Posts arquivados em Tag: Relacionamento

19 fev, 2019

[Resenha] A Sociedade Secreta-Catia Mourão @lereditorial

A leitura é algo que nos edifica, nos transforma e nos ajuda a compreender melhor o mundo em que vivemos, não importa o gênero que você escolher, o que importa é a atitude de realizar tal ato, infelizmente nos dias de hoje este tipo de coisa se tornou banalizado, há muito tempo não lia uma obra do gênero erótico e confesso a vocês que adorei a experiência mais uma vez, mesmo que rara em meu cotidiano é um tipo de leitura que nos prende e nos distrai dos problemas do dia a dia e como eu disse sempre existem lições nas obras que lemos, com “A sociedade secreta” não foi diferente, espero que gostem da resenha!

Sinopse:Você não vai resistir ao convite para integrar esta Sociedade!
E se você soubesse que existe um lugar onde pode realizar todas as suas fantasias, mesmo aquelas imensuráveis? Onde é possível testar seus limites e ir além, sem correr o risco de se expor ou ter sua identidade revelada? Conheça os anseios por trás da sobriedade da Senhora V. Esposa e mãe dedicada, ela se revelará uma mulher insatisfeita com a vida conjugal, que já dura mais de uma década, e encontrará no Senhor P, um empresário charmoso e bem sucedido, a chance de realizar seus sonhos mais loucos, dentro de uma sociedade secreta. Mas será que a relação entre eles se resume apenas a uma aventura sensual? Desvende a intimidade do Senhor F, um homem de comportamento questionável, que não esconde sua necessidade de fugir do comum em busca de satisfazer seus gostos peculiares. Casado com a Senhora V, ele mantém uma vida dupla através da Sociedade, onde a entrega aos prazeres do sexo não conhece limites. Surpreenda-se ao conhecer a vida da misteriosa Senhorita M. Sob a máscara de mulher independente, avessa a relacionamentos e interessada apenas nos prazeres proporcionados pelo sexo sem compromisso, esconde-se uma jovem dividida entre seu desejo de liberdade e a necessidade de se adequar às regras sociais impostas pela carreira política do pai. Com um desfecho surpreendente, essa trama levará o leitor por uma viagem que vai muito além do erotismo. Você vai acompanhar a história dos personagens, vivenciar suas aventuras, conhecer suas motivações e ser impactado pelas consequências de seus atos, indo aos limites extremos da paixão. Entre no mundo de A Sociedade Secreta e participe dessa dança erótica de prazer sem inibição.

Senhora V é uma mulher que aos olhos da sociedade possui uma vida perfeita, um ótimo marido, um filho, uma casa deslumbrante e um estilo que muitos invejam, casada com o Senhor F e mãe do Cris ela se vê em uma rotina de esposa rica e bem sucedida, mais como nem tudo são flores seu relacionamento com o marido é muito complicado.

Após casar-se o Senhor F progrediu muito em sua carreira, o que o possibilitou dar uma vida de luxo para sua família, entretanto sua vida é muito intensa, muito trabalho, reuniões até tarde e ele nunca está presente em casa, o que torna seu relacionamento com a Senhora V cada vez mais distante.

A vida desse casal está cheia de barreiras que os impedem de se relacionarem, quando as traições do Senhor F ficam nítidas e de costume para sua esposa as coisas se complicam um pouco mais. Ela cansada de sua vida parada e sem sentido desabafa com uma amiga sobre tudo que está acontecendo em seu casamento. A Senhora J é uma mulher vivida e cheia de experiência da mesma classe social que sua amiga e possui alguns conselhos e dicas para a Senhora V.

Neste momento conhecemos “A Sociedade Secreta” um lugar requintado frequentado por pessoas como a Senhora V e a Senhora J e muitos homens da mesma classe social, ali os prazeres mais intensos são permitidos e todos os membros se realizam de formas extraordinárias, claro que com algumas regras básicas a serem seguidas.

A leitura nos apresenta mais personagens interessantes e curiosos todos se mesclam com o enredo composto pela autora cativando a atenção do leitor e o deixando cada vez mais instigado com os desfechos dessa história.
“A Sociedade Secreta” é o primeiro livro da série que a autora Catia Mourão criou, lançado em 2018 pela Ler Editorial nova parceria aqui do blog, a obra me proporcionou um momento bom de descontração, este meu primeiro contato com a escrita da autora foi incrível e despertou em mim como leitora uma curiosidade absurda.

Como mencionei no inicio dessa resenha já tem um bom tempo que não leio obras desse gênero, o último foi Grey e nunca mais tive a oportunidade de ler nada tipo, confesso que ainda gosto de leituras assim e mesmo com todo preconceito envolvendo essa questão, acredito que toda leitura é válida e nos estimula a pensar.

