[Resenha] Ikigai Os segredos Dos Japoneses Para Uma Vida Longa e Feliz – Héctor García e Fracesc Miralles @intríseca

4 de outubro de 2019

Você já se perguntou por quanto tempo deseja viver? Se quer ficar por aqui por longos e longos anos, eu já, e sempre tive uma visão bem realista da vida nesse sentido, eu pensava em viver ou chegar apenas até 60 anos mais ou menos, dizia para todos que se for para ter problemas de saúde como a maioria das pessoas ao meu redor tem nessa idade preferiria partir.

Sinopse: Descubra seu ikigai e encontre o propósito que vai guiar sua vida Por que existem pessoas que sabem o que querem, enquanto outras definham na confusão? Segundo os japoneses, o segredo é encontrar seu ikigai, conceito que pode ser traduzido como razão para viver. Ter um ikigai claro e definido proporciona a satisfação e o propósito que justificam nossa existência, sendo, para muitos, também a chave da longevidade. Em Ikigai: Os segredos dos japoneses para uma vida longa e feliz, os autores Francesc Miralles e Héctor García vão até Okinawa, a ilha japonesa de população centenária, e reúnem pela primeira vez em livro os hábitos e rotinas que mantém em dia a saúde da mente, do corpo e do espírito daquele povo. Um guia com informações claras e sucintas, além de listas, tabelas e ilustrações que colocam em suas mãos as ferramentas certas para entender e encontrar seu ikigai. Skoob

Então comecei a ler Ikigai, e um universo de possibilidades relacionados a vida se abriu diante de mim, comecei a entender mais alguns propósitos e perceber que não sou eu quem decidi quanto tempo vou viver,  mais posso auxiliar essa experiência para que ela seja boa e feliz.

Ikigai é um livro muito especial, escrito por Héctor García e Francesc Miralles, ambos fizeram uma amplo estudo, baseado em muitas pesquisas e entrevistas para escrever essa obra. Publicado pela editora intrínseca em uma edição linda, o livro traz uma proposta significativa para cada parte da vida e nos ajuda a ver beleza e futuro que antes não era possível.

A leitura se torna cada vez mais prazerosa conforme acompanhamos as histórias de vidas de pessoas que chegaram a viver mais de 100, e acreditem se quiserem tem gente que viveu até os 128 anos de idade de forma simples e sem muitos segredos, esses exemplos de longevos do oriente e do ocidente me deram uma nova perspectiva de visão sobre minha vida.

Apenas em meio a atividade desejará viver cem anos. Provérbio japonês

 

Mais afinal o que significa?

Ikigai, de forma simples e direta seria estar sempre ocupado, mais essa palavra vai muito além dessa explicação é uma forma de se  conectar á você mesmo de maneira completa, encontrar seu propósito seu Ikigai é uma tarefa árdua e complexa mais quando realizada com sucesso se torna seu ganho pessoal, sua conquista, significa que você chegou lá e está pronto para evoluir como ser humano.

A obra apresenta diversas situações e temas muito interessantes que agregam valores no decorrer da leitura, uma dessas questões são as terapias, a que mais me chamou atenção foi a logoterapia que está ligada diretamente ao Ikigai. É uma espécie de conexão com o seu próprio eu com inúmeros benefícios, os autores prepararam uma tabela mostrando diferenças entre esse método e a terapia convencional conhecida por muitos.

O poder do Flow-Fluir

Eu poderia parar por aqui e deixar vocês conhecerem a obra, mais é impossível não comentar sobre o ato de fluir que foi especialmente positivo na leitura no meu caso, nesse momento da leitura é feito uma proposta ao leitor de concentrar -se em atitudes ou no tempo que passamos desenvolvendo atividades que nos fazem entrar no estado de fluir, a observação da escrita dos autores seria para deixarmos de lado coisas que nos dão prazer imediato como comer em excesso, abusar de drogas e álcool, vê televisão e etc.

Fluir está ligado ao desenvolvimento de atividades em que ficamos imersos e nada mais importa, aquilo é tão prazeroso e nos faz bem que podemos passar boa parte da vida realizando. Encontramos ainda nesse capitulo várias condições para que fluir seja possível.

