[Resenha] Como O Cérebro Cria – David Eagleman e Anthony Brandt @intrínseca

11 de maio de 2020Michelle

“O poder da criatividade humana para transformar o mundo”

A leitura desse livro foi tudo que eu esperava dela, não posso dizer que me surpreendi porque realmente encontrei o  que buscava na obra, e isso foi muito gratificante, adorei cada capítulo, cada história, cada descrição e explicação que contém em “Como o cérebro cria”. Espero que vocês gostem da resenha e assim como eu apreciem a leitura!

Sinopse:Unindo arte, ciência e cotidiano, neurocientista e compositor exploram origens e processos por trás da inovação em um livro que deu origem a série de mesmo nome disponível na Netflix O que guarda-chuvas, sinfonias, viagens espaciais, estádios de futebol, os quadros de Picasso e o calendário têm em comum? Todos foram concebidos, desenvolvidos e aperfeiçoados pelo poder da criatividade humana. Em um passeio pelas criações que tornaram o mundo o que ele é hoje, o compositor Anthony Brandt e o neurocientista David Eagleman explicam os elos entre a criatividade na arte, na ciência e na tecnologia e mostram as rotinas básicas do “software da inovação” em funcionamento. Descrevendo as ferramentas e as estratégias responsáveis pela irrefreável inventividade de nossa espécie, Como o cérebro cria oferece inúmeros exemplos de como todos os atos criativos resultam das mesmas operações cerebrais aplicadas a algo que já existia. Neste mergulho profundo na mente criativa, Eagleman e Brandt tentam responder à pergunta: O que está por trás da capacidade — e do desejo — dos seres humanos de inventar? Ao mesmo tempo uma celebração do espírito humano e um vislumbre de como podemos melhorar o futuro ao abraçarmos nossa criatividade, o livro apresenta surpresas e curiosidades, além de dicas sobre como produzir ideias de sucesso. Skoob

“Como O Cérebro Cria” é uma abordagem muito ampla e cientifica de como nosso cérebro trabalha em diversas situações, a leitura nos mostra alguns aspectos muito importantes no processo de criação de algo, seja ele novo ou adaptável. Os autores trabalharam nessa leitura para ensinar o leitor através de exemplos muito singulares as diversas maneiras que o ser humano é capaz de criar ou administrar com sua mente.

O mundo se desgasta á medida que se torna conhecido; o que está em primeiro plano passa para segundo plano.”

O livro tem uma proposta peculiar de mostrar como a criatividade traz boas consequências, e é através de histórias reais e exemplos já vividos pela humanidade que o autores escreveram a obra, no livro os mesmo relatam como situações que marcaram o mundo foram concebidas através da criatividade e a lições por trás de toda essa narrativa são incríveis para o leitor.

Sobre a escrita

A obra foi dividida em três partes, na primeira a obra apresenta nossa necessidade de criar, a forma como isso acontece, e o benefícios que isso nos traz ao longo da nossa jornada. Na segunda parte da leitura os autores vão um pouco além explorando as características de uma mente criativa e como ela se desenvolve. Na parte três a escrita foi dedicada as empresas e salas de aula, mostrando como estimular a criatividade nesses ambientes.

A escrita dos autores foi baseada em muitas pesquisas e estudos trazendo uma leitura rica em conhecimento, história reais, exemplos de casos já ocorridos mundialmente o que tornou tudo mais interesse para o leitor. De um jeito fluído a narrativa corre tranquilamente.

A leitura não traz apenas ensinamentos de como ser criativo, mais nos mostra a origem disso em nosso cérebro, como todo o processo de criação acontece e quais as maneiras que nossa mente utiliza para realização da criatividade, uma excelente dica de leitura para todos, mais acredito que em especial para criadores de conteúdo assim como eu, minha experiência não poderia ter sido melhor com a obra.

Finalizando

O livro deu origem a um documentário disponível no netflix que rendeu boas críticas por toda a internet, estou mega curiosa para assistir, nesse documentário segundo minhas pesquisas, os autores entrevistaram diversas pessoas a respeito da criatividade envolvida em cada um. Eles são músicos, escritores, arquitetos, atores entre outros.

Espero muito que tenham gostado da resenha!

Xoxo

Título Original: The Runaway Species|Páginas:349|Gênero:Não ficção|Editora: Intrínseca|Minha Avaliação:4/5|Comprar: Amazon/Submarino

 

Comments (11)

  • Larissa Dutra

    19 de maio de 2020 at 14:37

    Olá, tudo bem? Não conhecia esse livro ainda, mas achei a proposta muito bacana e fiquei curiosa para ler, deve ser bem interessante ler sobre o processo de criação do cérebro. Adorei a resenha e as fotos!