Os personagens criados pela autora possuem características específicas e ela trabalhou cada história sobre eles de forma individual e singular, uma das coisas que mais gostei foi a conexão feita por Catia entre esses personagens todos se interligavam de forma curiosa. Mesmo não se aprofundando muito nas vidas de seus personagens ela conseguiu despertar um interesse individual por cada um deles o que tornou a leitura cada vez mais fluída.

A escrita de Catia é simples de fácil entendimento e mesmo sendo um livro erótico e de ficção a autora vai muito além com exemplos de situações que facilmente presenciamos em nossa realidade, essa foi outra característica sobre a obra que me agradou muito. O final da leitura foi surpreendente outro ponto a ser discutido, durante todo o tempo eu tinha um final claro em mente para o livro e a autora mudou completamente minha visão.

Por fim se você gosto de livros hot e quer conhecer uma obra bem escrita, com personagens que nos prende essa dica é muito válida, espero que tenham gostado da resenha!

Xoxo

Catia Mourão é brasileira e vive no Rio de Janeiro.
É membro do Núcleo Acadêmico de Letras e Artes de Buenos Aires, e do Núcleo Acadêmico de Letras e artes de Lisboa.
Em 2015, a autora foi agraciada com a Comenda Leonardo da Vinci e imortalizada na Enciclopedia di Grandi Artisti, publicada simultaneamente no Brasil e na Itália, com uma página dedicada exclusivamente a sua obra, e integrou o grupo de autores brasileiros convidados a participar da 41ª Feira do Livro de Buenos Aires, no estande oficial do Brasil. Ainda menina, descobriu sua paixão pela literatura. Em 1997 escreveu seu primeiro livro, a novela romântica Elos do Destino, que foi reeditada em 2015 pela Ler Editorial e recentemente adaptada para roteiro cinematográfico. Catia também é autora da saga sobrenatural Mais Além da Escuridão, que já conta com três volumes publicados, além de um Spin Off, e da coletânea Contos e Poemas Góticos de Carlie Marie.

Título: A Sociedade Secreta|Páginas: 308|E-book|Gênero: Ficção Erótico|Editora:Ler Editorial|Skoob Comprar:Amazon|Minha Avaliação: 4/5
12 jan, 2018

Resenha Bela Gratidão Corey Ann Haydu

Bela Gratidão nos conta uma história linda, cativante e inspiradora isso já posso adiantar, da mesma autora de uma História de amor e toc, que inclusive quero muito ler, a obra nos mostra o cotidiano, os relacionamentos tudo muito relativo com a vida real.

Sinopse: Um romance sobre amadurecimento e a dureza de crescer em uma cultura que exige das mulheres nada menos que a perfeição. Corey Ann Haydu explora as complexidades da família, os limites do amor e quão duro é crescer em uma cultura que premia a beleza acima de qualquer outra coisa e cobra das mulheres nada menos que a perfeição. Uma leitura atual que dialoga direta e honestamente com a multiplicidade de questões enfrentadas por adolescentes e jovens no mundo todo – a confusão do primeiro amor, os dramas familiares e a construção da própria identidade no meio de toda essa loucura. O livro está cheio de personagens realistas, que tropeçam nos próprios medos e cometem erros com alguns dos quais é impossível não se identificar. Montana e sua irmã Arizona têm um pacto desde que a mãe as deixou: São elas duas contra todo o mundo. Com o pai sempre imerso em relacionamentos tóxicos e uma sucessão de madrastas essa foi a maneira que encontraram de seguir em frente. Mas agora que Arizona foi para a faculdade Montana se sente deixada pra trás e perdida, mergulhando em uma amizade vertiginosa e empolgante com a ousada Karissa. No meio disso tudo, Montana encontra uma distração em Bernardo. Resta saber se Montana têm a confiança necessária no que sentem um pelo outro para encaixar Bernardo na sua vida imperfeita.

“Bela Gratidão” tem como protagonista uma jovem de 17 anos chamada Montana, ela e sua irmã Arizona foram abandonadas pela mãe quando eram apenas crianças e seu pai um cirurgião plástico ficou responsável pela criação das duas. Entretanto ele não se saiu muito bem em seu papel de pai, e teve mais de quatro casamentos após a mãe das meninas o que era muito ruim para elas, ambas não tinham um exemplo a ser seguido e depois de mais velhas tiveram que se unir pra enfrentar esses conflitos emocionais e familiares, eram muito intimas e pensavam praticamente igual em relação a muitas coisas que o pai fazia. Até que um dia Arizona a irmã mais velha sai de casa para faculdade e muda muito seu jeito de ser, surpreendendo de forma negativa Montana.

