[Resenha] Sempre Teremos O Verão @intrínseca

28 de maio de 2019Michelle

Trilogia O Verão Que Mudou Minha Vida -Jenny Han

Todas as fotos feitas no blog são autorais, exceto quando sinalizada de outra forma, não usem sem autorização!

Sinopse: Um coração. Dois caminhos. E a decisão que vai mudar tudo.Na alegria e na tristeza, Belly sempre esteve ao lado da família Fisher. Susannah era uma segunda mãe, Conrad foi seu primeiro amor, e Jeremiah, o melhor amigo que virou namorado. Depois de dois anos de relacionamento, ele a surpreende ao fazer a pergunta que Belly sempre quis ouvir: ela aceitaria se tornar a Sra. Isabel Fisher? Longe de casa, Conrad deixou para trás seu jeito egocêntrico, mas nem a distância nem o tempo o ajudaram a superar a perda de seu verdadeiro amor. Quando Belly e Jeremiah decidem se casar, Conrad sabe que não tem escolha. Precisa se declarar para a amada ou então se calar para sempre. Agora, Belly vai precisar tomar a decisão mais importante de sua vida e encarar algo que, no fundo, sempre soube que aconteceria: ela vai partir o coração de um deles.

“Sempre teremos o verão” é a obra que finaliza os verões de Belly com os garotos Fisher, muitas coisas foram compartilhadas com o leitor nesta obra de forma autêntica como tudo que Jenny Han faz. Os jovens estão mais maduros e seus relacionamentos mais intensos do que nunca, Belly está na faculdade junto de sua amiga de infância Taylor e seu atual namorado Jeremiah.

Todas as fotos feitas no blog são autorais, exceto quando sinalizada de outra forma, não usem sem autorização!

O relacionamento dos dois começou no final do segundo livro quando Conrad o primeiro amor de Bells se tornou um verdadeiro babaca agindo com muita imaturidade e magoando a jovem mais do que possamos imaginar, somente para quem leu todas as obras é que se torna possível entender o comportamento de Conrad.

Jeremiah continua sendo aquele cara brincalhão e carinhoso que Belly ama tanto e ambos estão vivendo uma fase incrível juntos na universidade, até que um desentendimento abala essa relação. Mesmo amando Belly Jeremiah comete um erro terrível e Bells fica muito magoada com ele coisa que nunca tinha acontecido antes. A jovem passa a refletir sobre seus erros e segredos que guardou durante todo esse tempo.

Todas as fotos feitas no blog são autorais, exceto quando sinalizada de outra forma, não usem sem autorização!

Superando esses pequenos conflitos o casal resolve se dar uma chance ainda maior que um namoro, e Belly é pedida em casamento por Jeremiah que se declara dizendo que para ele só existe a jovem ninguém mais. A notícia desse casamento abala a família Fisher e a família de Belly também, e a partir desse momento passamos a acompanhar as dificuldades que todos irão enfrentar.

Este último livro que compõem a trilogia teve um desfecho desafiador para o leitor, ficamos divididos em relação ao que Belly deve decidir e escolher para seu futuro, a autora trabalha sua escrita fluída como sempre prendendo o leitor o máximo que se pode imaginar. Os personagens se tornam mais presentes em narrativas intercaladas dando a visão clara de seus sentimentos e pensamentos mais profundos para quem está lendo, foi uma das coisas que mais gostei na leitura.

Todas as fotos feitas no blog são autorais, exceto quando sinalizada de outra forma, não usem sem autorização!

A história desses jovens traz muitos aprendizados de amadurecimento, comprometimento, amor, respeito e sem dúvida o maior deles a amizade, é de se admirar os laços que Jenny Han criou entre os personagens que são capazes de passar por cima de seus sentimentos mais intensos para ver a felicidade uns dos outros.

Jeremiah se torna cada vez mais durante a leitura um jovem que é capaz de respeitar Belly e ser o marido ideal, e mesmo quando está em seu direito de voltar-se contra a jovem ele escolhe ama-la para todo sempre, uma atitude linda que marcou muito a história.

Todas as fotos feitas no blog são autorais, exceto quando sinalizada de outra forma, não usem sem autorização!

Conrad enfim teve as explicações sobre suas atitudes esclarecidas ao leitor, uma rapaz generoso que desistiu do amor de sua vida para que Belly e o irmão pudessem ser felizes, uma promessa feita a sua mãe que foi honrada até quando ele pode honrá-la. Se mostrou um personagem nobre e fiel aos seus sentimentos.

Belly amadureceu tanto, criou laços incríveis e mesmo dividida entre o seu primeiro amor e o atual soube respeitar seus sentimentos de forma madura.

Enfim a leitura deste livro nos traz algumas reflexões sobre tudo que já mencionei e nos deixa alguns aprendizados que são muito importantes quando se trata de relacionamentos, foi uma jornada incrível e uma prazer maravilhoso ter a oportunidade de acompanhar essa história.

