lutar para alcançar o futuro que deseja.

America já fez sua escolha, mas ainda há muitas outras em jogo… Aspen, seu antigo namorado, terá de encarar um futuro longe dela. E Maxon precisa ter certeza dos sentimentos da garota antes de tomar a grande decisão, ou acabará escolhendo outra concorrente.
A jovem está cada vez mais próxima de Maxon, e suas dúvidas vividas nos livros anteriores começam a ficar cada vez menores em relação ao que sente pelo príncipe, o mesmo vale para ele que está cada vez mais apaixonado por essa cinco tão teimosa, mais como nem tudo são flores eles continuam tendo muitas discussões e desavenças diante de muitos acontecimentos, os ataques ao reino continuam a todo vapor e o medo fica explicito entre as últimas participantes da seleção.

Os detalhes dos personagens neste terceiro livro cria um elo com o leitor e faz com que fiquemos mais íntimos de cada um deles, passamos a conhecer melhor a parte inferior desse mundo onde America vive e como eles são tratados, o que nos faz dar cada vez mais o valor merecido a vida e oportunidades que temos.

O rei deixa claro a America que não a quer como esposa para seu filho e que ela precisa se comporta caso contrário será expulsa da competição, ele faz várias tentativas de constrange-la e mostrar que ela não serve como princesa, porém todos os tiros do rei saem pela culatra tornando America popular e amada pelo seu país, principalmente pelos de menor casta que são a maioria, nessa fase resta apenas quatro candidatas e uma delas terá um grande segredo revelado e este segredo é descoberto pela protagonista desta história.

É evidente para o leitor o amor crescendo entre esses jovens e será esse amor que os sustentaram diante de tantas percas que iram sofrer, America terá que lidar com o luto não só dela mais das pessoas que ama e isso a deixará mais forte e determinada para assumir seus sentimentos a Maxon e lutar pelo seu lugar ao lado dele.

Maxon terá que lutar contra um sentimento de traição mais ao ver que a vida de America estava comprometida seu amor fala mais alto e ele se arrisca para salva-la, neste momento da leitura você se entrega as emoções que os fortes acontecimentos proporcionam ao leitor, uma narrativa cheia de adrenalina, e ação, e ao mesmo tempo romance e paixão, esse foi o livro da série que mais me emocionou até agora e simplesmente amei.
Título: A Escolha | Páginas: 260 | Skoob | Editora Seguinte
 Compare & Compre: Submarino •
Saraiva •Amazon| Classificação: 4/5
 
18 mar, 2017

Resenha Tudo e Todas as Coisas Nicola Yoon

Existem alguns livros que são muito comentados e divulgados em seus lançamentos que para quem acompanha as redes sociais todos os dias vendo aquilo passando por suas timelines o tempo todo acaba se tornando algo atraente, eu simplesmente vi milhares de posts sobre essa leitura e fiquei com um pé atrás em relação a ler ou não, entretanto quando finalizei este livro o sentimento foi muito positivo e resolvi resenha-lo aqui no blog, espero que gostem.

Sinopse:Minha doença é tão rara quanto famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo. Qualquer coisa pode desencadear uma série de alergias. Não saio de casa. Nunca saí em toda minha vida. As únicas pessoas que já vi foram minha mãe e minha enfermeira, Carla. Eu estava acostumada com minha vida até o dia que ele chegou. Olho pela minha janela para o caminhão de mudança, e então o vejo. Ele é alto, magro e está vestindo preto da cabeça aos pés. Seus olhos são de um azul como o oceano. Ele me pega olhando-o e me encara. Olho de volta. Descubro que seu nome é Olly. Talvez eu não possa prever o futuro, mas posso prever algumas coisas. Por exemplo, estou certa de que vou me apaixonar por Olly. E é quase certo que será um desastre.

Madeline Whittier é uma jovem inteligente, estudiosa dedicada a mãe, e completou 18 anos de vida, porém ela nunca saiu de casa, desde sempre praticamente, apenas quando era ainda bebe e não sabia sobre sua doença, sendo assim ela não conhece nada do lado fora, não sabe como é sentir o sol a chuva ou o frio e se tentasse provavelmente morreria no processo.

