Há muito tempo queria conhecer a obra mais famosa da autora Virginia Woof, uma escritora conhecida na literatura clássica, sempre tive vontade de ler suas obras e essa foi minha oportunidade, “Mrs Dalloway” é um trabalho para ser apreciado aos poucos e absorvido com o tempo.
Sinopse: Obra mais famosa de Virginia Woolf, Mrs. Dalloway narra um único dia da vida da famosa protagonista Clarissa Dalloway, que percorre as ruas de Londres dos anos 1920 cuidando dos preparativos para a festa que realizará no mesmo dia à noite. Pioneiro na exploração do inconsciente humano por meio do fluxo de consciência, Mrs. Dalloway se consagrou tanto pelo experimentalismo linguístico quanto pelo retrato preciso das transformações da Inglaterra do período entre guerras. Misto de romance psicológico com ensaio filosófico, este livro resiste a classificações simplistas e inaugura um gênero por si só. Precursor de algumas das maiores obras literárias do século XX, este romance é uma leitura incontornável que todo mundo deve fazer ao menos uma vez na vida.


Clarissa Dalloway é um mulher na casa do cinquenta anos, casada, pertence a classe média alta da sociedade onde vive, e irá dar uma festa, ela percorre as ruas de Londres em busca de flores e dos preparativos para o evento que irá realizar logo mais a noite, durante sua caminhada e compras acontece diversos encontros e reflexões que o leitor vai acompanhando durante a leitura.
O livro possui uma proposta simples de ser entendida, conta sobre o dia de uma dona de casa rica e os preparativos de uma festa que a mesma irá realizar, entretanto a simplicidade da obra termina por ai. A autora fala sobre como a personagem ao comprar flores ou arrumar um vestido se encontra com diversas pessoas de sua juventude e tem várias lembranças de como as coisas ocorriam naquela época, de uma forma nada tradicional e até mesmo complexa acompanhamos a rotina do dia de Clarissa.
No primeiro momento da leitura não sabia o que estava lendo de fato, até que resolvi pesquisar mais a fundo a forma como Woolf trabalhou sua obra mais famosa, ela utiliza uma linha chamada fluxo de consciência que consiste em fazer com que o leitor se introduza de uma forma peculiar nos pensamentos da personagem, após entender isso a leitura aconteceu de forma até mais proveitosa do que eu imaginava.
Outro fator interessante sobre o livro é que ao mesmo tempo que nos introduzimos nos pensamentos de Clarissa, percebemos que a própria autora está presente na personagem de diversas maneiras algo fantástico em uma leitura, fiquei fascinada com a genialidade de Virginia.
Para muitos o livro pode ser algo difícil, e cansativo, mais na minha opinião foi uma experiência única que mereceu ser vivida, quero muito ter a oportunidade de ler mais obras da autora e ter mais contato com seu trabalho tão diferenciado dos demais.
Espero muito que tenham gostado, um grande beijo e até a próxima!
Clássicos • Editora Cia Das Letras • 235 Páginas • Classificação: 5/5
Skoob • Compre: AmazonSubmarinoSaraiva