Resenha O Monge e a Coruja Thiago Brado

18 de agosto de 2017Michelle
Minha primeira experiência lendo uma fábula nacional, e foi incrível conhecer o trabalho de Thiago Brado, um autor que usa as palavras de forma sensível e amigável, fiquei muito envolvida  com a leitura e espero que gostem da resenha!

Sinopse: Quando o coração sente é Deus quem fala. Numa noite de inverno, enquanto o monge Joseph se preparava para dormir, um ruído misterioso na torre leste chamou sua atenção. Caminhou lentamente pelo mosteiro em busca de respostas e quando chegou à torre o silêncio se misturou com a escuridão. “Tem alguém aí? ”, perguntou o monge, mas não obteve resposta. Sentindo um vento suave próximo aos seus pés, indagou: “Notei que tem asas”. “Preciso delas para voar alto! ”, respondeu uma voz… Thiago Brado, uma das mentes mais criativas e geniais da nova geração de compositores, cria uma fábula inspiradora sobre perdão, fé e amor. Um encontro improvável, num mosteiro esquecido, entre o monge e a coruja, irá tocar seu coração e encher sua vida de esperança.

Joseph é um velho monge e vive no mosteiro há alguns anos, lá todos o respeitam e seguem seus conselhos, sempre foi muito alegre e carismático, ajudando seus irmãos e os ensinando caminhos corretos a tomar durante essa jornada da vida. Ele tinha muitos amigos mais Giovanni era por quem tinha uma consideração especial ali dentro, no inverno as coisas pioravam muito para Joseph pois ele já tinha se curado de uma forte pneumonia e suas pernas enfraquecidas pela doença sentiram a chegada do frio, em uma noite fria ele escutou um barulho e resolveu verificar, o velho monge notou que o barulho vinha da torre leste, lugar que costumava frequentar antes de adoecer, muito determinado ele subiu as escadas e lá percebeu a presença de um estranha criatura com asas.

Logo notou que a criatura o compreendi e conversaram por um determinado tempo naquela noite, tomado por uma curiosidade ele voltou mais vezes a torre leste até descobrir que seu novo amigo falante era uma coruja, Joseph começou a encontrar Gufort sempre que podia e juntos construíram uma amizade baseada em experiências de vida, amor, perdão, gratidão e fé.

O monge passou por muitas coisas, e seu amigo coruja também teve que enfrentar perdas terríveis mais de uma forma diferente de Joseph, juntos eles tornaram se um, se completavam de uma forma  pura e intensa.

O livro todo é composto com passagens carregadas de ensinamentos e lições, tão lindas de serem lidas que fica difícil não se emocionar, a escrita simples e cativante do autor tornaram a leitura especial, e a pureza dos personagens contagiam quem está lendo, adorei conhecer o trabalho do Thiago, um livro para levar para toda a vida.

Fábula | 190 Páginas|Editora Planeta| Skoob
Compare & Compre: •Amazon| Classificação: 5/5

Comments (12)

  • Mari

    22 de agosto de 2017 at 12:21

    Gostei da sua resenha, me deu a impressão de ser um livro bem interessante. Vou procurar saber mais sobre 'O Monge e a Coruja'. Obrigada pela dica! 😀

  • Morgana Brunner

    29 de agosto de 2017 at 16:00

    Essa parece ser uma leitura linda menina, cheio de superação e fé, que retrata ao desfecho, ao meu ver, uma mensagem linda, com toda certeza adoraria ler.
    Beijinhos

  • Marcia Lopes

    31 de agosto de 2017 at 16:36

    Olá!
    Pela sinopse e pela sua resenha parece ser uma leitura enriquecedora, terna e emocionante. Anotei já!
    Bjs

  • Bárbara Prado

    31 de agosto de 2017 at 18:10

    Eu já li um livro sobre um monge e fiquei super apaixonada, os ensinamentos contidos no livro acrescentaram muito na minha vida e desde então venho procurando outros livros com tema assim, que além de tudo nos ensina e fortifica. Acho que encontrei rsrs
    Bjs

    https://blog-myselfhere.blogspot.com.br/

  • Lê e ler

    1 de setembro de 2017 at 02:19

    Oiie

    Dessa vez o livro não despertou tanto a minha atenção, apesar de sua resenha ser muito boa. Amei suas fotos!

    Beijos!

  • Karina Rezende

    1 de setembro de 2017 at 23:14

    Oii, tudo bem?
    Já vi algumas resenhas sobre esse livro e confesso que a temática não me atrai muito. Ainda sim, fico feliz que tenha gostado do livro, para quem gosta do tema deve ser uma leitura muito bonita.
    Beijos,
    Karina.
    Páginas Empoeiradas

  • Lilian Farias

    4 de setembro de 2017 at 16:27

    oi. não conhecia o livro e já curti a capa. me fez recordar as obras, algumas, do Paulo Coelho, parece interessante, não sei se é a mesma abordagem, mesmo assim, lerei.

  • Liziane Goulart

    5 de setembro de 2017 at 10:46

    Oi!!
    Eu peguei esse livro na livraria, mas como não conhecia nada sobre ele resolvi não comprar e agora estou arrependida.
    Eu adorei a tua resenha e preciso comprar esse livro, adorei conhecer um pouco da história.
    Beijão!

  • Carol Santos

    6 de setembro de 2017 at 19:47

    Olá, tudo bem? Confesso que não é um livro que leria facilmente, mas gostei da forma que você o abordou aqui. Quando terminei, me vi interessada nele, por isso dica anotada. Acho a capa bonita e bem o estilo dele. Ótima resenha!
    Beijos,
    https://diariasleituras.blogspot.com.br/

  • Haise

    7 de setembro de 2017 at 01:20

    Olá!
    Parece ser um livro bem místico e inspirador, com certeza anotei a dica na minha lista, pois a edição está um capricho também.

    Beijos!

  • Karine Fernandes

    7 de setembro de 2017 at 05:11

    Nossa amiga que resenha mais linda, e essas fotos?? Me diz qual a formula para fotos tão lindas como essas??
    Eu já tinha visto a capa desse livro por ai mas não sabia do que se tratava, que bom que para você foi uma leitura boa e produtiva.

    Beijos

  • Vivianne Sophie

    9 de setembro de 2017 at 00:11

    Olá,

    Não conhecia o livro, mas a premissa é bem interessante. Com certeza darei uma chance futuramente ao ler uma resenha tão positiva.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Post Anterior

Resenhas O Primo Basílio Eça De Queirós

11 de agosto de 2017

Próximo Post

Resenha O Sorriso Da Hiena Gustavo Ávila

21 de agosto de 2017
error: Content is protected !!