[Resenha] O Farol De Fisher – Tara Sivec – @verus

2 de abril de 2020Michelle

Fazia um bom tempo que não lia um romance envolvente como este, uma história de amor daquelas que arranca suspiros essa é a primeira descrição que posso fazer a respeito de “O Farol De Fisher”, gostei muito da proposta do livro e espero muito que apreciem a resenha!

Sinopse: Para conseguir o fim que desejam, Lucy e Fisher terão de voltar ao início… Lucy e Fisher se conheceram no último ano do ensino médio, no mesmo dia em que ele se juntou aos fuzileiros navais. As únicas certezas na vida de Fisher são o serviço ao seu país e o amor por Lucy.Após o casamento, eles vão viver em uma pequena ilha na costa Leste. Lucy já aceitou a profissão do marido, apoiando-o e tentando tolerar seu comportamento errático toda vez que ele volta de uma missão. Fisher, no entanto, é profundamente afetado pela experiência em zonas de guerra. Um dia, Fisher conclui que está se tornando um perigo para aqueles ao redor, especialmente para sua mulher, e deixa a ilha em busca de curar suas feridas. Mas agora ele está de volta, determinado a convencer Lucy de que nunca deixou de amá-la.Por meio das memórias ― boas e ruins ― de seu relacionamento, Lucy e Fisher vão precisar lembrar por que sempre conseguiram voltar um para o outro. E por que, não importa o que aconteça, esta pode ser a última vez. Skoob

Introdução

“O Farol De Fisher” conta a história de uma casal que se ama muito, Lucy e Jefferson Fisher se conheceram enquanto jovens, ainda no ensino médio e estão juntos há mais de 10 anos, aos 20 resolveram se casar pois sabiam que eram feitos um para outro.

Fisher é filho do dono da ilha onde vive com sua mulher, a família do rapaz é muito rica, tem um nome e reputação que todos no local conhecem bem, seu pai é um arrogante nato e acha que dinheiro compra tudo até felicidade, sua mãe é doce e meiga tem um carinho imenso pelo filho e o defende da maneira que pode das atrocidades que o pai comete contra ele. Ainda na juventude Fisher resolve se alistar e servir seu país, essa decisão afetará o restante de sua vida pois ele nunca mais será a mesma pessoa.

Lucy é uma mulher forte, determinada, cresceu na ilha Fisher e ao longo de sua vida precisou enfrentar muitas coisas, uma delas foi assumir o negócio local dos pais para que eles pudessem se aposentar e descansar do trabalho duro que fizeram a vida toda. Esse negócio local é uma pousada, que ela mantem com muita dedicação e esforço, Lucy possui uma outra paixão muito mais forte que a pousada dos pais, o seu marido Fisher é tudo para ela, tudo que ela precisa e deseja o homem que ela sempre quis, o primeiro e único amor.

Ambos estão vivendo essa relação intensamente quando Fisher sofre sua primeira convocação, ao todo foram mais de cinco convocações para guerra, toda vez que ele retornava para ilha algo dentro de si ficava para trás, porém como havia prometido ele sempre conseguia encontrar o caminho de volta para Lucy seu verdadeiro amor. Até que um dia ele não foi capaz de achar esse caminho sozinho.

Sobre o livro

O livro traz a proposta de como um casal que se ama loucamente lida com o stress pós traumático de Fisher um ex fuzileiro que se dedicou ao país de origem e possui marcas e dores que só o mesmo pode nos contar, todo o trauma sofrido por ele nas guerras em que esteve em combate acaba acarretando em uma série de acontecimentos que destrói seu casamento com Lucy. Mesmo que essa mulher seja forte, e acima de qualquer outra coisa ela ame esse homem com todas as suas forças isso não é suficiente para mantê-lo firme, Fisher precisava de ajuda, essa que por sua vez Lucy não poderia mais lhe oferecer.

A representatividade de Lucy nessa obra foi muito marcante, ela não desistiu de Fisher em nenhum momento pois o compreendia melhor do que ninguém, se entregou de corpo e alma para essa relação e por fim percebeu que essa entrega foi tamanha que acabou piorando a situação de seu marido, a força de recomeçar e enfrentar todas dificuldades que ela enfrentou sozinha inspiram o leitor, principalmente se for uma mulher.

A perseverança de Fisher para se recuperar do trauma, das alucinações e toda dor foi admirável sem dúvida, ele se tornou um homem ainda mais determinado e forte, disposto a tudo para recuperar sua mulher, se entregou de corpo e alma com um único objetivo, ter Lucy de volta. O livro traz essas questões e envolvimento desse casal muito vivido para o leitor é isso que torna a leitura tão interessante e significativa.

