Não conhecia a escrita de Ana Sparz, essa é minha primeira leitura dela e posso dizer que gostei muito das características que ela utiliza para sua escrita, porém tem alguns fatores que precisam ser melhorados ao meu ver, então vamos a resenha espero que gostem!

Sinopse: Raquel volta ao Brasil após dez anos nos Estados Unidos, onde descobriu sua real vocação. O comércio não é valorizado pela sua família tradicional, mas habilidade e firmeza evitarão que o pai impositivo conduza todos os destinos. Ela tinha um projeto em mente e não pretendia se apaixonar, mas, numa mudança ocasional de caminho, conhece Pedro, que traz inéditas e grandes emoções, acompanhadas de problemas do mesmo quilate. Os dilemas inusitados fazem ansiar por saídas que, todavia, passarão longe do lugar comum. É possível vencer decepções vindas de onde menos se espera? No ciclo de sete anos enfocado, a família evoluirá para superar conflitos e aceitar as escolhas nada fáceis de Raquel, Roberta, Heloisa e da carismática funcionária Berenice, que tem um segredo oculto no passado. O apoio de uns aos outros será vital e emocionante. A súbita revelação do narrador, quando os rumos da história se definem, cativa os leitores, que se sentem parte da história, como se a testemunhassem. A narrativa contempla os efeitos do tempo e da fé abordando desejos velados, medos ocultos, coragem para superar perdas e perdoar ou não graves deslizes. Há pitadas de civilidade, bom humor, sabedoria milenar e reflexão. Um livro para pensar, rir, chorar e inspirar.

Dez Momentos nos conta sobre a Raquel que após o término de seu casamento, resolve voltar a casa de seus pais, ela deseja fazer uma surpresa e não conta a ninguém que está de volta ao Brasil, na volta já em seu país de origem ela conhece Pedro, um homem lindo que a ajudou, e a partir dai fará parte de sua vida por uma longo período. Eles se apaixonam um pelo outro, o que Raquel não sabe é que Pedro era casado e estava em fase de separação, quando descobre fica muito sentida, sem saber o que fazer ou dizer a sua família, seu pai era muito tradicional e rígido, não aceitaria sua relação com Pedro nessas situações.

Decidida a lutar pelo seu novo amor, e se dar uma nova chance de ser feliz Raquel mantém sua relação com a promessa de que pedro irá terminar de uma vez por todas seu antigo relacionamento, ele muito apaixonado agiliza seu processo de divórcio para ficar livre e junto de sua amada. Ambos não sabem mais terão que enfrentar muitos problemas juntos e separados, a força dos sentimentos que carregam um pelo outro será testada de todas as formas possíveis, será que essa amor resiste a tudo isso?
A leitura mostra uma relacionamento muito parecido com o real, essa foi uma das características que gostei na autora, outro fator é que  boa parte dos personagens já são mais velhos entre 30 a 45 anos e isso me chamou muito a atenção, a maturidade de todos os envolvidos me mostrou que quanto mais velhos ficamos mais sábios nos tornamos.Uma das coisas mais importantes a se mencionar sobre o livro de forma geral, é a questão dos detalhes que ao me ver foram excessivos tornando a leitura um pouco massante, em vários capítulos a autora poderia ter sido menos detalhistas com lugares, pessoas, cidades.

Raquel é uma mulher extremamente forte, enfrentara muitas coisas que o leitor jamais poderia imaginar, e passará por cima de tudo que a faz infeliz, ela foi o tipo de personagem que nos inspira tanto na educação e elegância, quanto na garra que possui pra vencer na vida.
Gostei muito da leitura de forma geral, se você está procurando um romance com acontecimentos marcantes recomendo muito que leia Dez Momentos.
Espero que tenham gostado, um grande beijo e até a próxima!
Romance| 421 Páginas Editora Novo Século|Compare & Compre: Submarino • Saraiva •Amazon|  Classificação: 4/5| Skoob