[Resenha] A Deliciosa História Da França Stéphane Hénaut e Jeni Mitchell @seoman

21 de junho de 2020Michelle

Falar sobre comida é algo muito bom, porém abordar comida e bebida em um contexto histórico foi melhor ainda, minha experiência com “A deliciosa história da frança” foi muito positiva e trouxe novas perspectivas. A obra mostra a trajetória do país e sua culinária marcante e muito apreciada. A ideia desse livro foi proporcionar ao leitor as histórias por traz dos queijos, vinhos e diversos alimentos franceses que marcaram momentos e passagem da França.

Sinopse: Da receita do cassoulet, que venceu uma guerra, até o crepe, que derrotou Napoleão; das revoltas provocadas por pão e sal até as novas culinárias forjadas pelo Império, a história da França está estreitamente ligada a aventuras gastronômicas. Por meio de uma investigação espirituosa dos fatos e lendas que envolvem alguns dos pratos e vinhos franceses mais populares, A Deliciosa História da França nos conta a intrigante, e muitas vezes surpreendente, história da França desde a era romana até os tempos modernos. Escrito por um especialista em queijos franceses e uma intelectual norte-americana, Ph.D. em estudos militares pelo King’s College London, na Inglaterra.

Stéphane Hénaut se meteu em uma grande enrascada que no final das contas resultou na escrita dessa obra incrível com diversas histórias curiosas, você deve esta se perguntando do que estou falando, vou explicar! A  ideia de escrever um livro sobre as comidas de um lugar tão conhecido surgiu de um pequeno plano de Stéphane Hénaut que trabalhava com queijos de todos os tipos antes de conhecer Jeni Mitchell  e se casarem, quando já estavam morando juntos Stéphane percebeu que o fato dele levar os queijos com os quais trabalhava para casa poderia gerar uma possível ameaça a sua relação, todo mundo sabe que queijo fede né gente, agora imagina uma porção de todos os tipos dentro de casa era confusão com a esposa na certa.

Então o inteligente Stéphane começou a agregar histórias a origem dos queijos, como eles foram feitos, de onde surgiram, a região que pertenciam e isso gerou em Jeni Mitchell  uma curiosidade sobre eles que se estenderam a outras comidas e vinhos tradicionais.

“Jen, então, começou a alimentar a ideia de que se pudéssemos reunir todas essas histórias segundo seu contexto histórico e sociais”

O casal então passou a trabalhar em conjunto através de pesquisas das mais diversas formas de cozinha e visitas a vários restaurantes, agregando cada vez mais valor a escrita das histórias e reunindo o maior número de histórias por trás da alimentação local. Através desse árduo trabalho realizado por eles o leitor tem acesso a um arsenal de informações e histórias antigas, por exemplo é possível descobrir que antigamente os franceses gostavam muito mais de cerveja do que de vinho. Também conhecemos a origem do armazenamentos das diversas bebidas servidas no país.

Somo introduzidos ao passado desse lugar incrível, conhecemos antigas culturas e povos e os autores traçam sua escrita de forma muitas vezes bem humorada e fluída o que leva o leitor a querer cada vez mais histórias, aprendemos a origem dos insumos usados para cada alimento ou refeição.

O livro também trás história diretamente ligadas a guerra e como se deu todo o processo de vitória dos povos envolvidos, nesse período a comida teve um valor muito importante na história! Por fim é claro conhecemos muito sobre os queijos, sua origem e produção, a obra é muito completa não poderia em poucas palavras descreve-la. Seu conteúdo é muito mais amplo do que o que mencionei nessa resenha, sem dúvida uma leitura que recomendaria a todos que apreciam esse tipo de literatura.

Sobre os autores

Stéphane Hénaut foi criado em Frankfurt (Alemanha) e Nantes (França), antes de se mudar para Londres (Inglaterra) e iniciar uma abrangente carreira culinária. Trabalhou, inclusive, na fromagerie da Harrods e preparou pratos para os banquetes do prefeito de Londres. Depois, voltou com a família para Nantes, onde vendia legumes exóticos em uma fruiterie francesa, antes de entrar para uma das mais requintadas fromageries de Berlim.

Jeni Mitchell passou boa parte de sua vida adulta em Washington, DC, nos Estados Unidos, trabalhando como pesquisadora e editora de assuntos estrangeiros, antes de se mudar para Londres e iniciar seu curso universitário. Conheceu Stéphane no primeiro dia em Londres; quatro anos depois, casaram-se. Tem PhD em Estudos Militares pelo King’s College London, onde é professora-assistente em Guerra Civil, Insurreição e Rebelião.

Espero muito que tenham gostado da resenha!

Xoxo

Título Origina:A Bite-Sized History of France|Páginas: 415|Gênero: Gastronomia/História|Editora: Seoman|Minha Avaliação:5/5|Comprar: Amazon

Ps: Os links deste post são afiliados, comprando por eles vocês contribuem com meu trabalho, pois ganho um pequena comissão e isso não interfere no valor da compra de vocês! 🙂

 346 total views,  2 views today

Comments (6)

  • Ana Caroline Santos

    27 de junho de 2020 at 08:16

    Olá, tudo bem? Como uma futura atuadora da área alimentícia, livros do estilo sempre foram do meu interesse, ainda mais que amo também saber mais sobre a história por trás das coisas. Não conhecia o livro, mas fiquei contente pelo que posso esperar do conteúdo e toda a pesquisa por trás. Com certeza dica anotada!
    Beijos

  • Kênia Cândido

    27 de junho de 2020 at 14:43

    Oi Michelle.

    Este livro deve ser bem interessante, especialmente para descobrir mais sobre o queijo em torno da origem e a produção. Não conhecia e pela sua opinião fiquei com vontade. Obrigada pela dica.

    Bjos

  • Thainá Christine

    29 de junho de 2020 at 16:06

    Olá!
    Achei bem interessante a proposta desse livro, ainda mais porque juntar comida com história e literatura é uma mescla incrível, né? Eu nunca li nada parecido, ao menos não me lembro, e por isso super leria esse, até porque eu adoro conhecer novas histórias e sou apaixonada por saber a origem de tudo. Ótima dica!

  • Clayci Oliveira

    8 de julho de 2020 at 10:13

    Essa leitura deve ter sido uma experiência incrível. Amo comida e ver isso em um contexto histórico deve ser fascinante. Ainda mais França <3 Não conhecia o livro e já quero.

  • Mara Santos

    9 de julho de 2020 at 17:38

    Eu não conhecia esse livro e fiquei encantada por tudo… E como você disse, comida e bebida juntos é perfeito!!!

    Amei a dica!

  • Beatriz Andrade

    15 de julho de 2020 at 21:54

    Eu gosto bastante de livros que tragam tantos detalhes culturais e nos permitem conhecer mais sobre outros países. Fiquei bem curiosa com esse, parece ser uma ótima leitura

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Post Anterior

I share with you (Junho 2020)

16 de junho de 2020

Próximo Post

[Resenha] Coragem Raina Telgemeier @intrínseca

21 de junho de 2020
error: Content is protected !!