Destaques

Newsletter Novidades Do Blog

30 de janeiro de 2018

Resenha Aníur A Ruína Está Próxima Esther Moratto

Aníur foi uma das leituras que mais me surpreendeu agora em janeiro, uma história que se divide entre o amor e a destruição de uma cidade, o livro é sem sombra de dúvida criativo e envolvente, existe alguns pontos que precisam ser melhorados e vou contar pras vocês um pouco sobre essa história e o que achei de forma geral.

As Boas Intenções têm sido a ruína do mundo. As únicas pessoas que realizaram qualquer coisa foram as que não tiveram intenção alguma. -Oscar Wilde.

Sinopse: Jake e Meg são jovens recém-casados e teriam um belo futuro pela frente. Mas não contavam com uma grande catástrofe, que poderia acabar com suas vidas. Um terremoto abalou a cidade em que vivem e uma doença misteriosa surgiu logo após o incidente. Será que isso seria o fim do mundo? Descubra nesta história agoniante, que te prenderá do começo ao fim.


Meg e Jake acabaram de se casar estão muito apaixonados e vivendo intensamente esse amor até que Jake precisa viajar a trabalho e deixa Meg sozinha pela primeira vez, Meg foi criada pela pai, sua mãe morreu quando ela era jovem ainda e o pai a criou com muito amor e cuidado, por ter sofrido essa perda irreparável a jovem tinha certo receio sobre a vida, e quando seu marido precisou viajar ela ficou preocupada mais sabia que era necessário, o que nenhum dos dois poderia prever é que a cidade sofreria um terremoto, quando isso aconteceu Meg foi retirada de seu apartamento e levada ate a quadra de uma escola onde estavam sendo colocados os sobreviventes.


Na escola Meg estava a principio sozinha e muito apavorada sem saber o que fazer e nem como iria avisar seu marido entrou em desespero vendo aquelas pessoas todas machucada pedindo ajuda sofrendo, uma senhora muito gentil se aproximou de Meg e tentou acalma-la, enquanto isso Jake desembarcava do avião após receber a noticia de que a cidade tinha sofrido um terremoto seu único objetivo era encontrar sua esposa, tanto Meg quanto Jake não poderiam imaginar tudo que ainda estavam por vir e se agarraram ao amor que sentiam um pelo outro para sobreviver e se reencontrar novamente.


"Aníur" foi uma leitura reveladora em muitos aspectos, a escrita da autora nos envolve, e sua criatividade me surpreendeu, confesso que imaginei ser apenas um livro que tratava de um romance superficial entretanto a autora conseguiu unir amor a destruição e luta por sobrevivência em uma só história, quando nos aprofundamos na leitura fica muito claro o que a estória quis passar, um possível ataque químico a uma cidade com pessoas inocentes me deixou com uma pulga atrás da orelha a respeito do quanto isso possa a vir se tornar real em nossas vidas.


Entretanto como leitora fiz algumas anotações mentais de coisas que me incomodaram no livro de forma geral, em um trecho onde a autora descreve uma jovem baixa de cabelos cacheados e gordinha e utiliza a palavra "mais" com um sorriso lindo, fiquei imaginando que poderia ter sido colocado de forma diferente para não soar preconceituoso ou grosseiro com pessoas gordinhas, baixas e de cabelo cacheado, o cuidado na hora de descrever um personagem é fundamental o "mais" poderia ter sido facilmente substituto pelo "e com um sorriso lindo", outra coisa que me chamou muito atenção é que a passagem de narrativa ora feita por Meg a personagem principal, outras vezes feita por Jake seu marido, e o Zou um personagem forte e perspicaz que autora incluiu no livro de forma inteligente, essas narrativas contadas por eles se tornaram cansativas para o leitor, massantes, não identifiquei muitos diálogos entre os personagens de fato foi o que mais senti falta na leitura.


O livro nos apresenta um leque bem amplo de situações vividas pelos personagens e confesso que me senti dentro daquele cenário conforme passava os capítulos conhecíamos um pouco mais da história intensa que a leitura nos apresenta acredito que a autora conseguiu passar exatamente o que queria e entregou ao leitor uma bela ficção que se fosse bem adaptada merecia um filme.

Espero que tenham gostado, um grande beijo e até a próxima!

Ficção Nacional| 219 Páginas Young Editorial|Compare & Compre: Submarino • Saraiva •Amazon Classificação: 4/5Skoob 

Comentários via Facebook

0 comentários ❤. Comente Também!:

Postar um comentário

Olá é muito importante sua opinião por aqui, fico muito feliz em interagir com vocês.

Publicidade

iunique studio criativo

@motivacaoliteraria

© Motivação Literária – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in