    Beijos,
    Duas Livreiras

  • Alisson Gomes

    19 de maio de 2020 at 17:49

    Oi michelle!!

    Menina eu não conhecia esse livro, adorei sua resenha porque conseguiu mostrar de forma sucinta sobre o que o livro trata, devo dizer que fiquei bem curioso sobre o mesmo, fiquei nunca vontade de conferir e ao mesmo tempo com o pé atrás, porque esse não bem o gênero favorito de leitura!! Mas que bom que você encontrou nessa leitura o que procurava e não saiu decepcionada.

    Beijos!
    Eita Já Li

  • Viviane

    21 de maio de 2020 at 14:23

    Olá Michelle, como vai? Esse ano resolvi ler alguns livros sobre Desenvolvimento Pessoal, gostei muito dos dois primeiros que li e já estou adicionando esse a minha lista. Nunca tive preconceito com esse gênero literário mas, sei que algumas pessoas acham desnecessário a leitura dele, gosto de aprender mais sobre mim e principalmente, meu cérebro. Obrigada pela dica!

    Viviane Almeida
    Resenhas da Viviane

  • kênia Cândido

    21 de maio de 2020 at 14:28

    Oi Michelle.

    Eu não conhecia este livro e pela sua resenha eu gostei da dica. Vou adicionar na minha lista para conhecer a proposta que ele tem para oferecer. Também gostei de saber que ele deu origem ao documentário na Netflix. Obrigada pela dica.

  • Gleydson

    22 de maio de 2020 at 12:43

    Olá, como vão as coisas?

    Que capa linda! Ainda não conhecia a obra e, confesso, que é um dos gêneros que não costumo ler, porém, ultimamente eu tenho tentado sair da minha zona de conforto. Essa foi uma ótima dica e eu irei, com certeza, pesquisar mais sobre e ver se o adquiro.

    Abraços!
    http://www.acampamentodaleitura.com

  • Vanessa Vieira

    23 de maio de 2020 at 00:43

    Estou enlouquecida por este livro! Sério mesmo! Quanta coisa bacana ele trata!!! Necessito desta obra mais que Urgente!!! Lá se foram minhas economias! srrsrsr

    Um abraço pra ti! Valeu pela super dica!

  • Aline Coelho

    23 de maio de 2020 at 20:20

    Nossa que interessante, fiquei mega curiosa. Até procurei na netflix mas não achei
    Vou salvar o nome do livro e comprar em breve.
    Sua postagem ficou maravilhosa, fotos lindas, opinião objetiva mas sem deixar nenhuma parte de suas impressões de lado. Adorei.
    Beijos. Desejo ótimas próximas leituras!!!

  • Maria Luíza Lelis

    24 de maio de 2020 at 23:25

    Oi, tudo bem?
    Eu já ouvi falar sobre esse livro, mas confesso que não é meu estilo de leitura. Eu até acho o tema interessante, por explicar o funcionamento do cérebro, como é o processo de criação e a forma como as mentes criativas funcionam. Porém, quando eu busco uma leitura, quero um livro para me distrair e sempre acabo optando por ler ficção. Mas não sabia que o livro deu origem a um documentário. Vou dar uma olhada depois na Netflix e ver se eu me animo para pelo menos assistir.
    Mas amei ler sua resenha e conhecer sua opinião sobre o livro. Espero que goste do documentário também.
    Beijos!

  • Mara Santos

    25 de maio de 2020 at 16:55

    Oi, Michelle!

    Apesar de estudar um pouco sobre isso na faculdade, acredito que o livro pode me acrescentar ainda mais conhecimento. Eu não conhecia ele e achei a abordagem super interessante e fiquei curiosa!!! Apesar de amar os livros para me distrair, também amo leituras que me trazem conhecimento! Obrigada pela dica!

  • Clayci Oliveira

    26 de maio de 2020 at 11:58

    Eu tenho me aventurado mais nos livros de não ficção. Gosto da série e de leituras com essa temática, ajuda e muito no desenvolvimento pessoal. Gostei das suas considerações e me interessei por ele

  • Leticia Rodrigues

    31 de maio de 2020 at 23:34

    sempre que vejo obras desse tipo tenha a ideia de que são obras mais voltadas a auto ajuda. mas acho bacana falarem de cerebro de modo acessível e estimulando a leitura e comrpeensão.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Post Anterior

[Resenha] O Método Fair Play Eve Rodsky @bestseller

8 de maio de 2020

Próximo Post

[Resenha] Uma Luz No Outono Carrie Elks @veruseditora

22 de maio de 2020
error: Content is protected !!