A leitura também proporciona uma viagem sobre temas diversos, como o machismo presente no pai de Fisher em relação a Lucy, sobre a submissão da mãe de Fisher em relação a seu marido entre outras características importantes que o leitor vai detectando ao longo da obra.

O outro Lado..

Fica muito claro para o leitor que maior problema do casal é a comunicação, entretanto penso que o que Fisher estava vivendo psicologicamente deveria sim ser tratado por um profissional, devido a tudo que ele viveu na guerra não seria fácil apenas confiar em Lucy e tentar melhorar a partir daí. Após sua recuperação os erros prevaleceram por um tempo e eles vieram de ambos os lados, Lucy em muitos momentos agiu com uma infantilidade irritante na personagem e isso me deixou frustada em alguns períodos na leitura.

Fisher em muitos momentos após seu retorno para Lucy foi possessivo, ciumento de forma doentia e isso também me incomodou na obra, ainda mais sabendo da aceitação de Lucy, achando essas atitudes excitantes, atualmente sabemos bem onde Possessão e Ciúmes em excesso nos leva não é mesmo?

 

A Escrita

Não conhecia o trabalho de Tara Sivec e tive uma bela surpresa com sua escrita, fluída, intensa e em muitos momentos do livro principalmente no final dele picante, a autora trabalhou as memórias de seus personagens de forma intercalada, trouxe como pano de fundo um diário que foi usado para relatar todo o passado vividos por eles, abordou as questões que envolvem um relacionamento de forma muito cativante prendendo o leitor em sua história.

Adorei esse meu primeiro contato e meu retorno aos romances marcantes não poderia ter sido de forma melhor, a obra também proporciona surpresas emocionantes no final que valem muito a pena serem conferidas!

Finalizando

Adorei a leitura de todas as maneiras possíveis, o livro é misto de drama, romance, superações, quebra de barreiras, e capítulos calientes, os personagens são fortes, com caraterísticas únicas que se afloram durante toda a leitura recomendo para todos que apreciam o gênero, e também querem tirar boas lições da obra!

Espero muito que tenham gostado!

Xoxo

Título Original: Fisher’s Light|Páginas:292|Gênero:Drama/Romance|Editora:Verus|Minha Avaliação:4/5

Comments (15)

  • Bianca Ribeiro

    3 de abril de 2020 at 11:02

    Eu tô vendo bastante gente falando sobre esse livro, mas nunca tinha parado pra ler nada sobre, mas confesso que tô interessada!
    Eu tô numa vibe bacana de ler esses livros mais arrebatadores, mesmo que romance não seja o meu genero preferido, eu gosto muito de ler as vezes.
    Fiquei encantada com a sua resenha, já coloquei o livro na minha wishlist, tô ansiosa pra ler! Amei suas fotos, muito lindas!

  • Alisson Gomes

    4 de abril de 2020 at 15:53

    Menina eu nem soube do lançamento desse livro,mas o que me deixou mais bobo mesmo é que é um livro da Tara Sivac!! O primeiro livro dela que li foi Malícias e Delícias, esse, lançado pela Valentina e é basicamente um New Adult com muitas cenas hots kkkkkkkk
    Achei a proposta desse livro realmente muito interessante e que sem dúvidas geraria uma boa leitura, olha devo tirar a conclusão que a autora escreve personagens com problemas de comunicação porque os protagonistas de M&D também tinham sérios problemas de comunicação hahaha mas que bom que no fim você gostou da leitura!!

  • Thainá Christine

    4 de abril de 2020 at 16:08

    Olá!
    Adorei a resenha e saber um pouco mais sobre o livro. Estou vendo só elogios para ele, então a ansiedade e curiosidade estão grandes. Porém, essa falta de comunicação me incomoda muito em um livro, sendo um dos motivos para eu me afastar tanto de romances. Eu tenho certeza que os pontos ressaltados por você também serão coisas que me incomodarão, e por isso terei que ter paciência com a leitura, mas espero realizá-la, mesmo assim, um dia.

  • Cibele

    5 de abril de 2020 at 13:35

    Olá!
    Ainda não conhecia esse livro, mas fiquei bastante curiosa com sua resenha. Adorei a capa, e a sinopse.
    Gosto muito de livros que tratem sobre a guerra e tudo o que a envolve. Gosto muito de romance, e esse livro parece ser bem diferente… Fiquei curiosa para saber como esse casal termina, e quais traumas o protagonista sofre..
    Ótima resenha, beijos
    Subsolo da mente

  • Aline Coelho

    5 de abril de 2020 at 20:23

    Não conhecia o livro mas após ler suas impressões confesso que fiquei envolvida com toda intensidade contida na trama. Fiquei curiosa para conhecer esse casal e sua luta para manter o relacionamento. Fiquei curiosa com o final também.
    Enfim parabéns pela leitura, resenha e pelas lindas fotografias. Show!!!

