Já fazia algum tempo que estava pensando em pegar uma fantasia para ler, eu adoro o gênero e senti falta depois de ficar um período sem leituras assim, “Serafina e a Capa Preta” era um livro pendente em minha estante há alguns anos e resolvi começar por ele, a obra é muito detalhista e envolvente, sua história é leve e cheia de suspense, adorei minha experiência de leitura!

Sinopse:Serafina nunca teve motivos para desobedecer ao seu pai e se aventurar além da Mansão Biltmore. Há espaço de sobra para ser explorado naquela casa imensa, embora ela precise tomar cuidado para jamais ser vista. Nenhum dos ricaços lá de cima sabe da existência de Serafina; ela e o pai, o responsável pela manutenção das máquinas, moram secretamente no porão desde que a garota se entende por gente. Mas quando as crianças da propriedade começam a desaparecer, somente Serafina sabe quem é o culpado: um homem aterrorizante, vestido com uma capa preta, que espreita pelos corredores de Biltmore à noite. Após ela própria ter conseguido – depois de uma incrível disputa de habilidades – escapar do vilão, Serafina arriscará tudo ao unir forças com Braeden Vanderbilt, o jovem sobrinho dos donos de Biltmore. Braeden e Serafina deverão descobrir a verdadeira identidade do Homem da Capa Preta antes que todas as crianças… A busca de Serafina a levará ao interior da mesma floresta que tanto aprendeu a temer. Lá, descobrirá um esquecido legado de magia, que tem relação com a sua própria origem. Para salvar as crianças, Serafina deverá procurar as respostas que solucionarão o quebra-cabeça do seu passado.Skoob.

Mistério e aventura sempre estiveram presentes na vida COR, ela tem esse apelido devido suas habilidades de caça, vivendo com seu pai em um porão na mansão chamada Bitmore, ela procura entender sua origem e aceita a vida que leva. Suas maiores experiências enquanto criança é sair na madrugada caçando ratos pelo local onde vive.

Ninguém sabe que Serafina e o pai vivem nos porões da mansão, e ela sempre foi alertada por ele a se manter distante e invisível aos olhos dos donos e hospedes do lugar. Para sua própria segurança a garota passou boa parte da vida escondida e só se atrevia a andar por ai na calada da noite.

Tudo isso muda quando em uma noite COR presencia algo que irá mudar sua vida, uma outra garota é raptada e tudo acontece muito rápido, a menina sumiu diante dos olhos de Serafina e ao mesmo tempo que ela sofria pelo pavor do que via também precisou fugir para não ter o mesmo destino da menina.

No fundo Serafina sabia que precisava ajudar a garota que aos gritos desapareceu, mais como fazer isso e não ser vista, como ajudar encontrar uma pessoa sem ser notada e revelar sua existência aos demais?

“Serafina e a Capa Preta” foi uma leitura extremamente fluída e marcante, tendo como ponto principal o mistério que envolve o sumiço de crianças na mansão Bitmore, aqui o leitor é incentivado a tentar descobrir quem está por traz dos raptos e desaparecimentos, o livro brinca com a imaginação do leitor, e acredito ser uma das características mais marcantes da obra.

A protagonista é uma criança, logo entendemos que a escrita é voltada para público infantil e jovem, entretanto qualquer um poderia se aventurar pela obra de Robert Beatty e se encantar com a narrativa, cenários e descrições que o mesmo nos apresenta, é sempre bom lermos obras como está.

“Às vezes, mas só às vezes, desejava não apenas ouvir as pessoas ao redor em segredo, mas também falar com elas. Não apenas vê-las, mas também ser vista.”

O autor nos trouxe uma protagonista astuta, inteligente e muito forte, entretanto também nos proporcionou uma personagem que cresceu apenas com uma figura masculina em sua vida, e algo sempre esteve faltando para Serafina, a presença de uma mãe! Por ter crescido de forma isolada e não saber sua real origem tudo a leva pensar que existe algo de errado consigo, o que nos toca profundamente como leitores.

A única pessoa que pode ajudar Serafina nessa questão é seu pai, será que ele terá coragem de lhe dizer tudo que ela precisa saber para seguir em frente? Aqui notamos uma questão familiar muito bem desenvolvida, percebemos o amor de uma pai por uma filha e suas expectativas diante desse sentimento.

O livro vai muito além de uma simples fantasia, através dele conhecemos histórias de vidas diferentes, situações econômicas diferentes, assuntos como adoção, aceitação, preconceito tudo isso está presente no trabalho que autor criou nesse livro, sem dúvida muito significativo.

Uma leitura extremamente envolvente, misteriosa, aventureira, com muitas reviravoltas e um final digno de uma fantasia, recomendo a todos que apreciam o gênero e aqueles que desejam conhecer algo novo!

Espero muito que tenham gostado!

Xoxo

Fantasia| Páginas 235|Editora Valentina|Minha Avaliação 4/5