Motivação Literária

Resenhas Literárias, Dicas De leitura, Dicas de filmes e séries, Rotina de estudos, Experiências pessoais.

[Resenha] A Segunda Vida De Missy - Beth Morrey @intrínseca

 Finalmente conclui a leitura dessa obra, preciso dizer que ela se manteve meio devagar porque tive tantas outras leituras obrigatórias da faculdade que acabaram atrapalhando um pouco no desenvolvimento dessa, porém adorei a história que me trazia aconchego em momentos de tensão por aqui, foi uma ótima experiência acompanhar a trajetória de Missy, espero que gostem da resenha!

Sinopse: Romance de estreia traz protagonista incomum em uma história divertida sobre segundas chances e as diferentes formas de amor. O mundo ao redor de Millicent Carmichael, também conhecida como Missy, de 79 anos, está diferente. Embora se apresse em dizer que considerava seu papel de dona de casa e mãe pouco satisfatório, a verdade é que Missy levou uma vida agitada cuidando de dois filhos e de um marido respeitado no mundo acadêmico. Agora que ele não está mais ao seu lado, que ela brigou com a filha e o filho se mudou para a Austrália, levando consigo seu amado neto, Missy passa os dias bebendo xerez, evitando as pessoas e vagando pela casa enorme e mal decorada esperando... o que exatamente? A última coisa que Missy imagina é que um grupo de estranhos e uma cadela espirituosa chamada Bob vão entrar na sua vida, quebrando sua casca e mostrando quanto amor ela ainda tem para dar. Em pouco tempo, rodeada por uma comunidade alegre e diversa que encarna as várias formas de amar, Missy encontra uma nova razão para viver.Um retrato emocionante e reflexivo sobre a vida adulta e o envelhecimento, A segunda vida de Missy é uma celebração de como os dias comuns podem ser extraordinários quando estamos cercados de pessoas queridas e do poder de perdoar a si mesmo, em qualquer idade.

 Missy tem 79 anos e mora sozinha em uma casa enorme que conquistou quando era mais jovem após se casar, sua vida é solitária já que não tem mais os filhos nem o marido por perto. Acabou se acostumando e tomando certo receio de deixar pessoas entrarem em sua vida e fazer parte dela. Na imensa casa ela passa seus dias de velhice em uma luta constante, as vezes é difícil ter vontade até de sair da cama, tudo acaba se tornando um missão por conta do desanimo que cerca essa idosa.

Missy está decidida a ir em um evento no parque da cidade onde mora, eles irão transferir os peixes de um lago para o outro e para isso irão dar choques nos peixes, não é o tipo de passeio dos mais legais e chamativos, porém ela teve um esforço enorme para sair da cama naquela manhã fria então lá estava ela acompanhando tudo e congelando. O que Missy não sabe é que esse pequeno grande esforço da inicio a uma nova jornada em sua vida, uma em que a solidão não se fará tão presente!

A vida de Millicente Carmichael é muito diferente da que ela imaginou, quando se casou passou a se dedicar a casa e aos filhos, o mais velho hoje mora longe lá na Austrália junto com a esposa e o filho decisão que afastou Missy de seu neto lhe causando grande tristeza, sua filha há muito não fala com ela, se desentenderam e estão há anos sem sem falar, uma aflição que também atinge Missy lá fundo do peito.

" E essa é a moral da história de hoje. Se você quer mesmo uma coisa, tem que se agarrar a ela. Não desista. Agarra-se como se sua vida dependesse disso. (P.22)"

Então quando essa senhora solitária começa a se encontrar com Ângela e seu filho Otis as coisas começam a mudar um pouco, a principio Missy não quer ter relações muito intimas com Ângela a desaprova como  mulher e como mãe devido a seu jeito todo espalhafatoso, mais aos poucos Ângela vai se tornando parte da vida de Missy, sem respeitar sua  vontade de ser sozinha, essa mãe solteira se encanta pela casa da nova amiga, Otis é um menino incrível lembra muito o neto de Missy com suas diferenças é claro, mas essa idosa não resisti aos encantos da criança e começa a nutrir por ele um carinho enorme.

Ângela vê em Missy uma oportunidade perfeita, uma boa babá, uma nova amiga, e uma casa enorme com muito espaço, por fim acaba forçando passagem para dentro da vida de Missy que cede sem ter muitas opções. No meio do caminho Missy irá conhecer e cuidar de uma cadelinha que segundo Ângela não tem onde ficar por motivos diversos, é uma história secundária de uma amiga em apuros que precisa urgentemente de alguém para cuidar da cadela.

