Browsing Tag:

Literatura brasileira

    [Literatura em pauta] Um Pouco De Literatura Brasileira

    3 de setembro de 2019

    No post anterior do ‘literatura em pauta’ contei um pouco sobre os primeiros textos escritos em nosso país, que não foram considerados literatura de fato mais foram comparados com ela devido a sua estética, recebi muitos comentários positivos a respeito daquele conteúdo e fiquei imensamente feliz por isso, porque a intenção era compartilhar conhecimento com vocês e se estão gostando fico muito grata, enfim resolvi trazer mais um pouco sobre literatura e no post de hoje mostrei algumas das divisões existentes na Literatura Brasileira, espero muito que gostem!

    Você sabe o que o termo Barroco significa?
    A arte dos contrastes! O Barroco é uma estética repleta de contrastes, pois tenta reunir, de maneira harmônica, dois mundos opostos: o teocentrismo medieval e o antropocentrismo renascentista. Tais contrastes são percebidos, na arte literária, através das temáticas opostas, tais como: o céu e o inferno, o espírito e a carne, a vida mundana e a elevação espiritual. Em questões que versam a respeito da linguagem, há a presença de antíteses, metáforas opulentas, hipérboles e paradoxos.

    Características
    – Inicia-se nas artes plásticas e, depois, expressa-se nas letras; – Temática religiosa; – Conflitos entre o corpo e a alma; – Medo da morte; – Sofrimento existencial; – Cultismo; – Conceptismo.

    Já ouviu falar em Arcadismo?
    Arcadismo (1768 – 1836)
    O Arcadismo foi um movimento não apenas artístico, mas também de ideias. Refletindo a racionalidade evocada pelos ideais iluministas que se alastraram pelo mundo ocidental no século XVIII, temos aqui um conjunto de artistas que visavam a construção de uma arte pautada no equilíbrio e na simplicidade, bem como na retomada dos valores clássicos.
    Contexto histórico – Europa – Iluminismo: Século XVIII – o “Século das Luzes”. – Revolução Francesa. – Revolução Industrial. – Independência dos Estados Unidos (1775).

    Contexto histórico – Brasil – Ciclo da mineração do ouro. O centro comercial brasileiro passa a ser Ouro Preto (Minas Gerais); – Insatisfação com a Coroa (cobrança do “quinto”); – Inconfidência Mineira; – Expulsão dos jesuítas por Marquês de Pombal.

    O arcadismo  Busca pela simplicidade; – Bucolismo; – Pastorialismo; – Linguagem Simples; – Ausência de subjetividade. – Inspiração em cinco máximas latinas: 1) Fugere urbem (fugir da cidade); 2) Inutilia truncat (cortar o inútil); 3) Carpe diem (aproveitar o dia); 4) Locus amoenus (lugar ameno); 5) Aurea mediocritas (equilíbrio do ouro).
    Arcadismo (1768 – 1836)

    Principais Autores do Arcadismo no Brasil
    – Cláudio Manuel da Costa: Autor de Obras Poéticas, publicada em 1768 em Coimbra, a qual marca o início do Arcadismo no Brasil. Diversos críticos apontam a obra de Costa como de expressão árcade, porém com “ecos do barroco”. – Basílio da Gama: Autor de Quitúbia (1791) e O Uraguai (1769). Nesta última obra, visando elogiar Pombal e assim conseguir sua proteção, Gama traz a representação dos jesuítas como inimigos a serem combatidos, enquanto o heroísmo indígena é exaltado. – Frei José Santa Rita Durão: Foi membro da ordem religiosa agostiniana, sendo sua principal inspiração a lírica camoniana de Os lusíadas. Publicou as obras Pro anmia studiorum instauratione oratio (1778) e o épico Caramuru (1781).

    Curioso essas duas divisões da literatura não é mesmo, acredito que para alguns os termos já são familiares e para outros é novidade, no meu caso já tinha um pouco de conhecimento a respeito mais não me recordava de praticamente nada, por isso, foi muito positivo rever os conceitos e suas características.

    Essas fases da literatura podem parecer chatas e históricas, mais foram muito importantes para o desenvolvimento de novas etapas da área e fundamentais para evolução também. Bom espero muito que tenham gostado do conteúdo, vejo vocês em breve!

    Xoxo

    Continue reading…