O livro é tão importante e completo que ainda nos apresenta diversas outras curiosidades que valem muito a leitura, entre elas está a alimentação, exercícios preciosos que nos ajudam no dia a dia, conceitos sobre diversas questões interessantes, exemplos de vida de se admirar um bocado, entrevistas, citações e etc.

Como não gostar de um livro tão significativo, falando um pouco sobre a escrita e edição, a editora trouxe de forma simples e de fácil entendimento, a capa do livro é linda com flores claramente orientais, a fonte e a escrita dos autores foi no minimo incrível.

Por fim recomendo muito que leiam este livro pois ele é especial em diversos sentidos, foi um prazer desenvolver sua leitura, espero que possa ler mais obras como está. Espero que tenham gostado da resenha, vejo vocês em breve!

Xoxo

Título Original: Ikigai| Páginas: 204 |Gênero: Literatura Estrangeira |Editora: Intrínseca |

Minha Avaliação:5/5 Comprar: Amazon

Ps: Os links deste post são afiliados da Amazon, comprando por eles vocês contribuem com meu trabalho, pois ganho um pequena comissão e isso não interfere no valor da compra de vocês! 🙂

Previous Post Next Post

Você também pode gostar

5 Comments

  • Marijleite

    Olá, eu já li outro livro do Fracesc Miralles onde ele falava um pouquinho sobre questões que parecem ter sido bem mais desenvolvidas nesse livro escrito em parceria com outro autor. Pela sua resenha, me parece ser uma publicação que nos trás muitos ensinamentos e inspiração de uma forma muito bacana. Amei seu post e já vou colocar esse livro na lista de desejados.

    5 de outubro de 2019 at 14:18 Reply
  • Nina Spim

    Oi, tudo bem? Não conhecia esse conceito, porque não leio quase nada sobre oriente, o único livro que li, eu acho, foi “As boas mulheres da China”, mas não costumo ler autoajuda. Apesar de não conhecer o Ikigia, eu conheço o Flow-Fluir, porque trabalhei com uma psicóloga positiva, que usava este conceito para atendimento. Gostei muito da dica, acho que eu posso gostar da leitura. Amei suas fotos, como sempre!

    Love, Nina.
    http://www.ninaeuma.blogspot.com

    5 de outubro de 2019 at 17:55 Reply
  • Bianca Ribeiro

    Eu ja tinha ouvido falar desse conceito, mas eu não costumo ler coisas sobre o oriente, mesmo admirando muito tudo que eles fazem. Minha tia leu esse livro e disse que mudou muitas coisas na vida dela tanto que ela vive falando pra eu ler esse livro,. Adorei suas fotos e seu texto ficou lindo!

    8 de outubro de 2019 at 14:13 Reply
  • Ana

    Caramba que diferente! Adorei a proposta da forma de viver, não sei se leria agora, mas vou deixar a indicação salva porque com certeza vou aproveitar isso futuramente. Sua resenha ficou incrível e mostra o quanto o livro te inspirou!

    8 de outubro de 2019 at 23:22 Reply
  • Lilian Farias

    “Você já se perguntou por quanto tempo deseja viver? Se quer ficar por aqui por longos e longos anos, eu já, e sempre tive uma visão bem realista da vida nesse sentido, eu pensava em viver ou chegar apenas até 60 anos mais ou menos, dizia para todos que se for para ter problemas de saúde como a maioria das pessoas ao meu redor tem nessa idade preferiria partir.” Quando criança, tinha pensamento semelhante, resultado do Capitalismo e das formações que deveriam ser para saúde, mas existem para nos medicalizar e manter as farmácias. Hoje sei que é possível envelhecer de forma saudável e aproveitar muito. Isso se o agrotóxico deixar hehehehehehehe

    O Ikigai, se não estiver louca, está relacionado ao self, algo extraordinário, mas que demanda tempo, esforço e muita disciplina, é o que estou tentando fazer. Gosto de saber que o livro traz o conceito de alimentação, essencial para alcançar esse estado contemplativo de nós mesmo e também os exercícios. Eu amo tudo isso, tenho comprado muiytos livros assim, feito cursos, quase todo final de semana estou em um curso diferente heheheheheheh curti sua indicação

    21 de outubro de 2019 at 09:10 Reply
  • Leave a Reply

    error: Content is protected !!