  • Maria Luíza Lelis

    5 de abril de 2020 at 21:24

    Oi, tudo bem?
    Quando vi esse livro fiquei muito dividida entre ler ou não. Gostei muito da premissa, mas sabe quando você não está no clima. Lendo a sua resenha, eu achei até bom não ter lido, porque com certeza não seria uma leitura proveitosa para mim. Eu ando fugindo de livros com drama e esse parece ter mais do que eu gostaria. Porém, também vi que é um livro com personagens complexos e a escrita da autora parece ser maravilhosa. Não é uma leitura que eu faria agora, mas acho que em outro momento vale muito dar uma chance.
    Adorei sua resenha e as fotos estão lindas demais.
    Beijos!

  • Kênia Cândido

    6 de abril de 2020 at 17:37

    Oi Michelle.

    Eu estou com este livro na meta de leitura e gostei bastante da sua opinião porque fiquei sabendo que é uma leitura com misto de drama e romance. Vou tentar lê-lo o mais rápido possível. Parabéns pela resenha.

    Bjos

  • Lilian de Souza Farias

    6 de abril de 2020 at 21:13

    Nossa que livro legal, adorei, excelente dica, vou pesquisar mais e quem sabe comprar futuramente. As fotos também ficaram ótimas, amei o que vi por aqui.

  • PS Amo Leitura

    7 de abril de 2020 at 09:08

    Antes de tudo: suas fotos estão incríveis! E já ouvi muita gente falando desse livro, mas sua resenha me deixou com aquela sensação de que eu preciso ler a obra, sabe? Não sabia dessa parte da representatividade e confesso que me deixou bem curiosa. O que me chama mais atenção é saber sobre como o casal lida com o stress pós traumático. Li recentemente uma obra que tinha essa premissa também e muitas coisas tristes aconteceram 🙁 Vou adicioná-lo na minha booklist.

    Beijos.

  • Ana Karoline

    8 de abril de 2020 at 02:01

    Oi Mi
    Fiquei sem fôlego com sua resenha, explicando Tim Tim por Tim Tim os traumas desse casal que busca se reconstruir e reconectar após essa volta da guerra. Achei interessante tbm sei posicionamento contra os aspectos possessivos do rapaz aceita pela moça e como seus transtornos deveriam estar sob os cuidados de um profissional. Isso é muito importante.

    Arrasou nas fotos. Todas lindas . Parabéns.

    Bjos e Cheiros

  • Nina Spim

    9 de abril de 2020 at 14:29

    Oi, tudo bem? Já li algumas outras resenhas desse livro e, mesmo assim, gostei da sua. Mas acho que esse não é um livro para mim, apesar de eu gostar de tramas psicológicas. Acho que tem uma narração intensa, mas ao mesmo tempo, pra mim, soa meio morna, não sei. Não tenho muita afinidade com o romance, tô deixando de ler tramas heterossexuais, também, já me cansaram muito. Adorei sua resenha, você expôr muito bem os seus pontos. Adorei as fotos, especialmente! 🙂 Parabéns pelo post, adorei a composição.

    Love, Nina.
    http://www.ninaeuma.blogspot.com

  • Mara Santos

    15 de abril de 2020 at 17:27

    Eu já li livros da Tara Fisher, mas em um gênero literário completamente diferente. Quando vi esse lançamento, já fiquei com uma vontade de ler, para ver a escrita dela em outro gênero, mas quando li sua resenha, encontrei vários outros motivos para ler e logo esse livro!

  • Dayhara Ribeiro Martins

    16 de abril de 2020 at 13:05

    O problema sempre é a comunicação, né? Infelizmente, principalmente entre casais. Acabei nao optando pela leitura desse livro porque sei que é um baita drama e não vou aguentar de tanto chorar haha. Mas ainda assim, a leitura parece realmente valer muito a pena.

  • Beatriz Andrade

    22 de abril de 2020 at 21:14

    Suas fotos são tão lindas, Mi! Eu estou louca para ler esse livro, acho a premissa dele muito interessante e acredito que eu vou gostar bastante da leitura

  • Mari Barros

    24 de abril de 2020 at 00:28

    Guerra é um tema bem delicado, né? Porque é simplesmente impossível uma pessoa voltar a mesma antes da convocação. Estou curiosa para ler esse livro. Essa autora é nacional, né?

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Anterior

[Resenha] O Cuidadoso Despir Do Amor-Corey Ann Haydu @galera

20 de março de 2020

Próximo Post

[Filme] Um Fim De Semana Diferente

5 de abril de 2020
error: Content is protected !!