Posts arquivados em Tag: Trilogia

02 mar, 2019

[Resenha] O Verão Que Mudou Minha Vida-Jenny Han @intrínseca

O verão nunca foi minha estação preferida, até o momento minha visão sobre ele era de desconforto, mais Jenny Han com toda sua experiência e criatividade despertou um sentimento adormecido em mim há muito tempo. Fique menos frustada com o calor e senti aquele sensação de aconchego novamente lendo a obra “O verão que mudou minha vida”. o livro pode ser inicialmente descrito como reconfortante e alegre o que já nos desperta para uma história linda!

Sinopse: A vida de Isabel Conklin é marcada pelas férias de verão. As outras estações do ano são como um intervalo, dias que passam lentamente enquanto ela espera que o sol lhe traga de volta o que mais ama: o mar, descanso, diversão e, principalmente, Conrad e Jeremiah Fisher. Os garotos da família Fisher sempre estiveram ao lado de Belly em suas aventuras. Conrad é ousado, sombrio, inteligente. Já Jeremiah, é confiável, engraçado, espontâneo. Mesmo sendo tão diferentes, os três constroem uma amizade que parece inabalável. Apenas parece… Tudo muda quando, em uma dessas férias, Conrad demonstra sentir algo por ela. O problema é que Jeremiah faz o mesmo. À medida que os anos passam, Belly sabe que precisará escolher entre os dois e encarar o inevitável: ela vai partir o coração de um deles. Na trilogia Verão, acompanhamos Belly dos 15 aos 24 anos. Em meio a descobertas e mudanças, ela se apaixona, se envolve em um triângulo amoroso, entra na universidade e descobre que amadurecer também significa tomar decisões difíceis. Primeiros romances jovens de Jenny Han, os três livros são agora relançados pela Intrínseca, com novas capas e traduções inéditas. Skoob

“Belly” é uma jovem sonhadora com algumas paixões, na verdade são quatro ao todo, o verão, a casa de praia e o que vinha com ela, Jeremiah e Conrad, amigos desde pequenos, ela contava os dias e as horas quando verão se aproximava porque sabia para onde iriam e quem iria encontrar, quando já estavam na estrada e sua mãe dormindo no banco traseiro do carro enquanto Steve dirigia, Belly já imaginava como seria este verão e que muitas coisas tinham mudado inclusive ela tinha mudado e muito.

Elas eram tão familiares para mim quanto as que ouvia em casa, por isso sentia como se ja tivesse chegado ao nosso destino.

“Steven” era o irmão mais velho de Belly e vivia implicando com a jovem, neste inicio de verão não foi diferente mais com o passar dos dias na casa de praia as coisas ficaram estranhas e isso deixou Steven confuso, ele sempre foi muito amigo dos meninos Jeremiah e Conrad, neste ano em particular ele iria embora mais cedo, para visitar universidades com seu pai, como disse muitas coisas mudaram.

A casa de praia não era chique, era normal, habitável e confortável- com sofás de estofados velhos e desbotados e uma poltrona reclinável- eu e os meninos sempre brigávamos para ver quem ia se sentar nela.

“Jeremiah e Conrad” são unidos até certo ponto como irmãos e a vida dos dois esta uma verdadeira bagunça, eles tinham crescido assim como Steven e Belly, amadureceram mais algumas coisas na fase adulta machucavam demais, e os dois estavam passando por coisas deste tipo, Jeremiah sempre foi o mais divertido e alegre sempre fazendo piada de tudo e Steven ia na onda do amigo, o alvo sempre foi Belly desde pequena ela sofria com as brincadeiras dos dois. Conrad era mais reservado mais inteligente e esperto, porém não deixava de participar das algazarras de verão com seus amigos e se isso incluía zombar da irmã mais nova de Steven então que seja.

“Belly” sempre foi mais próxima de Jeremiah, eles tinham uma conexão diferente dos outros, eram amigos de verdade e não tinham segredos, a mãe dos meninos a adorava, Susannah era a melhor amiga da mãe de Belly e sempre se encontravam no verão para unir as “crianças” e se unirem na estação mais intensa do ano. Susannah nutria um amor de mãe por Belly dizia que a jovem era sua filha postiça e torcia para que ela ficasse com um de seus filhos, no fundo sabia que a doce menina gostava de Conrad desde sempre.

