Resenha Mulher Maravilha Sementes Da Guerra Leigh Bardugo

16 de outubro de 2017Michelle
Mulher Maravilha Sementes Da Guerra, foi um leitura muito proveitosa, que me ajudou a passar por um período um tanto difícil e que realmente valeu muito a pena, espero que gostem!

Sinopse: Antes de se tornar a Mulher-Maravilha, ela era apenas Diana. Filha da deusa Hipólita, Diana deseja apenas se provar entre suas irmãs guerreiras. Mas quando a oportunidade finalmente chega, ela joga fora sua chance de glória ao quebrar uma lei das amazonas e salvar Alia Keralis, uma simples mortal.No entanto, Alia está longe de ser uma garota comum. Ela é uma semente da guerra, descendente da infame Helena de Troia, destinada a trazer uma era de derramamento de sangue e miséria. Agora cabe a Diana salvar todos e dar seu primeiro passo como a maior heroína que o mundo já conheceu.

“Amazona. Nascida da guerra, destinada a ser governada por ninguém além de si mesma.”
Diana é uma jovem amazona, e apesar de não ser tratada como deveria ela tenta o máximo possível mostrar que merece estar entre as demais habitantes da ilha onde vivem. Ela não chegou em Temiscira como  as outras, pelo contrário foi “forjada do barro” e ganhou o sopro da vida dos Deuses, sua mãe Hipólita líder do local que criou sua linda filha, agora crescerá tornara-se uma mulher porém ainda sofria com preconceito e piadas de mal gosto sobre quem era. A jovem teve uma oportunidade muito boa de mostrar seu potencial como amazonas, uma corrida que valia muito para elas, e Diana se preparou, treinou muito para vencer e mostrar a todos que merecia respeito, entretanto no dia da competição aconteceu um acidente um navio naufragou e Diana pode ver de onde estava os estragos causados pela embarcação, ela seguiu seu impulso de ajudar, mesmo reflexivas e sabendo das consequências mergulhou no mar a procura de sobreviventes.
Na ilha existia muitas regras a mais importante é que nenhum humano podia entrar, o contato com eles era proibido, não se podia ter humanos na ilha nem ajuda-los de nenhuma maneira a punição para quem não seguia as regras era o exílio. Ela sabia mais como não seguir seu coração que dizia que deveria ajudar? foi então que Diana filha de Hipólita “forjada do barro” salvou a vida de Alia uma humana que estava se afogando. Neste momento algo mudou na ilha, coisas ruins começaram a acontecer, mais o a amazona não sabia que isso também mudaria o destino de sua vida, ela se tornaria uma outra pessoa, a Mulher Maravilha.

A leitura é entre muitas outras coisas leve, descontraída e voltada para o público jovem, sem dúvida a protagonista vive dramas adolescentes e acho que essa era mesmo a intenção da autora, tornar a leitura focada aos jovens, a escrita e narrativa também foram muito boas, eu gostei muito da escrita de forma geral, confesso que fiquei meio surpresa com o contexto de insegurança de Diana, achei que logo de cara fosse encontrar uma mulher formada pronta pra salvar pessoas e ajudar o mundo, foi diferente, mais bom, uma leitura válida e  bem elaborada, também adorei a forma como a autora abordou questões sociais de forma diferente na história, abrir os olhos das pessoas em relação a algumas coisas, como a descrença na força feminina é um diferencial e tanto em uma leitura, mostrar que mulheres são capazes de muitas coisas inclusive de ser heroínas marcou pontinhos para a autora.

Adorei a leitura e quero ler mais coisas da Leigh, espero que tenham gostado, um grande beijo e até a próxima!
Ficção Americana| 381 Páginas | Skoob
| Compare & Compre:•Amazon| Classificação: 4/5
 
 
 
 
 

Comments (12)

  • Ana Paula Medeiros

    17 de outubro de 2017 at 22:34

    Oi! Já anotei a dica faz tempo, porque adoro os heróis da DC e Wonder Woman é muito diva *-*
    Eu imaginava que seria uma história muito antes da guerreira/heroína, pois nenhum super herói nasce pronto, até mesmo os semi-deuses.
    Vou ler o mais breve possível hehe
    Beijos!

    1. Dicas Rodapé

      5 de janeiro de 2018 at 14:34

      Olá obrigada pela visita, fico feliz que tenha gostado, leia sim vale muito a pena, Beijos!

  • Camila Ladislau

    19 de outubro de 2017 at 20:40

    Oi Michelee, tudo bom?
    Estou vendo muito esse livro no insta, mas ainda não tinha parado para saber mais da história, eu adorei a resenha, sou louca pela mulher maravilha e o que ela representa, essa nova Diana que a escritora oferece me agradou muito, e a vida dela antes e o que a levou a ser quem, além gostei de saber que até uma heroína com H maiúscula tem crises adolescentes. Quero aquirir logo o livro!

    Abraços,
    Camila.
    Blog Próxima Página
    FACEBOOK
    TWITTER
    INSTAGRAM

    1. Dicas Rodapé

      5 de janeiro de 2018 at 14:35

      Olá tudo bem? Obrigada pela visita, fico feliz em saber que gostou, é uma proposta diferenciada a que a autora fez e gostei muito do resultado, beijos!

  • Maria Valéria

    21 de outubro de 2017 at 00:32

    bacana essa história contando um pouco da heróina. ^^
    já tinha visto algumas pessoas elogiando a obra, fiquei curiosa…
    só nao curti mto as cores da capa…
    de qualquer forma,é uma boa maneira de inserir o público jovem no universo dos super-herois…

    bjs…

    1. Dicas Rodapé

      5 de janeiro de 2018 at 14:36

      Olá mais uma vez obrigada pela visita, e sim é uma ótima pedida para o público jovem, beijos!

  • Ju

    23 de outubro de 2017 at 00:01

    Adoro a Mulher Maravilha, mas não sei se curtiria essa história com os dramas adolescentes incluídos, simplesmente não consigo pensar nela assim… rs… Mas amo o que já li da autora, então talvez eu leia.

    1. Dicas Rodapé

      5 de janeiro de 2018 at 14:37

      Olá tudo bem? Foi uma proposta diferente da autora, acredito que ficou muito bem escrito o livro não é nada clichê, beijos!

  • Catharina M.

    29 de outubro de 2017 at 14:45

    Olá
    caraca não sabia desse livro, na verdade não sou fã de herois mas ainda assim vi o filme da Mulher maravilha e curti muito, então acho que leria o livro assim para saber mais sobre a heroina tão maravilhosa hehe

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    1. Dicas Rodapé

      5 de janeiro de 2018 at 14:40

      Oi tudo bem? Se tiver a oportunidade leia sim, é uma leitura muito válida! Beijos!

  • Débora Costa

    1 de novembro de 2017 at 13:41

    Esse livro parece ser ótimo, mas eu sou muito fiel ao universo dos quadrinhos, então não sei se me arriscaria nesse universo não, mesmo gostando muito dessa heroína.

    http://laoliphant.com.br/

    1. Dicas Rodapé

      5 de janeiro de 2018 at 14:40

      Olá tudo bem? eu leio pouco quadrinhos mais gosto também! <3

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Anterior

Resenhas Time Humanos Justine Larbalestier & Sarah Ress Brennan

9 de outubro de 2017

Próximo Post

Resenha Meia Noite Em Pequim Paul French

22 de outubro de 2017
error: Content is protected !!