“Lá dentro está tudo que ela conhece, e lá fora tudo que ela deseja”

A jovem mantém uma rotina regrada, tem uma enfermeira que se tornou uma amiga, e sua função é manter Madeline bem, checar seus sinais vitais e manter sua saúde monitorada sempre, Carla faz isso muito bem está trabalhando ali a anos , gosta tanto de Madeline como se fosse sua própria filha. Já a mãe de Maddy é mais rígida com as coisas, procura sempre estar com a filha, porém criou uma espécie de cronograma onde em determinados dias jantam juntas, jogam jogos, e assistem determinados programas de TV, e por mais que ame a filha ainda assim não seria o suficiente para o que está por vir, ela perdeu o marido e o filho a algum tempo e isso a torna ainda mais protetora com Madeline.
Há alguns dias chegaram novos vizinhos e Maddy como boa observadora que é notou uma mãe, um pai e dois filhos uma jovem rebelde e fumante e um garoto diferente, bonito e chamativo, Olly seria seu passaporte para uma nova vida, novas descobertas, e a jovem Maddy teria a oportunidade de conhecer o mundo senti-lo em todos os aspectos mesmo que isso custe sua vida.
O livro nos mostra um lindo amor que nasce entre esses adolescentes, um relacionamento de sentimentos puros e nobres que nos conquista desde do inicio, fiquei muito entusiasmada com fato da nossa protagonista ter a oportunidade de se relacionar com um garoto como Olly, ambos tem seus problemas familiares suas diferenças sociais e ainda terão que lidar com a doença que pode tirar Madeline do mundo.
Uma leitura encantadora de linguagem simples e fácil, ele é narrado pela protagonista e mostra para o leitor as primeiras descobertas de um mundo tão rico que Maddy faz, e isso irá conquista-lo, umas das coisas que percebi ao ler este livro é que quando perdemos pessoas importantes em nossa vida, tomamos atitudes drásticas com os que permaneceram nela.
Espero que tenham gostado, um grande beijo e até a próxima!
Título Original: Tudo e todas as coisas|Páginas:304|Editora: Novo Conceito
|Minha Avaliação 4/5
19 nov, 2016

Resenha A Elite Kiera Cass

Minha experiência lendo a “A Seleção” foi muito positiva, gostei muito da escrita, cenários e personagens que a autora construiu, e resolvi dar continuidade as leituras que compõem a história, mais uma vez Kiera Cass me fisgou para o mundo de “A Elite”, segundo livro da série, espero muito que gostem da resenha.

Sinopse: A Seleção começou com 35 garotas. Agora restam apenas seis, e a competição para ganhar o coração do príncipe Maxon está acirrada como nunca. Quanto mais America se aproxima da coroa, mais se sente confusa. Os momentos que passa com Maxon parecem um conto de fadas. Mas sempre que vê seu ex-namorado Aspen no palácio, trabalhando como guarda, ela sente que é nele que está o seu conforto. Porém, enquanto ela está às voltas com o seu futuro, o resto da Elite sabe exatamente o que quer — e ela está prestes a perder sua chance de escolher.

America Singer continua no castelo, e continua na competição para se casar com Maxon o príncipe de Illéa, o que a jovem irá descobrir nessa competição é a força de seus sentimentos e como ela pode ficar confusa diante de tantas decisões, nesta segunda leitura Meri fica cada vez mais próxima de Maxon e o mesmo demonstrar um afeto e sentimentos muito nítidos por ela.

‘Seis garotas e uma coroa’

Meri percebe que precisa tomar uma decisão e como descobriu que seu namorado Aspen está trabalhando como soldado no reino acaba se aproximando dele novamente o que dificulta ainda mais decidir se está pronta ou não para ser uma princesa e se ama ou não o príncipe, percebemos a  protagonista caminhando para um lugar sem volta, ela está perdida em decisões e tarefas sem contar os ataques dos rebeldes ao palácio, eles querem a todo custo acabar com a seleção.
Com a aproximação de Maxon eles ficam mais íntimos e ele a deseja cada vez mais, disposto a qualquer coisa para ver America feliz o jovem príncipe lhe mostra segredos do reino que ninguém jamais viu antes, sabendo que Meri é muito curiosa ele lhe dá um famoso diário que conta a história de seu país, mais o que príncipe não sabe é que o conteúdo deste diário pode causar grandes estragos no que ele via como um futuro casamento com America Singer.
O segundo livro é tão envolvente quanto o primeiro, em meio a tantos conflitos nasce um sentimento entre o príncipe e a protagonista, entretanto amore passados se envolvem no dilema dos dois, e ambos precisam decidir no que acreditam de fato. Além de toda a questão problemática da competição o reino sofre ataques dos rebeldes o que dificulta ainda mais a coisas para os personagens.
Nesta obra a autora utilizou uma mistura de sentimentos e acontecimentos em que Meri está envolvida, a trama se torna cada vez mais empolgante e o o leitor começa a escolher os lados em que acredita serem dignos de vitória, Aspen ou Maxom?
Espero muito que tenham gostado, um grande beijo e até a próxima!
Título Original: A Elite|Gênero: Jovem Adulto|Páginas:354|
Editora: Seguinte|Minha Avaliação: 4/5