Destaques

Newsletter Novidades Do Blog

31 de março de 2018

Resenha - O Homem De Lata Sarah Winman

A leitura que hoje vou resenhar, foi entre tantas outras coisas difícil, mais também de certo modo reveladora, um livro escrito com uma das coisas mais importantes que podemos prezar hoje em dia a empatia, espero que gostem!


Sinopse: Em 1963, Ellis e Michael eram dois garotos de doze anos que se tornaram grandes amigos. Durante muito tempo, sempre foram apenas os dois, andando pelas ruas de Oxford, um ensinando ao outro coisas como nadar, descobrir autores e livros e a esquivar-se dos punhos de seus pais dominadores. Até que um dia algo muito maior que uma grande amizade cresce entre eles. Mas então, avançamos cerca de uma década nesta história e encontramos Ellis, agora casado com Annie, e Michael não está mais por perto. O que leva à pergunta: o que aconteceu nos anos que se seguiram? Esta é quase uma história de amor. Mas seria muito simples defini-la assim.

"O Homem De Lata" conta para nós leitores a história de vida de Ellis e Michael que se tornaram grandes amigos ainda na infância, através de suas memórias e as dos personagens que compõe esse livro embarcamos em uma narrativa complexa, mais que também tem seus lados positivos. No inicio da leitura conhecemos um pedacinho da vida de Judd a mãe de Ellis, ela esta em um bingo com seu marido Len e acaba sendo sorteada, seu prêmio era sinônimo de uma escolha, a de mudanças em sua vida naquele momento.



“Uma história sobre um tipo de ternura tão rara que chega a doer.” - Rachel Roice - BBC

Ellis já é um homem formado e esta enfrentando uma fase muito dolorosa, é difícil para o leitor acompanhar tanta angustia e sofrimento vivida por esse personagem sua vida está uma desordem e seu sofrimento deixa a narrativa melancólica e complexa. Entretanto a autora nos proporcionar conhecer cada pedaço da vida deste homem para que possamos compreender sua trajetória, quando pequeno sofreu com a perca da mãe e com um pai agressivo, o que amenizou sua dor foi ter por perto Michael.



"E você meu amigo galvanizado, quer um coração. Você não sabe o quão sortudo é por não ter um. Corações nunca serão práticos enquanto não forem feitos para não se partirem..."- O Mágico de Oz

Quando conhecemos a estória de Michael e suas atitudes nos encantamos de imediato com o personagem, ele se tornou meu favorito durante a leitura, e conhece-lo foi o melhor presente que a autora poderia ter nos dado nessa narrativa. É fato que nunca tive contato com uma obra escrita da maneira como foi, em alguns momentos me sentia muito triste e desanimada com Ellis que se tornou um homem frágil e sossegado em questões importantes de sua vida, mais percebi o lado positivo da história dele com Michael, um sentimento tão forte e puro que desperta em nós enquanto espectadores a empatia.


Meu primeiro contato com o trabalho de Sarah Winman foi no minimo diferente e raro, gostei muito do livro de forma geral e acredito que o lado negativo da escrita pode ser facilmente esquecido quando se comparado a magnitude do que ela se propôs a passar.

Espero que tenham gostado da resenha, um grande beijo e até a próxima!

Romance| 160 Páginas Faro Editorial|Compare & Compre: SubmarinoSaraivaAmazon| Classificação: 4/5| Skoob


Comentários via Facebook

18 comentários ❤. Comente Também!:

  1. Quero solicitar esse livro com a Faro meio logo, adorei a história dos personagens, eles são tão humanos que poderia facilmente ser teus vizinhos.
    A vida deles se torna triste porque não estão mais perto um do outro.
    E eles tem esse sentimento forte um pelo outro, acho que isso dita o livro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá sem dúvida é uma leitura que fala sobre a realidade de duas almas separadas pela vida tocante e emocionante, leia assim que tiver a oportunidade.<3

      Excluir
  2. Primeiramente, que fotos lindas!!! Eu gosto de estórias de amizade, acho que o último que li assim foi O Caçador de Pipas, mas por dar preferência aos livros de terror, eu acabei nunca mais lendo nenhum no estilo. Creio que seria uma leitura interessante pra mim. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem? Obrigada fico feliz que gostou das fotos faço com tanto cuidado é bom quando as pessoas gostam delas, eu queria muito ler o caçador de pipas mais acredita que não consegui ainda, beijos seja bem vinda!

      Excluir
  3. Oi Michelle.

    Apesar de ter gostado muito da sua resenha, o livro não despertou meu interesse. Acho que não seria uma leitura legal para mim no momento, mas vou deixar a dica anotada, quem sabe futuramente eu mude de ideia.

    Bjos
    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá obrigada pela visita, espero que encontre aqui no blog livros do gênero que lhe agradem nos acompanhem vem muita coisa boa por ai viu, beijos!

      Excluir
  4. Essa parte do 'lado negativo da escrita' ficou um pouco confusa para mim, porém gostei da proposta do livro que me remeteu a algo niilista, como não tenho certeza, vou ler para tentar entender melhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá a leitura por si só é negativa, nos remete a um sofrimento intenso vivido pelo personagem e sua história de vida nos proporciona melancolia em grande parte da leitura, foi isso que quis dizer ao escrever sobre a negatividade da escrita, dependendo do momento que o leitor estiver vivendo o livro não é aconselhável, obrigada pela visita, beijos!

      Excluir
  5. O livro não tem aquele apelo pra mim atrair muito, mas fico feliz que tenha tido uma leitura tão diferente e aprazivel.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá obrigada pela visita, continue acompanhando o blog tem novidades vindo por ai talvez uma delas seja uma dica boa de leitura para você, beijos! <3

      Excluir
  6. Ólá! Não tinha ouvido falar do livro, mas parece um estilo totalmente diferente do que leio, acredito que agora não leria não, talvez no futuro ou recomendar para uma amiga que goste.
    http://www.kammykrysthin.com/
    Xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola obrigada pela visita viu, espero que no futuro consiga encontrar aqui no blog uma leitura que seja o seu gênero, continue nos acompanhando tem muitas novidades vindo por ai, beijokas! <3

      Excluir
  7. Também não fiquei cativado pela história e pelos personagens, mas tentaria conhecê-los por se tratar de uma história curta.
    As fotos ficaram lindas :)

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá bem vindo, obrigada, fico muito feliz quando gostam das fotos faço com muito carinho, sobre o livro ele não é tradicional foi difícil concluir e identificar o objetivo da história, até breve!

      Excluir
  8. Oi Michelle.
    Acho incrível livros que têm esse poder de fazer com que o leitor se sinta tocado pela história, mesmo que os sentimentos suscitados não seja dos mais felizes, mesmo assim isso é muito importante na construção de nossa empatia, conseguirmos sentirmos a dor do personagem e nos solidarizarmos com ele, esperando que as coisas fiquem bem.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá verdade é esse o sentimento que brota quando conhecemos a história, empatia, vontade de ajuda-lo foi uma das coisas mais importantes que identifiquei na leitura!

      Excluir
  9. Menina,
    na boa: vc tem que ter um vlog... Tem q ter!
    Q fotos foram essas!
    Simplesmente fantásticas!
    Se eu fizer um livro um dia, vou te procurar para tirar minhas fotos ;D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá tudo bem, você não imagina minha alegria quando ganho elogios sobre as fotos, faço com muito amor, que bom que gostou, seja bem vindo beijos!

      Excluir

Olá é muito importante sua opinião por aqui, fico muito feliz em interagir com vocês.

Publicidade

iunique studio criativo

@motivacaoliteraria

© Motivação Literária – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in