Todas as fotos feitas no blog são autorais, exceto quando sinalizada de outra forma, não usem sem autorização!

O final do livro me surpreendeu um pouco quando achei que o desfecho tinha sido entregue a autora deu um rumo diferente as coisas o que me deixou feliz pois foi exatamente este final que esperava.

Nunca imaginei ver o verão com bons olhos, afinal não gostava muito da estação, mais acredito que esse sentimento terá uma outra forma no próximo ano graças “Ao verão que mudou minha vida”

Espero muito que tenham gostado da resenha!

Xoxo!

Título Original: We’ll Always Have Summer Páginas: 251 Gênero: Romance Editora: Intrínseca Minha Avaliação: 5/5 Comprar: Amazon

Ps: Os links deste post são afiliados da Amazon, comprando por eles vocês contribuem com meu trabalho, pois ganho um pequena comissão e isso não interfere no valor da compra de vocês! 🙂

Comments (22)

  • Bianca Ribeiro

    29 de maio de 2019 at 16:09

    aaaaaaah adorei essa resenha e suas fotos são tão lindas, não sei lidar!
    Eu preciso pra ontem ler algo dessa autora, todo mundo ama tanto ela e eu sempre fico perdida no que ta rolando, mas deve ser porque esse tipo de coisa que ela escreve não é bem o tipo de livro que eu leria por vontade propria sabe, mas acho que vou dar uma chance, quem sabe!!

  • Karoline Gonçalves

    30 de maio de 2019 at 12:43

    Oiee Michelle
    Tudo bom?

    Primeiramente, que fotos são essas? Lindas demais.
    Segundo, eu nunca li as duas trilogias da Jenny, a única obra que li da autora foi aquela série do Olho por olho que ela fez em parceria. Mas morro de vontade de conhecer a escrita dela separadamente.
    Aqui, so puder aguçar ainda mais a minha curiosidade. Como é o terceiro livro, tive já algumas coisas que aconteceram nos primeiros volumes mas o fim está todo reservado para mim. Amei a resenha, detalhada e com seus sentimentos em relação a autora e aos personagens. Parabéns, ficou linda ♥

    Bjos e Cheiros
    Insta: @anakaroline_gc
    http://www.livreando.com.br/

  • Lana Silva

    30 de maio de 2019 at 16:36

    Faz muito tempo que quero ler essa trilogia, antes mesmo de haver a republicação com essas novas capas incríveis. Fico feliz em saber que o desfecho desse último livro teve pontos surpreendentes e que a autora consegue prender o leitor do começo ao fim da obra. Bom, como ainda não li nenhum dos livros eu ainda não conhecia os personagens, mas fiquei triste ao saber que o relacionamento do casal teve conflitos, e ficou abalado. Agora mais do que nunca estou ansiosa para ter essas obras em mãos.

  • Carol Nery

    30 de maio de 2019 at 23:37

    Achei muito interessante você falar sobre os tipos de reflexão que a leitura dos livros podem trazer. Embora não seja o tipo de leitura que me anime, eu tenho certeza que devem ser uma ótima pedida para acalmar a mente e as emoções de leituras mais pesadas e tensas.
    Adorei o post e as fotos!
    Beijocas

  • Lucy

    31 de maio de 2019 at 20:20

    Oi, Michele! Nossa, eu não pretendia ler essa trilogia porque achava que não era muito a minha cara, mas achei a sua resenha muito fofa! Adorei a trama e acho que não vai ter jeito, terei que ler, principalmente para ver como a Belly enfim desencana de Conrad e fica com Jeremiah. rsrs
    Bjos
    Lucy – Por essas páginas

  • Debyh

    31 de maio de 2019 at 22:08

    Olá,
    Mesmo lendo muitos elogios ainda não sei se quero ler este livro, só porque tem um triangulo amoroso mesmo hahahaha. mas eu gosto de histórias no verão então quem sabe mais pra frente.

  • Marijleite

    1 de junho de 2019 at 15:04

    Oi, amei conferir sua opinião sobre o desfecho da trilogia, parece muito interessante a forma como a autora desenvolve os personagens e como eles amadurecem.

  • Hanna Carolina Lins de Paiva

    1 de junho de 2019 at 20:19

    Nossa, que livro mais amorzinho. Eu amei as capas e ouço falar muito bem do primeiro, mas não sabia que formavam uma trilogia, rsrs. Suas fotos ficaram incríveis também. S2
    Bjks!

    Mundinho da Hanna

  • Nina Spim

    1 de junho de 2019 at 21:27

    Oi, tudo bem? Não conhecia essa trilogia e fiquei curiosa. Eu amo romance YA e sempre defenderei hehe. Vou procurar para ler, com certeza. Muito obrigada pela dica, tenho certeza de que vou gostar <3 Suas fotos, como sempre, lindas!!!

