[Resenha] Descender Estrelas De Lata Vol-1@intrínseca

23 de dezembro de 2019Michelle

A leitura dessa linda HQ foi um presente bem singular agora para o fim de ano, eu não costumo ler livros com ficção científica todas as minhas tentativas de aderir esse gênero foram fracassadas, entretanto achei bacana tentar mais uma vez só que em um formato diferente, o resultado foi positivo e adorei a experiência.

Sinopse: A parceria entre os conceituados Jeff Lemire e Dustin Nguyen, dois dos nomes mais célebres dos quadrinhos, resultou em uma graphic novel incomparável, uma odisseia cósmica eletrizante e soturna que trata de temas complexos, como intolerância, medo, política e a relação muitas vezes conflituosa entre humanos e tecnologia. O primeiro volume, Descender: Estrelas de Lata, reúne os fascículos 1 a 6 da série e nos apresenta a uma realidade desconcertante: robôs gigantes conhecidos como Ceifadores invadiram a galáxia e destruíram planetas e civilizações inteiras, criando nos que restaram uma aversão às máquinas. Desde então, foram implementadas políticas de perseguição e extermínio de robôs. Essa caça implacável põe em risco a vida de Tim-21, um jovem androide de aparência humana que passou uma década num sono profundo, mas que pode conter em seu código vestígios dos assassinos do passado, o que faz dele o ser mais procurado do universo. Por isso, só resta a Tim-21 fugir. Ao lado dos amigos Bandit e Perfurador, ele percorre planetas e galáxias, desviando de inimagináveis perigos com um único objetivo: sobreviver. Dos vencedores do Eisner Awards, este épico arrebatador e comovente, de cores intensas e vibrantes, narra a trajetória de humanos e máquinas, que ficam frente a frente em uma guerra que traz uma única certeza: não haverá vencedores. Uma história tão impactante que, antes mesmo de ser publicada nos Estados Unidos, teve os direitos de adaptação para o cinema adquiridos pela Sony Pictures.

Sobre a história…

Descender é uma série trabalhada por Jeff Lemire e Dustin Nguyen, publicada recentemente pela editora intrínseca em uma edição lindíssima, a obra aborda a história de um grupo de planetas, onde humanos e robôs convivem normalmente junto a muita tecnologia, entretanto um acontecimento terrível torna essa convivência muito intensa e um clima de guerra e conflito se instala entre todos.

Um ataque totalmente inesperado feito por o que se conhece como ceifadores, traz o caos e a desordem aos moradores de Conselho Galáctico Unido (GCU). Como esse ataque foi feito por robôs o famoso conflito entre a humanidade e a tecnologia ressurge trazendo medo, insegurança e morte.

Conhecemos então há alguns anos depois um jovem garoto, que foi projetado para formação de crianças, sim um robô totalmente projetado para interagir com humanos em formação, Tim-21 acorda após um longo período seu projeto é inofensivo mais ao longo da leitura descobrimos que ele pode conter vestígios de um robô assassino. A partir dai Tim-21 se torna um alvo, e a obra traz algumas indagações a leitor, será que ele é perigoso? Tim-21 pode fazer algum tipo de mau aos humanos?

Sobre a escrita…

Como mencionei anteriormente tenho pouca experiência com leituras do gênero, a escrita tornou a obra tornou muito especial,  fluída e  envolvente a cada página a necessidade de saber mais cresce dentro do leitor, a curiosidade é despertada através das palavras e imagens criadas em Descender. Isso tudo fez com que a leitura fluísse de forma simples e instigante ao mesmo tempo, terminei de ler bem rápido e adorei cada capítulo.

A abordagem para esse livro foi sensacional, os autores trouxeram questões muito importantes, como politicas fortes, a intolerância de alguns e medo de outros, também proporcionou ao leitor uma reflexão sobre tecnologia X humanidade e quais a implicações que isso pode causar em nossas vidas.

A edição está muito bonita, com capa e ilustrações incríveis, foi uma experiência bem positiva de leitura, mesmo para quem não aprecia tanto o gênero recomendo o livro, ele pode trazer boas reflexões e ensinamentos, e para os que apreciam esse tipo de literatura é uma dica valiosa.

Espero que tenham gostado!

Xoxo

Título Original: Descender: Tin Stars| Páginas: 144|Gênero: Ficção Científica| Editora: Intrínseca|Minha Avaliação: 4/5|Comprar: Amazon.

Ps: Os links deste post são afiliados, comprando por eles vocês contribuem com meu trabalho, pois ganho um pequena comissão e isso não interfere no valor da compra de vocês! 🙂  

 

 

Comments (17)

  • Yvens Castrro

    27 de dezembro de 2019 at 17:40

    Olá, Michelle!

    Quero deixar meus parabéns pelas fotos e resenha, tudo ficou muito bom e incrível. Eu gosto muito de ficção científica e não conhecia esse quadrinhos ou ao menos não me recordava dele. Fico contente que você gostou da leitura e que foi tudo muito envolvente. Vou anotar a sua dica desde já!
    Abraço!

  • Bianca Ribeiro

    28 de dezembro de 2019 at 08:54

    Eu leio poucas HQs e menos coisas ainda quando o assunto é ficção cientifica, mas achei interessante a abordagem dessa história, principalmente as questões politicas envolvidas.
    Também gostei muito do que você falou sobre humanos e tecnologia, parece ser mesmo uma historia muito interessante e cheia de aprendizados.
    Vou procurar mais sobre ela, adorei!