“Não era perfeita. Mas é exatamente por isso que ela é tão linda. Meu pai nunca entendeu isso. Ele vê um terreno com flores do campo, acha que é lindo, mas também pensa em capinar todo o mato, lapidando tudo para torná-lo um jardim perfeito. Depois, ele se decepciona com o resultado.” (p. 90)

Montana desmorona ao ver que sua irmã se tornou tudo que um dia elas detestarão, isso faz com seu relacionamento com a irmã fique mais abalado sem contar que Montana ficou praticamente sozinha depois que a irmã foi pra faculdade e já carregava certa mágoa em relação a isso (confesso que algumas atitudes da protagonista soavam muito infantis e me deixou irritada em alguns momentos). Quando sua irmã foi morar em outra cidade pra estudar Montana buscou com todas as forças novas amizades no meio da busca encontrou Karissa na aula de teatro um linda moça de 23 anos que exalava maturidade, ambas se conheceram e se tornaram amigas porém Karissa fez com que o mundo de Montana desmoronasse mais vez.


“A questão é que as vezes poucas palavras são suficientes para resumir algo muito grande e incontrolável.”

Nem tudo nessa história é negativo, nossa protagonista conhece um jovem chamado Bernado é com ele que Montana pretende achar a chave pra ser feliz, eles se apaixonam e é muito bonito ver como se relacionam, a leitura é narrada em primeira pessoa e conhecemos toda a trama pelo ponto de vista de Montana, abordando temas fortes como conflitos familiares, mudanças, aceitação, abandono, e motivos pra continuar, com personagens muito reais a escrita te envolve e te conquista do inicio ao fim.
Bela Gratidão nos ensina a sermos gratos, pelo que temos, pela vida, a leitura é capaz de nos mostrar o quanto coisas pequenas atitudes minimas podem fazer diferença na vida de alguém, e o quanto devemos ser gratos por termos pessoas que nos amam a nosso redor, nossa protagonista nos dá um show de amadurecimento, crescimento pessoal e emocional que nos inspira para dias melhores.
Romance| 432 Páginas Editora Galera Record
|Compare & Compre: •Amazon| Classificação: 4/5| Skoob
01 jul, 2015

Resenha Eleanor & Park Rainbow Rowell

Sempre gostei de leituras que me proporcionasse algum tipo de ensinamento, e que junto a isso eu pudesse transmitir o que aprendi as pessoas que gosto e me relaciono, esse foi o ponto crucial da leitura de Eleanor & Park, aprendi muito, e quero passar isso a vocês. Espero que gostem da resenha.

Sinopse: Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, Geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.

Eleanor & Park é livro que retrata a história de dois adolescentes, eles se conhece no período escolar trata-se de um romance, porém tem muito drama na história desses jovens, contada de uma forma mais leve e tranquila a autora narra as dificuldades enfrentadas durante o relacionamento de ambos uma leitura cheia de lições, que aborda o preconceito e o bullyng praticado nas escolas. A leitura também relata a importância da família na vida de jovens como os personagens criados por Rainbow.

Eleanor vive uma realidade completamente diferente de Park, onde enfrenta dificuldade financeira, e um padrasto que não gosta dela, vivendo em casa com seus quatro irmãos e a mãe ela detalha coisas simples do nosso cotidiano que lhe fazem muita falta, e também o preconceito enfrentado na escola onde estuda. Por ser diferente da maioria das garotas Eleanor passa por muitas provações enquanto nova e isso mexe muito com leitor. Uma mãe submissa, um padrasto agressivo, as dificuldades com os irmãos  mais novos e a triste realidade financeira de sua família a obriga amadurecer mais rápido do que deveria.
“Não existem príncipes encantados, pensou ela. Não existem finais felizes. Ela olhou para Park. Dentro dos olhos verdes dele. Você salvou minha vida, ela tentou dizer. Não para sempre, não definitivamente. Provavelmente, só por certo tempo. Mas salvou minha vida, e agora eu sou sua. O que sou agora é seu. Para sempre”
 
A jovem conhece Park que também é diferente, porém mantem se distante de confusão e no inicio não acha uma boa ideia ser visto com ela, mais o destino tem uma pequena surpresa para eles, que começam a se apaixonar um pelo o outro.
Quando o padrasto da jovem descobre seu relacionamento com Park, ela decide que é hora de fugir, essa decisão implica na separação do jovem casal, o sofrimento entre eles é muito nítido  para leitor, um dos momentos mais emocionantes da leitura.
A autora abordou diversas questões sociais muito importantes o que tornou sua obra cada vez mais especial e importante, o livro é intercalado entre as narrativas dos personagens e da autora, gostei muito da maneira escolhida por Rowell para narrar sua história. É muito difícil não se sentir tocada pela leitura, me emocionei em muitos momentos.
Através de sua escrita a autora entregou sua proposta de forma magnifica, muito condizente com a realidade e ligada diretamente a ela seus personagens são mais que exemplos, são modelos a serem seguidos por muitos jovens. O livro tem um pouco de tudo amor juvenil, lições, paixão e muito mais, simplesmente adorei.
Espero muito que tenham gostado!
Título Original: Eleanor & Park|Gênero: Ficção, Drama|Páginas:328|
Editora: Novo Século|Minha Avaliação: 5/5