A vida da protagonista muda completamente de uma rotina tranquila até tediosa para pessoas entrando e saindo de sua casa, um pet e uma criança cheia de energia brincando por todo canto, aos poucos Missy vai se acostumando mesmo que com muita dificuldade acaba se aproximando dessas pessoas e gostando de tê-las por perto. Sua solidão acaba esquecida dentro de uma gaveta, entretanto Missy precisa e deve resolver muitas coisas pendentes do passado para só assim ter a paz que merece.

A Segunda Vida Missy é uma história encantadora sobre uma velhinha que vive no auge dos seus 79 anos um vida nova, diferente da que tinha até então, uma história emocionante, que nos traz tranquilidade, paz e nos faz refletir sobre nosso futuro, sobre nossas vidas, pendências que precisamos resolver enquanto ainda temos tempo, mas sobretudo a leitura nos fala sobre amor, amizade e felicidade tudo que precisamos nos dias de hoje.

A sensibilidade está muito presente na escrita da autora que reflete exatamente o que nos acontece quando envelhecemos, nos tornamos diferentes, acaba que no fim de uma vida nós só esperamos o fim e as vezes ele ainda não chegou de fato, portanto precisamos sempre olhar para frente, seguir em frente e aproveitar cada segundo enquanto podemos!

O livro traz pontos muito delicados que nos emocionam muito, ficamos sensíveis com a história de vida de Missy, a narrativa do livro escrito por Beth é fluída e fácil de entender, ela nos remete ao passado da protagonista intercalando capítulos, conhecemos a Missy jovem e a Missy atual, é uma experiência muito verdadeira para o leitor.

A leitura nos traz muitos aprendizados, nos cativa e nos marca enquanto leitores, adorei acompanhar cada pedaço dessa história e saber que Missy teve momento felizes de novo mesmo depois de tudo que viveu! Espero muito que vocês tenham gostado da resenha :)

Xoxo! 

Título Original:Saving Missy| Páginas: 301| Gênero: Romance| Editora: Intrínseca| Minha Avaliação: 4/5| Comprar: Amazon

Ps: Os links deste post são afiliados, comprando por eles vocês contribuem com meu trabalho, pois ganho um pequena comissão e isso não interfere no valor da compra de vocês! :)

Comentários

  1. Oi Michelle!!

    Não sabia do lançamento desse livro e nem conhecia autora, mas já estou completamente encantado, achei a premissa do livro simplesmente muito interessante, para falar a verdade não é tão fácil encontrar livros com protagonistas idosos não é mesmo? E sinto que ele são exatamente o tipo de pessoas que teria ótimas ideias a contar!! Adorei a resenha, espero conseguir ler esse livro.

    Beijos!
    Eita Já Li

    ResponderExcluir
  2. Oi Michelle!!

    Eu vi algumas pessoas falando desse livro quando lançou mas acabou passando batido por mim, agora que li teu post, parece ser bem o tipo de livro que eu gosto! Eu adoro essa narrativa de pessoas mais velhas, são sempre histórias que me dão esperança sabe, de quem nem sempre a velhice é solitária sabe. Adorei seus comentários sobre o livro, já coloquei na lista!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Michelle.

    Eu vi este lançamento no Instagram da Editora, mas opinião sobre a história, a sua é a primeira e achei interessante. Gostei muito de saber que a história de vida de Missy contém trecho que emociona. Vou adicioná-lo para conferir todos os detalhes. Parabéns pela resenha.

    Bjos
    https://consumidoradehistorias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? Eu tenho visto muita resenha positiva sobre o livro e suas questões. Gosto desse paralelo de ser uma "leve", mas que ao mesmo tempo traz questões importantes para serem debatidas. Ademais, acho essa capa LINDA demais. Sua resenha me deixou hiper curiosa em conhecer o livro. Darei uma oportunidade sim!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. OOi
    Eu achei essa premissa muito fofa, sério. Li alguns livros que tem protagonista idosa e esses sempre são os melhores, com muitos ensinamentos e cenas divertidas.

    Sil
    blog kzmirobooks.com • Siga no Instagram: @kzmirobooks

    ResponderExcluir
  6. Gosto desses livros que trazem um personagem melancólico e no caminhar da história dá uma reviravolta capaz, a depender do caso, de nos fazer repensar nossa vida.

    ResponderExcluir
  7. Olá!!

    Adorei sua resenha, ela passa tanta verdade que eu sei que amaria conhecer essa história, mas ando um pouco sensível no momento e estou evitando algumas coisas. Porém já coloquei o livro na lista para quando eu estiver em um momento melhor. Todo sucesso do mundo.

    Um beijo
    Leitura Terapia

    ResponderExcluir

Postar um comentário

back to top