  • Marijleite

    28 de dezembro de 2019 at 11:44

    Oi, estou encantada com o traço, com as ilustrações dessa HQ! Bom saber que foi uma boa experiência de leitura para você. Achei a história bem interessante e já vou colocar nos desejados.

  • Thainá Christine

    31 de dezembro de 2019 at 09:47

    Eu também não me dou muito bem com livros de ficção científica, pois geralmente não consigo entender e absorver os termos como também não consigo imaginar totalmente as descrições. Fiquei interessada nessa dica, já que pode resolver o meu problema com o gênero e, quem sabe, até me ajudar a começar a gostar dele.

    http://www.sonhandoatravesdepalavras.com.br

  • Maria Luíza Lelis

    6 de janeiro de 2020 at 00:04

    Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia essa HQ e nem os autores, mas é porque não tenho o hábito de ler o gênero. Pelo que vi da sua resenha a premissa é muito interessante e o enredo traz vários questionamentos relevantes. No entanto, ainda não sei se leria, porque realmente HQs não funcionam bem para mim.
    De qualquer forma, adorei sua resenha e fico feliz que, mesmo não tendo o hábito de ler o gênero, você gostou da leitura.
    Beijos!

  • Beatriz Andrade

    8 de janeiro de 2020 at 13:15

    Que indicação maravilhosa, Mi! Eu ainda não conhecia o livro e fiquei com a maior vontade de ler, parece ser uma excelente leitura

  • Larissa Dutra

    8 de janeiro de 2020 at 13:47

    Olá, tudo bem? Esse não é o tipo de livro que costumo ler, mas confesso que fiquei curiosa, principalmente por tu ter falado tão bem, haha. Adorei a resenha e as fotos, já quero ler!

    Bjs

  • Sara Kerolen Souza Oliveira

    8 de janeiro de 2020 at 20:26

    Oii tudo bem?
    Não sabia dessa hq da intrínseca e fiquei super curiosa em conhecer ,ficção científica e um gênero que ainda não li e confesso que tenho medo de não gostar hahaha mais essa hq eu fiquei interessada obrigado por trazer essa resenha assim consegui conhecer essa obra.
    Bjs

  • Paac Rodrigues

    8 de janeiro de 2020 at 22:08

    que lindo tem ilustrações , gostei da premissa e ser fininho também ajuda a me deixar curiosa sobre a obra, eu super leria, adoro obras de scifi *-*

  • Alisson Gomes

    9 de janeiro de 2020 at 21:59

    Oi Michelle,
    eu nem sabia que essa HQ havia sido lançada e achei a premissa dela tão maravilhosa, ainda que eu goste bastante eu não sou um grande leitor de Ficções Científicas, sempre me perco bastante nos termos técnicos e nas viagens que rolam dentro da história kkkk, mas, sua resenha diz que a escrita é bem fluida isso me agrada bastante, pelo jeito HQs de FC devem ser mais fáceis de ler hahaha

  • Kênia Cândido

    10 de janeiro de 2020 at 14:19

    Oi Michelle.

    Eu não tenho muito hábito de ler HQ, mas o pouco que li encontrei histórias muito boas. Este que você leu não conhecia, mas fiquei bem curiosa sobre a humanidade e tecnologia. Obrigada pela dica, já está anotada na minha lista de desejados. Espero que a leitura seja tão instigante como foi para você.

    Bjos

  • Aline Coelho

    12 de janeiro de 2020 at 22:43

    Muito legal vc ter tentando mais uma vez a leitura de um estilo que não tinha gostado antes. Parabéns.
    Ano passado também li uma HQ e gostei muito da experiencia. Enfim gostei de conhecer um pouco mais sobre esse título. Valeu pela dica e pelo exemplo. Beijos

  • Mara Santos

    16 de janeiro de 2020 at 17:53

    Como você também não sou muito de ficção científica, mas amo HQs, então amei a sua resenha, seria uma oportunidade de me render ao gênero.

  • Clayci

    17 de fevereiro de 2020 at 15:56

    É um livro que entrou para a minha lista de desejados <3
    Eu amo o gênero literário. Se você quer começar a ler mais scifi, recomendo muito os livros do Asimov. Pois ele é nem direto e objetivo em suas histórias. Inclusive As cavernas de aço é perfeito pra isso. Gostei da sua resenha, espero conseguir lê-lo em breve<3

  • Lucy

    18 de fevereiro de 2020 at 10:15

    Oi, Michelle! Achei muito bacana a HQ, não fazia ideia do que esperar com esse título, nem que era uma HQ propriamente dita. rsrs
    Faz tempo que venho adiando ler ficção científica, parece uma boa escolha para recomeçar.
    bjos
    Lucy –

  • Camila

    24 de fevereiro de 2020 at 21:18

    Olá tudo bem?

    Primeiro queria elogiar não somente a diagramação da HQ, como também as suas fotos que ficaram encantadoras. Como sempre. Gostei bastante da sinopse dessa história e fiquei bem curiosa, apesar de não ser muito o meu gênero. Mas a sua resenha me despertou a curiosidade!

  • Maria

    1 de março de 2020 at 11:06

    Olá!

    Eu estou me iniciando no gênero de ficção e tem sido bem legal para mim e por isso amei tanto sua indicação. Com certeza já está anotada!

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Post Anterior

[Resenha] As Quatro Rainhas Mortas- Astrid Scholote @galera

10 de dezembro de 2019

Próximo Post

[Resenha] PS.: Ainda Amo Você-Jenny Han @intrínseca

5 de janeiro de 2020
error: Content is protected !!