    Love, Nina.
    http://www.ninaeuma.blogspot.com

  • Aline Coelho

    2 de junho de 2019 at 01:34

    Confesso que esses livros não chamaram a minha atenção, apesar dos mil elogios que ando lendo sobre eles.
    Mas penso que a proposta seja boa, afinal já li um nacional que seguia essa mesmaideia basee amei.
    Mas enfim foi muito positivo conferir suas impressões. Parabéns pela leitura etc.

  • Andressa Ledesma

    2 de junho de 2019 at 02:07

    Ainda quero muito ler essa trilogia. Eu amei as reedições da Intrínseca! ♥
    Eu já gosto bastante do verão, então que vai ser uma leitura muito amorzinho. kkkk
    Amei suas fotos, estão lindas demais.
    beijos

  • Erika Monteiro

    2 de junho de 2019 at 19:06

    Oi, tudo bem? Gente que fotos mais lindas. Sou apaixonada por essa coleção. Desde que vi o lançamento da Intrínseca as capas me chamaram atenção. Pelos títulos dá para imaginar que a história vai nos conquistar. Romances sempre trazem um quentinho ao coração principalmente aqueles que acontecem no verão minha estação favorita. Beijos, Érika =^.^=

  • kênia Cândido

    4 de junho de 2019 at 16:35

    Oi Michele.

    A trilogia parece ser muito boa e tenho lido vários elogios sobre ela. Espero ter a oportunidade de aventurar nessa jornada e finalizar também achando incrível. Obrigada pela dica e parabéns pela resenha.

    Bjos
    https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

  • Thais Rodrigues (Kira)

    5 de junho de 2019 at 01:06

    Queria ter essa criatividade para fotos com os livros, todas ficaram tão lindas!!!! E seu post ficou ótimo! Muito obrigada pela recomendação! Eu gosto muito dos livros que saem na intrínseca e é sempre bom ler resenhas para decidir entre as opções que me chamam a atenção ♥

    Beijos!

  • Mara

    5 de junho de 2019 at 14:06

    Eu estou super curiosa para ler essa série, gosto da escrita da autora e saber que nesse la te surpreendeu já é um ponto super positivo para mim.
    Eu amo o verão, então a tendência é me identificar e muito com a história….
    Beijão!

  • PS Amo Leitura

    6 de junho de 2019 at 10:20

    Adorei sua resenha e as fotos estão incríveis! Estou muito curiosa para ler essa trilogia e saber que há amadurecimento e que o final te surpreendeu, me deixa ainda mais empolgada!

    Beijos,

  • Mirelly

    6 de junho de 2019 at 16:58

    Oii, tudo bem?

    As fotos ficaram lindaas, acho as capas desses livros maravilhosas. Já tem um tempo que quero ler essa série, espero conseguir ler em breve, depois da sua resenha estou ainda mais empolgada para começar a leitura. Beijinhos!!!

  • kell alves

    10 de junho de 2019 at 13:30

    Oi Mi,
    Acho essas capas muito fofas, e sempre vejo falaram bem das histórias da Han, adorei a resenha e a dica está anotada, só incluindo mais na lista de desejados!!

    Beijokas e amei as fotos.

  • Beatriz Andrade

    11 de junho de 2019 at 01:46

    Lindas fotos, Mi!
    Eu estou louca para ler essa trilogia da autora e sei que vou me apaixonar! Amei a sua resenha <3

  • Ana Luz

    12 de junho de 2019 at 03:13

    Olá, tudo bem?

    Parece se tratar de um romance bem gostosinho, confesso que não conhecia essa trilogia e que nunca li nada dessa autora, mas fiquei curiosa e vou esperar para ver o que você vai falar das sequencias.

    Beijo.

  • Renata Cezimbra (Lady Trotsky)

    14 de junho de 2019 at 03:28

    Oi Michelle! Tudo bem?
    Da Jenny Han eu só conheço a trilogia “Para todos os garotos que já amei”, mas eu imagino que essa, provavelmente mais recente, deve ser tão interessante quanto embora eu confesse ainda não ter lido nada dessa autora. Mas eu bem que gostaria.
    Abraços e beijos, Lady Trotsky…
    http://osvampirosportenhos.blogspot.com

  • No Conforto dos Livros

    18 de junho de 2019 at 20:45

    Ola!! 🙂

    Eu confesso que nao conhecia este livro ainda, que bom que gostarstre de fazer a leitura!! 🙂 Fiquei bem curioso com a historia!!

    Enfim, que otimo que a persoangem amadurece, e que o final te agradou, depois de tantas reflezoes tambem!

    Boas leituras!! 😉
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Post Anterior

Um amor chamado fitônia...

22 de maio de 2019

Próximo Post

[Resenha] Tempo de luz-Whitney Scharer-@intrínseca

11 de junho de 2019
error: Content is protected !!