Este ano na casa de praia as coisas estavam diferentes, no inicio Belly não notou nada estranho, mais com o passar dos dias foi percebendo o quanto tinham mudado, todos eles, Steven menos que os outros ele ainda era o irmão chato e implicante, um pouco mais velho mais ainda era o Steven, Jeremiah ainda era divertido e alegre mais de forma diferente, já Conrad estava completamente sombrio e distante e quando as coisas ficaram complicadas ele só piorou tudo. O que Belly não sabia era o motivo de toda aquela mudança e isso a entristeceu e muito.Eu continuava sentindo exatamente a mesma coisa.

“Era como se eu estivesse no topo de uma montanha-russa, prestes a despencar”

Bells era uma menina meiga, delicada que passou a vida tentando se encaixar no grupo da casa de praia, sempre deixada de escanteio pelos meninos, ela ficavam chateada com a indiferença deles em muitos aspectos, mais como tudo na vida passa neste verão ela estava mais madura, mais bonita, com o corpo diferente, já tinha quase 16 anos e isso fez com que eles a vissem de outro jeito, demorou mais Belly conquistou a atenção do garotos e isso mudou sua vida.

” O que eu detestava era a sensação de ser diferente, de não pertencer ao grupo, eu detestava destoar dos outros , só queria ser como eles.”

Já li outra obra da autora emque ela trabalha uma outra estação, uma das minhas favoritas, o inverno, e maisuma vez me senti dentro dos cenários criados por ela, nesta obra pudecontemplar uma visão clara da praia , do mar, do sol e da alegria que envolviatodos na história.

O livro nos leva a um ambiente familiar, de amizade, amor e respeito, uma leitura inspiradora e motivacional até em alguns momentos, a escrita de Jenny é incrivelmente conquistadora, devorei cada capítulo ansiando por mais a  todo momento. O romance criado pela autora entre os personagens só tornava a história cada vez mais instigante.

Adorei a forma como a obra foi trabalhada, dividida em momentos atuais na casa de praia e lembranças da personagem principal de outros verões, dando uma visão clara dos acontecimentos das vidas de todos envolvidos, o drama vivido por eles me emocionou, especialmente tratando-se de algo tão delicado, me identifiquei com os jovens, com os sentimentos que a situação gerou neles, recentemente vivi algo similar e me senti exatamente como os personagens de Jenny Han.Fiquei deitada na cama, pensando que os romances de verão realmente começam e acabam rápido demais.

O livro se tornou um favorito para este ano, a edição que a editora publicou está linda, a capa possui um pequeno relevo na fonte que me lembra areia de praia, com cores vibrantes e ilustrações que remetem ao mar, uma edição linda com fonte e diagramação perfeitas.Uma das coisas que mais aprecio na escrita da autora é a forma misteriosa e de suspense que ela cria para os cenários de romance, sempre fazendo com que o leitor fique cada vez mais curioso sobre o relacionamento de Belly com seu atual namorado de verão, ou o que iria acontecer com Conrad?

Esse mistério me deixou maluca durante a leitura não vejo a hora de ler as demais obras e ver qual foi o destino deles.

Jenny Han nasceu na Virgínia, Estados Unidos, e cursou mestrado em escrita criativa pela New School. Sabe fazer um brownie perfeito, é ótima em inventar apelidos e tem paixão por livros de receitas. Sua série de TV preferida é Buffy – a caça-vampiros. Mora no Brooklyn, em Nova York.

Espero muito que tenham gostado da resenha, em breve volto aqui no blog e conto a vocês o que achei dos outros livros que compõem a trilogia, um grande beijo e até a próxima!

Original: The Summer I Turned Pretty  |Páginas: 233 | Gênero: Romance| Editora: Intrínseca |Ano: 2009/2019 |Minha Avaliação 5/5

22 set, 2016

Resenha Feitiço Da Sombra Nora Roberts

Sempre fui apaixonada por livros de bruxa e filmes também, isso já contei para vocês aqui no blog, por esse motivo resolvi então dar sequência na leitura da trilogia “Bruxa Da Noite” uma leitura extremamente fluída que amei realizar espero que gostem!

