[Resenha] Liberdade Igual – Gustavo Binenbojm @intrínseca-História Real

4 de setembro de 2020Michelle

Resolvi ler uma obra de não ficção e estrear o novo selo desse gênero da editora intrínseca, escolhi a obra “Liberdade Igual-O que é e porque importa” do autor Gustavo Binenbjm, nunca li nada dele essa foi minha primeira experiência e tratando-se de uma leitura curta com pouco mais de 100 páginas achei essa minha experiência muito positiva e esclarecedora.

Sinopse: Uma reflexão sobre liberdades individuais no contexto do Brasil moderno e sobre o papel do Estado que garante e limita estas liberdades A liberdade é o atributo essencial da humanidade do homem. Escolher o próprio destino e construir a própria visão de mundo são elementos fundamentais do que significa ser humano. Mas como viver é conviver, a liberdade deve ser igual, de modo que todos e cada um possam ser livres à sua maneira. Somos igualmente livres para sermos diferentes, navegando ao sabor de nossas circunstâncias individuais e coletivas. No entanto, o avanço do populismo radical, em ambos os lados do espectro político, ameaça as liberdades individuais e investe contra a democracia. No Brasil, o peso de uma herança autocrática ainda se faz sentir em nossas instituições político-jurídicas e na cultura nacional. A defesa da liberdade como conquista civilizatória se faz necessária e urgente. Os ensaios reunidos em Liberdade igual: O que é e por que importa, de Gustavo Binenbojm, analisam diferentes manifestações do exercício do direito de escolha no Brasil. O autor, que defendeu perante o STF causas como a da liberação de biografias não autorizadas e a derrubada da censura ao humor e à crítica jornalística em período eleitoral, constrói sua reflexão a partir desses e outros casos recentes, como a propagação de fake news e a censura em plataformas digitais e o episódio de Natal do Porta dos Fundos protagonizado por um Jesus gay. Cada texto traz uma perspectiva original e renovadora sobre os avanços e os desafios da sociedade brasileira na busca de liberdade igual para todos os seus cidadãos. Skoob

“Liberdade Igual ”  é uma obra simples, escrita de maneira muito leve mais com teor rico e importante quando se fala em informação sobre o que é a tal liberdade, a obra apresenta uma sequência lógica de exemplos esclarecedores para o leitor do quanto é importante sabermos o que é ser livre, em diversos sentidos não somente a liberdade tradicional ou, aquele direito de ir e vir comummente falado. Liberdade igual é um conceito paradoxal, somos igualmente livres para sermos exatamente o que quisermos ou até mesmo livres para sermos diferentes uns dos outros.

A leitura traz informações preciosas sobre a liberdade de expressão e de informação, liberdade religiosa e laicidade estatal ( para quem não sabe a palavra laicidade significa qualidade do que é laico ou leigo), nesse capítulo temos lições valiosas sobre o estado laico e política cultural. Falando nisso o livro traz questões de liberdade política, que tem a ver com direitos da participação das pessoas, ou seja, o cidadão na esfera pública ou, mais especificamente, nos rumos da gestão da vida da coletividade.

“A liberdade religiosa, envolvendo as liberdades de credo e de culto, está alicerçada na liberdade de consciência, corolário direto e imediato da autonomia individual”.

O autor trabalha de maneira muito integra em seu livro, e aborda ainda o envolvimento das redes sociais e a política, por exemplo o Facebook e sua ligação com a política. Somos introduzidos a liberdade de inciativa, que nos ajuda com direitos de produção e acúmulo de nossas riquezas, entre tantos outros aprendizados incríveis.

Foi uma experiência enriquecedora e muito útil no meu caso enquanto leitora ter a chance de conhecer o trabalho desenvolvido na obra, através dele temos uma visão amplificada e explicada do que é liberdade, e isso nos faz enxergar o mundo, as pessoas e questões importantes em nosso meio de uma outra maneira, mais avançada!

Recomendo a obra á todos que buscam ensinamentos baseados no que citei nessa pequena resenha e já adianto a obra é pequena em tamanho e quantidade de páginas, entretanto seu conteúdo é rico e não poderia ser mais valioso, o autor tem uma escrita leve e envolve seu leitor com a narrativa escolhida. Espero que tenha gostado da resenha!

Xoxo.

Título Original:Liberdade Igual-O que é e o por que importa|Páginas 115|Gênero: Não ficção|Editora: Intrínseca|Selo: História Real| Comprar: Amazon/Submarino| Minha Avaliação:5/5

 116 total views,  3 views today

Comments (5)

  • Thayza Fonseca

    23 de setembro de 2020 at 15:52

    Olá!

    Estou meio por fora dos assuntos literários em geral então não sabia desse novo selo. Achei o momento do lançamento do selo e do livro muito pertinente, sua resenha me chamou muito a atenção já que venho tentando aprender mais sobre os temas citados, então essa é com certeza uma leitura que farei em breve. obrigada pela dica.

    Beijos

  • Ana Caroline Santos

    26 de setembro de 2020 at 10:11

    Olá, tudo bem? Nossa, não sabia que a editora estava com um novo selo, o que é bem bacana pois mostra a expansão da mesma. O título da obra não é me conhecido, mas depois do que disse fique curiosa. Não ficção é um tipo de leitura fora da minha zona de conforto, mas sempre aparece títulos que ficamos curiosa. Ótima resenha!
    Beijos

  • Mara Santos

    26 de setembro de 2020 at 11:33

    Não tinha ouvido falar sobre esse livro, eu adorei a proposta e fiquei bem curiosa viu? Volta e meia leio livros de não ficção e tem bastante tempo que não leio nada do gênero, esse seria uma ótima opção. Amei a dica!

  • Mari

    26 de setembro de 2020 at 12:20

    Parece um livro bem interessante, o assunto é super atual para o momento histórico que estamos vivendo e também acredito que ter poucas páginas é uma escolha acertada, pois certos assuntos podem se tornar bastante entediantes para o público comum se o autor se estende demais. Valeu por apresentar essa obra!

  • Ana Paula Lima

    27 de setembro de 2020 at 13:12

    Olá, tudo bem?

    Primeiramente, cada foto uma mais linda que a outra, parabéns!
    Gostei muito da sua resenha e da oportunidade de ler um não ficção, eu particularmente não sou muito fã, mas fiquei curiosa em saber quais são os ensinamentos que o livro te trouxe.

    Dica anotada!

    Beijinhos,
    Ani
    http://www.entrechocolatesemusicas.com.br

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Post Anterior

[Resenha] A Verdade Segundo Ginny Moon-@editoraverus

29 de agosto de 2020

Próximo Post

[Resenha] Do Nosso Jeito-Mulheres Liderança e Sucesso - Maureen Chiquet@seoman

7 de setembro de 2020
error: Content is protected !!