[Resenha] CEM @intrínseca

20 de outubro de 2019

Ler livros desse gênero é algo sensacional para nos inspirar, nos ensinar, nos proporcionar reflexões e aprendizado que ao meu ver faz toda a diferença. Recebi Cem com o a caixinha número 12 do clube intrínseco, que estava completando um ano de vida e mandou a caixinha com brindes incríveis um deles foi esse livro maravilhoso.

Sinopse: Uma jornada colorida e poética pelos prazeres e desafios da vida, ano a ano, em todas as idades.Cem é sobre tudo o que a vida nos traz: a primeira cambalhota, o primeiro amor, a primeira vez que tomamos um café, a descoberta eterna de que o mundo é sempre mais imenso do que imaginamos. Suas frases curtas e ilustrações coloridas percorrem ano a ano as transformações que nos tornam quem somos, mostrando que mesmo que muitos aniversários já tenham passado, é possível ainda não ser adulto, e que, amadurecendo, percebemos que o tempo é não apenas precioso, mas também condescendente: até o fim, ele nos dá espaço para viver. Sensível combinação de arte, reflexão e poesia, Cem deve ser saboreado página por página, seja aos poucos ou de uma vez só – é daqueles livros que ficam para sempre conosco e que, a cada compasso do tempo, ganham uma dimensão completamente nova.

Cem é uma obra possível de ler bem rápido, criada por Heike Faller e Valerio Vudali, com muitas ilustrações que cá entre nós são lindíssimas, o livro possui pouca escrita mais seu conteúdo é muito grandioso, através dele acompanhamos a trajetória de uma personagem singular, esse personagem passa por muitas etapas na vida será que você consegue adivinhar quem é ele?

O livro fala sobre nossa própria trajetória, tudo que vivemos e passamos do zero aos cem anos e foi tão singular e ao mesmo tempo tão claro ler e ver aquelas ilustrações sobre nossa evolução, eu simplesmente amei a experiência, me emocionei com algumas passagens da obra e fiquei encantada com seu processo de escrita.

No final da leitura a autora conta os detalhes de como começou a escrever Cem, e suas experiências foram transmitidas no livro uma das coisas que mais apreciei na leitura.

O livro é uma ótima dica para nos relaxar, nos fazer pensar um pouco na vida, nos ensinar certas coisas no caminho, e a criatividade foi uma característica marcante durante a leitura, que mesmo falando sobre coisas corriqueiras se tornou especial a cada página.

Recomendo muito CEM para todas a pessoas que gostam de ler, que buscam algo positivos em suas experiências literárias e que apreciam boas ilustrações assim como eu.

Espero que tenham gostado da resenha

Xoxo

Título Original: Hundert|Páginas:208|Gênero: ficção alemã|Editora: Intrínseca|Minha Avaliação: 5/5|Comprar: Amazon, Submarino

Ps: Os links deste post são afiliados, comprando por eles vocês contribuem com meu trabalho, pois ganho um pequena comissão e isso não interfere no valor da compra de vocês! 🙂

Previous Post Next Post

Você também pode gostar

1 Comment

  • kenia candido

    Oi Michelle.

    Eu não conhecia este livro, mas pela sua resenha ele teve proporcionar uma leitura cheia de reflexões e momentos para relaxar. Adorei a dica literária. Vou adicionar na minha lista de desejados, pois além da sua resenha me deixar curiosa, as fotos que você deixou, estão lindas.

    Bjos

    28 de outubro de 2019 at 17:21 Reply
  • Leave a Reply