Sinopse:Com as lendas e tradições da Irlanda correndo em seu sangue, Connor O’Dwyer se orgulha de chamar o Condado de Mayo de seu lar. É lá que Branna, sua irmã, mora e trabalha e onde Iona, sua prima, encontrou o verdadeiro amor. Foi nessa terra que seus parentes e amigos formaram um círculo de proteção que nunca poderá ser rompido… Até que um beijo põe em risco a segurança de todos. Depois de um breve encontro com a morte, Connor e a melhor amiga de sua irmã se entregam um ao outro. Muitas mulheres passaram pela cama de Connor, mas nenhuma havia descoberto o caminho para seu coração. Meara tem olhos escuros, pele morena – herança do lado cigano de sua família – e corpo de deusa. Os rumos dela e os de Connor se cruzam diariamente. Ele leva turistas em caminhadas para observar falcões. Ela os guia em cavalgadas pelo campo. Eles se dão bem desde a infância e, depois do tórrido encontro, o rapaz tem esperança de que esse relacionamento evolua. Para frustração dele, no entanto, Meara se contenta apenas com o prazer do momento, temendo se perder – e perder a amizade dele. Essa mudança em sua relação pode abalar o círculo e permitir que uma perigosa ameaça ressurja aos poucos, como uma névoa. Para detê-la, Connor precisará novamente da família e dos amigos para despertar a força e a fúria que correm em seu sangue. Quem sabe pela última vez

Neste segundo livro temos a oportunidade de voltar no tempo e ver como estão os primogênitos da bruxa da noite, Sorcha, aquela que deu a vida para acabar com o bruxo das trevas Cabhan e infelizmente fracassou deixando está terrível missão para seus filhos e os seus. Já em um segundo momento retornamos aos primos O’Dwyers Connor, Branna e Iona, que junto de seus amigos fieis Boyle e Meara terão que tentar novamente por fim a vida de Cabhan, sua primeira investida contra o bruxo não foi bem sucedida em A Bruxa Da Noite livro 1 desta trilogia, eles continuam contando com Fin um bruxo sábio e amigo fiel de todos, que possui o sangue de Cabhan depois que foi marcado no passado.

“Feitiço Da Sombra” trás para nós a história mais detalhada de Connor irmão de Branna, ele inicia um romance com Meara melhor amiga de sua irmã que cresceu ao lado deles mantendo uma amizade fiel e sincera e disposta a tudo para defender seus amigos amados, Connor e Meara começam seu relacionamento depois que Cabhan armou uma emboscada para Connor o ferindo gravemente, ao notar que sua vida poderia ter sido tirada meara se joga nos braços do jovem bruxo e o beija ardentemente, ele a corresponde e a partir dai tornam-se um só e deixam o amor tomar conta de tudo que lhes tiram o sono.

Notando esse sentimento puro e sincero o bruxo das trevas resolve tirar proveito dessa situação, colocando constantemente a vida de Meara em risco com intuito de atingir Connor e os outros, ele a deseja e fará de tudo para possui-la, mais seus amigos estão preparados e já arquitetam um plano para acabar com Cabhan, no entanto nada é garantido o que torna a leitura cada vez mais intensa e interessante ao mesmo tempo, nos vemos em uma batalha do bem contra o mal e notamos a força que a amizade e família pode trazer as pessoas claramente com esse livro.

Connor busca informações em seus sonhos com os filhos de Sorcha seus primos e herdeiros do poder assim como ele, todos se protegem da maneira como consegue das investidas do bruxo maligno e lidam ainda com seus conflitos internos como a aceitação do amor e a oportunidade do perdão aos que os feriram.

Como já imaginava o livro foi surpreendente em alguns quesitos e simplesmente continuo apaixonada por essa história composta por três livros, não vejo a hora de ler o terceiro e entender como acaba essa trama fantástica.

A escrita de Nora Roberts é singular em muitos momentos me vi presa em cenários que a autora criou, consegui imaginar os lugares visitados pelos personagens, e por falar nisso a maneira como a autora lida com os protagonistas deste livro é incrível e nos anima com o relacionamento do dois. Foi uma leitura muito rápida e poderosa ao mesmo tempo.

Espero que tenham gostado, beijos até a próxima.
Título: Feitiço Da Sombra|Gênero: Fantasia|Páginas:288|
Editora: Arqueiro Minha Avaliação: 4/5