ASSINE A NEWSLETTER/NOVIDADES POR E-MAIL

Resenha O Lado Bom Da Vida Matthew Quick

Quando passamos por muitos problemas e perdemos pessoas que amamos, as coisas em nossa mente podem se tornar confusas e difíceis, "O Lado Bom Da Vida" é o tipo de leitura que nos ensina como lidar com essas situações.


Sinopse: Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele 'lugar ruim', Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um 'tempo separados'. Tentando recompor o quebra-cabeça de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com o pai se recusando a falar com ele, a esposa negando-se a aceitar revê-lo e os amigos evitando comentar o que aconteceu antes de sua internação, Pat, agora viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida.

Pat nosso protagonista é professor e estava internado em uma clínica psiquiátrica, sua memória esta muito confusa e ele não se lembra direito os motivos que o levaram para lá, o que ele recorda é de uma briga com sua esposa e um pedido para ele se afastar um pouco dela. Pat tem alta do hospital onde estava e procura seus pais pois não tem lugar para morar no momento. Esse período que ele está longe de Nikki se chama "tempo separados" ele o nomeou assim porque acredita profundamente que irá voltar para sua mulher, ele está determinado a mostrar que merece uma nova chance.


Para alcançar seu objetivo Pat começa a fazer coisas das quais não fazia antes quando casado, ele se exercita, lê muito e tenta ser gentil mesmo quando é difícil. Ele está confuso não consegue se lembrar dos fatos que o levaram até ali e seus amigos e família não conversam com ele sobre o passado.

No meio do caminho a essa reconquista ele conhece Tiffany e cria uma laço de carinho e compreensão que só o amor é capaz de explicar, como Pat se tornou viciado em atividades físicas os dois correm juntos de manhã cedo, no inicio ele nega a presença da mulher que também passou por problemas difíceis depois que seu marido morreu e vive a base de calmante, porém com a convivência com seu mais novo amigo a viúva descobre que existe um outro lado da vida.


O livro é extremamente envolvente, os personagens possuem uma mente peculiar diferente do que estamos habituados e isso torna a escrita e história diferenciada, adorei a forma como a obra foi narrada instigando o leitor o tempo todo.

Com uma adaptação para os cinemas a leitura nos mostra um romance incrivelmente motivacional e inusitado, duas almas perdidas em suas dores que se encontram na dança com um único objetivo recomeçar, a sensação de liberdade ao ler esta obra é sensacional.

Uma escrita fluída com pitadas de drama tornam o livro muito especial em vários momentos, gostei muito da história de Matthew. Espero que tenham gostado da resenha!

Um grande beijo e até a próxima!

Título Original: O Lado Bom Da Vida|Gênero: Ficção|Drama|Páginas:256|
Editora: Intrínseca|Minha Avaliação: 4/5

14 comentários

  1. Oi!
    Eu adoro o Matthew Quick, acho seus livros muito eficazes em abordar nuances das personalidades humanas. Já faz alguns anos que li O Lado Bom da Vida mas até hoje me recordo dele com carinho, foi um livro do qual gostei muito e sempre que possível o recomendo também.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Eu conheço o livro, mas não cheguei a ler, e nem ao filme eu vi. Confesso que não me empolguei tanto com a história, e apesar da boa resenha, continuo sem muito interesse pelo enredo.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  3. Olá

    Nunca li a obra e não é por falta de exemplar, porque eu tenho hahaha.
    Só assisti ao filme e adorei a atuação dos atores principais e principalmente a delicadeza que trataram assuntos fortes e marginalizados na sociedade.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oiii, tudo bem?
    Apesar de ter apenas assistido ao filme, com toda certeza também adoraria ler essa obra, a edição ficou maravilhosa e no livro deve ter mais detalhes. Lindas fotos <3
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Que resenha linda! Eu vi o filme e gostei muito, comprei o livro há séculos mas ainda não li, fico contente em saber que você curtiu a leitura.

    ResponderExcluir
  6. Lembro de ter lido o livro depois que lançou o filme, já que tive contato com a adaptação primeiro. Porém, gostei muito mais da obra. O filme não conseguiu me passar toda a emoção do livro e até os personagens me conquistaram mais na versão original. Tinha muita vontade de ler outras obras do autor, mas confesso que até hoje não li mais nada dele.

    www.sonhandoatravesdepalavras.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu adoro esse autor, mas não consegui gostar desse livro.
    A Adaptação fluiu um pouquinho melhor por aqui, mas mesmo assim, ainda não curti tanto =/
    As fotos ficaram linda =D

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  8. é uma história cativante que mostra que nem tudo está perdido, sempre podemos renascer para as possibilidades que o universo oferece

    ResponderExcluir
  9. Olá, eu acabei vendo apenas a adaptação e não li o livro, mas foi suficiente pra encher o meu coraçãozinho, me deixou super animada e me deu um ar novo para questões da minha vida pessoal e meus transtornos, sabe? Muito boa sua resenha!

    ResponderExcluir
  10. Olá!

    Confesso que tinha um grande desejo de ler esse livro, porem, depois que assisti ao filme, fiquei completamente desmotivada. Achei a historia incrível, porem o enredo um pouco parado demais e isso é algo que prejudica e muito a leitura para mim.

    Entretanto, gostei muito de saber a sua opinião e vou levá-la em consideração, prometo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi.

    Não li o livro mas já assisti o filme (obvio, o livro deve ser bem melhor) e gostei bastante. Um livro sobre perdas e ganhos, e como uma coisa pode acabar gerando outra muito melhor, adorei sua resenha.

    www.paginasamais.com

    ResponderExcluir
  12. Eu tô a séculos para ler esse livro. Eu vi o filme a amei demais, como você falou, ele trás uma perspectiva diferente e isso é ótimo, já que ultimamente parece que os livros tem a mesma receita de bolo sempre.

    Sem contar que, pelo menos no livro, o Pat e a Tiff são maravilhosos, né? Mesmo com todas as merdas que aconteceram.

    --
    https://thereviewbooks.com.br
    #tehreviewbooks | @thereviewbooks
    �� Ganhe um Big Rock da Lauren Blakely autografado.

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Tenho esse livro aqui na estante desde que foi lançado e ainda não consegui pegar para ler, acredita? Sempre que leio uma crítica do filme ou do livro, fico mega curiosa em conhecer esses personagens e seus dramas. A força de vontade de superar as perdas e separações, sem dúvida irei ler ainda esse ano. ótima resenha!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Eu li este livro já faz algum tempo e adorei também. Tem outros livros do autor que tenho muita vontade de ler apesar de que na época, achei a escrita dele meio entediante haha. Mesmo assim adorei a história de Pat e o romance que se desenvolveu ao longo da trama

    ResponderExcluir

Seja bem vindo, seu comentário é muito importante para nós, é um imenso prazer interagir com vocês!