Estou muito feliz com minha produtividade, nesses dias estou conseguindo colocar todas as minhas leituras em dia, começar escrever aqui para vocês sem mencionar a crise que estamos vivendo é muito difícil, entretanto a mensagem que quero deixar a todos os que me acompanham por aqui e nas redes sociais é de paciência, aproveitem esse momento para se organizarem e se amarem leitura como eu façam isso leiam em casa!

Terminei minha leitura de “O Cuidadoso Despir Do Amor” com um sentimento muito forte um misto de tristeza, solidão e amor, o livro nos apresenta uma história muito marcante que envolve diversas outras pequenas histórias, e como nesse momento que vivemos hoje os personagens que compõem essa obra também passaram por períodos muito difíceis. Espero que gostem da resenha.

Sinopse: Lorna, Delilah, Charlotte, Isla e seu irmão, Cruz, são tão íntimos que por vezes se sentem como uma pessoa só. Cresceram na mesma rua do Brooklyn, em Nova York, celebram seu aniversário no mesmo dia e o mesmo atentado tornou-os órfãos de pai. Mas, acima de tudo, o que os une é que se recusam a acreditar na Maldição que ronda a rua Devonairre. Conta Angelika, sua velha vizinha, que aqueles por quem uma garota da rua Devonairre se apaixona morrem. Prova disso são as incontáveis viúvas que ali vivem. Para proteger aos homens e a si mesmas, as jovens da rua devem se identificar pelos cabelos longos, as chaves penduradas no pescoço, as roupas de lã… e ser minuciosamente examinadas pela idosa, em busca do menor sinal de amor. Os amigos não têm medo, e Delilah parece ser a primeira a experimentar a sensação. Mas quando seu namorado, Jack, é atropelado, eles começam a questionar se amar é um direito seu. O cuidadoso despir do amor é uma história delicada sobre amor, luto, tradição e identidade, passada em uma Nova York reimaginada com primor por Carey Ann Haydu.

Sobre o livro

Todos que conhecem o Brooklyn ou já passaram por lá conhecem a história da maldição que envolve um grupo de amigos em sua maioria meninas da rua Devonairre, as mulheres daquela rua não podem amar sem que isso traga consequências drásticas a vida de todos os envolvidos. As coisas ficam extremamente complicadas e intensas quando uma dessas jovens acaba por se apaixonar.

Lorna é uma jovem que já passou por muita coisa em sua vida, perdeu o pai de forma trágica em um atendado a bomba devido a isso se tornou uma afetada, esse era o nome que os moradores davam as pessoas que passaram por traumas como o de Lorna. Tentando superar essa perda mesmo depois de muitos anos o minuto de silêncio em homenagem a vítimas traz tudo a tona e as coisas se tornam muito intensas mesmo que por um minuto.

Nossa protagonista possui um grupo de amigos bem singular, são eles LornaCruzCharlotteDelilahIsla essa singularidade traz em sua maioria um retorno muito negativo para vida desses jovens, eles são acusados de carregarem uma maldição, a maioria no grupo fora Cruz são meninas e todas elas acabaram se deixando envolver por toda essa superstição de certo modo. Lorna é a mais cética de todas e nunca levou muito em consideração todas as advertências que Angelika faz a respeito do amor. Angelika é uma das moradoras mais antigas da devonairre e leva a maldição muito a sério. Ela esteve ao lado das famílias após o atendado e se aproximou de todos de forma única e intima que só a própria consegue fazer.

Cada um do grupo de amigos de Lorna possui uma história triste em particular, alguns perderam seus pais no atentado outros para um infarto ou coisa do tipo a questão é que todos estavam conectados de uma forma muito intensa devido a todo o sofrimento e mitos que os envolviam.

Quando Delilah a melhor amiga de Lorna se apaixona por Jack, todos começam a ver como o amor entre os dois muda o ambiente em que estão, cada gesto, cada toque é algo novo entre eles, e todos sem exceção gostam do modo que Jack é, um rapaz diferente que se tornou amigo dos amigos de sua namorada e que sem dúvida esta muito apaixonado por ela.

Lorna nunca soube ao certo o que é o amor, ela nunca sentiu de fato amor por alguém, nos últimos dias tem tentado detectar esse sentimento tão crucial em sua vida, enquanto faz planos do futuro que deseja ter ao lado de sua amiga e do namorado dela que agora faz parte do grupo também, a jovem jamais imaginaria a dor que estaria por vir. Será que Lorna passará a acreditar na tal maldição? Será que ela irá descobrir se ama ou já amou alguém em sua vida? E o mais importante será que ela está preparada para passar novamente por uma perda terrível?

Sobre a escrita

Meu segundo contanto com o trabalho da autora foi intermediário, em boa parte da obra a leitura flui naturalmente e Corey consegue entregar sua proposta, a melancolia presente na história criada por ela é nítida do início ao fim do livro, uma escrita viva muitas vezes repetitiva mais que marca profundamente o leitor.

Cada personagem teve seu momento durante a história e a forma como a autora trabalha sua narrativa prioritariamente na visão de Lorna personagem que entendo ser a protagonista, fez muito sentindo no término da obra. O que acredito ter sido um ponto negativo é justamente a intensidade da melancolia e tristeza vivida pelos personagens, o leitor deve estar em um momento bom para desenvolver a leitura e ainda assim irá se emocionar e entristecer disso não tenho dúvidas. Resumindo foi um bom drama!

Um pouco mais da obra

O livro nos apresenta uma história de perda, de luto e de dor, entretanto também traz lições de amadurecimento, os personagens constantemente são massacrados por diversas situações que vivem durante a leitura, e os mesmos se levantam mostrando ao leitor sua força e perseverança mesmo que as vezes de forma equivocada essas atitudes estão muito presentes na obra e podem servir de lição para muitos. Sem dúvida recomendo a leitura a todos os que apreciam o gênero!

 

Espero muito que tenham gostado

Xoxo!

Título Original: The careful undressing of love |Páginas:264 |Gênero: Drama|Editora: Galera|Minha Opinião:5/5